Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Incêndio em casa no Nossa Senhora Aparecida em Varginha

abril 19th, 2021 · Sem comentários

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o proprietário do imóvel informou que o fogo teria começado em cima de uma geladeira, onde havia uma vela acesa que caiu.

Ele disse que aluga a casa para outra pessoa, que tem o costume de usar velas.

Em cima da geladeira, tinha alguns utensílios de plástico que pegaram fogo.

Quando os bombeiros chegaram no local, o fogo já havia sido apagado e um dos cômodas da casa estava totalmente tomados pela fumaça.

Dicas do Corpo de Bombeiros:

  1. As velas precisam ser fixadas de forma segura em suportes de vidro, cerâmica, louça ou metal, para que não caiam durante a queima. Devem estar longe de produtos inflamáveis, como tecidos, cortinas, papéis.

  • UMA VELA ACESA DEVE ESTAR SEMPRE EM LOCAL SEGURO AOS CUIDADOS DE UM ADULTO, longe do alcance de crianças e animais de estimação.

  • As velas acesas NÃO devem ser deixadas em locais sem supervisão – NUNCA DEIXE UMA VELA SOZINHA-. Os cuidados devem ser redobrados com velas que possuem formatos diferentes das quadradas e cilíndricas, pois devido a falta de uniformidade elas geralmente escorrem.

  • Mantenha as velas longe de correntes de ar quando estão acesas. NÃO queimar velas em cantos, pois há aumento da temperatura ocasionando alteração na queima e podendo causar acidentes.

  • As velas em recipientes de lata ou vidro não devem ficar acesas mais de 3 horas seguidas. Recipientes de vidro podem ficar muito quentes, podendo rachar ou quebrar.

  • As velas em recipientes tem maior quantidade de cera líquida, por isso nunca manuseie o recipiente com a vela acesa ou ainda quente, pois você pode se queimar.

  • A chama não deve entrar em contato com a lateral ou fundo do recipiente. Como prevenção, apague a vela quando a chama estiver próximo do contato e posicione o pavio novamente no centro. É importante apaga-la antes de queimar por completo.

  • Velas acesas ou ainda quentes não devem ser manuseadas – Exceto em caso de emergência – a parafina no seu estado líquido pode causar queimaduras, e quando derrubada pode causar incêndios.

  • TODAS as decorações inflamáveis fixadas na vela –fitas, pérolas, adesivos, glitter, etc.- devem ser obrigatoriamente RETIRADAS antes de acendê-la.

  • As velas não devem ficar expostas a luz solar ou outras fontes de calor.

  • Se a vela estiver soltando muita fuligem é necessário aparar o pavio, avaliar a incidência de vento ou muda-la de lugar.

  • Para apagar a vela, preferencialmente, imerja o pavio na parafina líquida com ajuda de algum objeto metálico, em seguida reposicione o pavio na vertical para a próxima utilização.

  • NÃO recomenda-se assoprar uma vela acesa, a parafina em estado líquido pode espirrar no corpo provocando queimaduras.

  • Não utilize água para apagar uma vela. A parafina quente pode espirrar provocando acidentes. E quando a vela estiver em pote de vidro o choque térmico pode ocasionar o rompimento do mesmo.

  • Ao reacender a vela corte o pavio cerca de 6 mm, isso fará com que a queima da vela seja correta evitando a liberação de muita fumaça.

  • A piscina de parafina deve estar sempre limpa, livre de restos de pavio, fósforos ou demais materiais, os mesmos podem formar um novo pavio deixando a queima insegura.

  • Antes de sair de casa ou ao ir dormir APAGUE TODAS as velas.

  • Velas flutuantes foram desenvolvidas para serem utilizadas sobre a água.

  • Se for acender duas ou mais velas é necessário manter uma distância segura entre elas – sugerimos a partir de 12 cm.

Tags: Utilidade pública

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário