Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Presidente da câmara fala sobre biodiesel, Air Minas e sucessão municipal

fevereiro 9th, 2008 · 24 Comentários

Em entrevista exclusiva, o presidente da Câmara Municipal de Varginha, vereador Vérdi Lúcio Melo (PSDB), aborda assuntos polêmicos. Fala de biodiesel, o encerramento das atividades da Air Minas e a suplementação zero, determinada pela câmara justamente no último ano de mandato Mauro Teixeira. A secretária municipal da Administração, Paula Andréia Direne Ribeiro, confimou ao blog que o prefeito Mauro Teixeira concede entrevista no próximo sábado.

Blog – Onde o presidente da câmara passou o carnaval?
Vérdi – Em Varginha, fui ao Melão na terça-feira. Estava bom. Público fraco, pouca gente. Você entrando, do lado direito, tinha bastante gente, do outro lado tinha pouca. Mas o desfile estava bonito, os carnavalescos se esforçaram e estão de parabéns.

Blog – A Prefeitura de Três Pontas doou uma área, terraplanada, para a construção de uma usina de biodiesel, por que em Varginha isso não ocorreu?
Vérdi – Esse projeto foi totalmente irregular, faltando documentação. Sou autor de uma emenda na lei que diz que todas as empresas que forem receber benefício do Município, têm que ter, no mínimo, a documentação necessária, CNPJ, contrato social para ver quem são os sócios, certidões, porque hoje você não consegue contratar com o Município se não tiver essas certidões. Seria responsabilidade nossa (aprovar o projeto). Se eles tivessem corrigido, foi pedido duas vezes, o projeto seria aprovado. Independente disso, o prefeito baixou uma portaria, onde ele cede a área para a Ambra, no arrepio da câmara, durante cinco anos, em caráter precário. Isso é ilegal, não pode. Caráter precário é durante pouco tempo, alguns meses, até que resolva a situação que motivou o decreto em caráter precário. Mas cinco anos, aí não pode. Passou a ser ilegal. Além disso, a empresa tem que garantir uma contrapartida em biodiesel, aí teria que ser escolhida através de concorrência, está totalmente ilegal. Mas nós vamos tomar providências, na verdade houve uma desmoralização do Poder Legislativo. Vamos acionar a justiça. A câmara não aprova, você vai lá e baixa um decreto, no arrepio dos vereadores que representam o povo.O mesmo aconteceu com o Fapen, nessa comissão que, para mim é ilegal. Primeiro ele pediu para a câmara autorizar o parcelamento em 35 anos. Não autorizamos porque seria uma falta de responsabilidade. Aí ele fez um acordo, extra-câmara, direto com a comissão do Fapen, para pagar em cinco anos. Dizem (que o prefeito fez o acordo). Já pensou se a moda pegar? Todo projeto que a câmara rejeitar, o prefeito baixa a caneta e resolve por conta própria. Então tem que extinguir o Poder Legislativo, fica só o Executivo e acaba com isso. Tudo que nós rejeitamos ele dá uma canetada e resolve.Entramos na justiça, se o Judiciário entender que isso é legal, pelo menos nós vamos ficar tranqüilos, ficamos resguardados.

Blog – E quanto à Air Minas, que não teve aprovado projeto que destinava recursos financeiros para a empresa?
Vérdi – É outro problema, porque (a prefeitura) manda o projeto sem uma discussão maior, acham que manda e vota, como fizeram com a Ambra, manda o projeto e não se discute. A prefeitura pode dar um benefício para a empresa em decorrência de geração de emprego, renda. Mas fizeram a negociação, se vender 3 passagens, nós vamos comprar 7. Isso é ilegal, o Jurídico da câmara deu parecer que a medida fere totalmente a Lei de Responsabilidade Fiscal. E quando o projeto chegou à câmara, já tinham usado 31 passagens. No poder público, isso não pode, a despesa tem que estar prevista, tem que fazer o empenho. Se você gasta sem estar previsto, você é responsável. A própria Air Minas estava em Divinópolis e fechou também. Uma cidade que possui quase o dobro de habitantes de Varginha. O que não pode é uma empresa não dar conta do seu negócio e a prefeitura dar dinheiro para ela, isso não existe.Disseram que as passagens eram para levar pacientes para São Paulo. Eu fico chateado com argumentos medíocres, porque o projeto não falava isso. O projeto dizia que todas as secretarias tinham direito às passagens. Primeiro porque não tem demanda de passageiros para ir todo dia a São Paulo. Ou existe? Em nenhum momento o projeto de lei afirma que as passagens seriam destinadas a doentes. Já foi feita a denúncia ao Ministério Público.

Blog – E quanto à discussão que acabou na suplementação zero (a prefeitura fica impossibilitada de transferir recursos de uma secretaria para outra)?
Vérdi – Até acho que nós poderíamos ter dado alguma coisa. Mas, primeiro você tem um orçamento, discutido exaustivamente. O Orçamento Participativo é amplamente apregoado, se o povo discutiu, os técnicos discutiram, o secretário da Fazenda discutiu o orçamento, ele tem que ter, no mínimo, 90% de destinações concretas. Eles pediram 35%. Como é que nós vamos dar tudo isso? Aí eles falam que a gente poderia ter emendado e colocado 10%. Mas, nesse caso, o prefeito poderia vetar a minha emenda.Para derrubar o veto do prefeito a gente precisaria de 2/3 da câmara, oito vereadores, que a gente não tinha. Aí passa o que eles queriam, 35%. Essa semana veio o técnico da prefeitura pedir suplementação. Perguntamos por que estava errado o orçamento. Dois técnicos e o (atual) secretário da Fazenda (Bertonlúcio Mendonça de Macedo) disseram que o (ex-secretário da Fazenda) Sérgio Castelo fez o orçamento do jeito dele, pôs na gaveta, não ouviu ninguém e mandou para a câmara. (Perguntei) Mas por que vocês não puseram dotação para pagar dívida de Cemig? Falaram que não sabem, que o Sérgio Castelo que fez. Negociar um valor razoável, tudo bem. Mas 35% não.

Blog – Mas por que nos outros anos houve percentuais maiores de suplementação orçamentária?
Vérdi – Nos outros anos eles negociaram. Também pediram 35%, mas nós negociamos e baixou para 10%. Agora não tava garantido. Se o prefeito vetasse, passava os 35%. Nós passamos três anos sufocados com o prefeito. Na posse já houve problema. Depois foi pedido o despejo da câmara, tivemos problemas com comissões, processos contra a câmara, nossos requerimentos são respondidos pela metade. A maioria das nossas indicações não são atendidas e a dos vereadores da base (do prefeito) são. Nossos vereadores da oposição não têm direito de pisar na Rádio Melodia nem na TV Princesa. No Jornal do Município é reservado um quadrinho para divulgar os atos do Legislativo. O que passa, é devolvido. Quer dizer, nós comemos na mão do prefeito nesses três anos. Tentei negociar. Não abriu espaço para os vereadores. Quando não tem disposição para discussão… Ano passado fui à prefeitura três vezes, o Eduardo (vice-prefeito) tava lá, pedi espaço. O prefeito falou na minha cara: eu dou espaço (nas emissoras oficiais do Município) para nove, pra onze, não.

Blog – Quando ele foi na câmara ele disse que não havia afirmado isso.
Vérdi – Na hora ele pipocou, mas hoje ele assume, nos bastidores, que falou. Mas em público ele não assume. Ele diz que não precisa da câmara. Então vamos dar suplementação zero pra ele, que ele não precisa dos vereadores, mesmo.

Blog
– E como foi a aprovação dos projetos dos vereadores?
Vérdi – Não tenho em mãos informações sobre todos os projetos, mas posso falar dos meus. Ele vetou meu projeto dos 15 minutos de tolerância da Área Azul, mas depois fez do jeito dele, acho que 10 minutos. Para mim o importante é que minha idéia foi colocada em prática, não interessa como.Outro projeto é sobre a indenização de veículos estacionados na Área Azul. Também vetou. Continuo entendendo que, da mesma forma que você pára em um estacionamento particular, o local é responsável pelo seu carro, o mesmo acontece na Área Azul. E não é pouco dinheiro que arrecadam, não (com a Área Azul). Ainda mais agora, com a guarda municipal, estão ganhando uma fortuna. A coisa virou realmente uma fábrica de multas e de recursos, destinados totalmente para o Propac. Tem ainda meu projeto de colocar 20% de borracha de pneus velhos da cidade no asfalto. Se a prefeitura contratar alguma empresa, ela é obrigada a coletar os pneus na cidade, triturar e colocar no asfalto. A qualidade do asfalto é muito melhor e vamos contribuir com o meio ambiente. É um projeto bom, mas o prefeito vetou, porque afirmou que o prazo para colocar o projeto em prática é pequeno. Por que ele não emendou o projeto? Do nosso lado nós temos que emendar nossos projetos. Mas, nesse caso, é um bom projeto, é melhor vetar, o projeto é do Vérdi e ele é candidato na eleição.Outro projeto também que eu fiz, lá em São Paulo é assim. Quando você não tem débito anterior sobre o seu imóvel, o carnê do IPTU vale como certidão negativa. Mas aqui não querem fazer isso, porque a certidão negativa de imóvel custa R$ 17 e a prefeitura fatura muito. Faz mais de ano que apresentei o projeto, não tem desculpa de falta de tempo, e ainda não aceitaram.Hoje eles dizem que o Propac tem total transparência, porque os talonários são numerados. Mas não dizem que foi o vereador Vérdi que pediu para numerar, porque antes não havia nenhum controle. Nunca insinuei que o dinheiro era desviado, mas a transparência é obrigatória. E tem que ter autorização da Secretaria da Fazenda.Outro projeto meu, que cria o conselho do contribuinte, tá parado na gaveta. Seria um conselho para resolver processos que estão parados na justiça, de forma voluntária e rápida. É um projeto bom, está mais de um ano parado na gaveta. Se fosse deles, eles aprovavam.

Blog – Qual o principal trabalho realizado pela câmara, durante seu mandato como presidente?
Vérdi – Você, que vai à câmara, sabe que é difícil a população acompanhar. Agora que mudou para a tarde, acho que diminuiu ainda mais (a freqüência da população). Então nós vamos às escolas, fizemos um investimento na mídia, nos jornais, rádios, no sentido de levar a informação para o povo. Fizemos a internet popular que superou a expectativa. Nas férias, o movimento era quase que a mesma coisa durante as aulas. São 12 computadores conectados. Fizemos a cartilha cidadã, porque havia uma confusão danada, as pessoas não sabiam a função do vereador, quem manda asfaltar rua, quem fiscaliza as ações da prefeitura. Nós vamos continuar indo em escolas, empresas, para divulgar a cartilha. Agora vamos implantar o 0800 para receber críticas, denúncias, sugestões. Para que tudo isso? Para que o povo saiba o que cada vereador faz, quem está trabalhando de verdade. Como não conseguimos espaço na Rádio Melodia e TV Princesa, a alternativa foi essa. Alugamos um anexo, disseram que era uma mansão no valor de R$ 3 mil, na verdade é a casa onde era a sede do PT. Pagamos R$ 1.300 e, com isso, paramos de gastar R$ 300 de estacionamento, que era em outro lugar. Ali está tudo organizado, documentado corretamente, nossa Controladoria é elogiada por outras câmaras, a controladora, Auriene, e a sua equipe, são muito competentes.

Blog – E quanto à sucessão, você sai para a reeleição ou tenta a prefeitura?
Vérdi – O Renato (Paiva, do Democratas) e o Leandro (Acayaba, do PP) disputam o apoio do Dimas Fabiano e ele disse que vai apoiar o candidato que estiver melhor na pesquisa que será realizada nos próximos dias. Aí é complicado, porque o Leandro tá na mídia. Acho que o melhor candidato é aquele que agregar, não só valor, mas reunir partidos. Eu coloquei meu nome à disposição, vamos fazer reunião na semana que vem, mas se tivermos dois candidatos bons, a prefeito e vice, abro mão. Lógico que, dependendo do nome, se for sair dois, três candidatos da oposição, vou no caminho de vereador mesmo, se bem que é muito difícil minha reeleição. Se tiver muito candidato, nós não temos chance nenhuma. Agora, como que vai parar com a vaidade dos candidatos? Acho, particularmente, que o Leandro não vai emplacar para prefeito, porque ele não é povão. O Renato também não é, mas ainda acho que ele atinge a média e um pouco do povão. Não é muito, mas atinge. Já é uma vantagem. Agora eu acho que um candidato bom nosso, mesmo, se saísse o Antonio Silva e o Renato Paiva.

Blog – E quem para prefeito e vice?
Vérdi – Tinha que negociar com os dois. Acho difícil o Antonio Silva sair para vice. Nós temos feito algumas pesquisas, e sabemos quais nomes estão na frente e são fortes. Se sair o Leandro e mais um (candidato), acho muito difícil ganhar (do candidato do PT, o vice-prefeito Eduardo Carvalho).

Tags: Geral

24 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Dando opinião // fev 25, 2009 at 3:33 PM

    tenho q concordar com vc marcos
    em genero e grau certissimooooo

  • 2 Marcos Paulo Silva // fev 12, 2008 at 10:17 PM

    Meu caro André, vc fez um comentário inteligente! Quem tem de resolver as falhas do prefeito é a Câmara sim, mas justiça seja feita. Você sabe que em Varginha a Câmara não tem maioria pra cassar o mandato do moço, que em outras legislaturas já teria acontecido com folga, porque irregularidades tem de sobra e só quem não quer enxergar e não entende nada de administração ou então tá na teta é que não vê e acha que tá uma maravilha. Pois bem, existem 5 vereadores que não expressam em seus mandatos as suas vontades e muito menos de seus eleitores, mas sim, a do prefeito que os tem na mão. Três deles até retiram assinaturas e votos que já deram para voltar atrás e votarem o que o prefeito quer.(são coitados e dependem da teta), um, tadinho, é suplente e nunca abriu a boca pra manifestar nada e só voto o que os outros 3 mandam e outro que se diz independente, é um leão na jaula, até tem vontade própria as vezes, mas tá nompartido errado e tem que ser sempre submisso votando de vez enquando com a sua consciência alguns projetos sem importância, mas quando o bicho pega, com certeza, vota o que o prefeito quer. Inclusive querem dar o patrimônio da prefeitura para os empresários, que por sinal são eles mesmos, querem deixar o moço gastar o orçamento como quiser sem precisar da câmara pra nada, e assim por diante…. Vamos ver se vcs descobrem quem são…. André, vc tá certo em partes, não adianta mandar tudo par o MP, eles não foram votados….acordem…

  • 3 Marcos Paulo Silva // fev 12, 2008 at 10:02 PM

    Quem tem coragem de falar que Varginha nesses últimos anos melhorou a qualidade de vida, só pode ter cargo na prefeitura ou nunca ter morado aqui antes. Quem não quer enxergar que só melhorou a qualidade e as condiçoes de vida foram os cargos de 1º escalão do prefeito deve ser louco ou nunca ter conhecido os nomes que lá estão, o que tinham e o que eles teem hoje! Acorda meu povo!!!!! Eram todos apertados e outros até falidos e agoram compram cazarões e carrões e esbanjam… Façam uma forcinha que vão lembrar o que faziam e como viviam antes do PT entrar.

  • 4 Marcos Paulo Silva // fev 12, 2008 at 9:56 PM

    O que será que aconteceu com o vereador Verdi? Será que pirou de vez a cabeça, criticando seus aliados e se dizendo difícil de reeleger? Tá mostrando claramente que não tem nenhuma chance e estrutura pra ser candidato a vice-prefeito e quem dirá a prefeito né? Ter medo é uma coisa, mas entregar os pontos tão fácil assim é preocupante pra quem se intitula candidato a cargo no executivo. Que ele é medroso todo mundo vê, mas assim não “presidente”.

  • 5 ET // fev 12, 2008 at 10:49 AM

    O que acontece é o seguinte: estão todos assustados com um político que não mentiu em uma entrevista.. O Vérdi foi sincero, não falou mentira, e vai conseguir espaço no meio desses pré-candidatos, escutem o que estou falando. Vocês já perceberam que quando alguém mete medo, todo mundo xinga?

  • 6 Ana Clara // fev 12, 2008 at 9:56 AM

    É historicamente inegável que a direita representa um retrocesso. Só quem não tem informação suficiente que não vê que as administrações de direita fadaram o país a um desenvolvimento lento e ineficiente. Varginha é um exemplo claro disso. A cidade ficou anos na pasmaceira sem inovação, representatividade. Prova disso é a incapacidade de elegermos um Deputado Federal. Agora alguém tem dúvida que Mauro Teixeira consiga quebrar esse jejum? Contabilizados erros e acertos a cidade deu um salto e o principal ” a qualidade de vida melhorou”. O que Mauro não acertou esperamos que Eduardo Corujinha acerte e no que ele errou, esperamos que eles tenham aprendido. O que não pode é entregarmos novamente o comando na mão dos direitistas que demoraram mais de 20 anos pra acordar. É muita pasmaceira!!!!!

  • 7 de plantão // fev 12, 2008 at 9:52 AM

    o próprio Verdi mostrou que o Corujinha é favorito, e ainda conseguiu criar animosidade com LA e RP…………

    foi infeliz na entrevista !!!!!!!!!!!!

  • 8 carmem // fev 12, 2008 at 8:01 AM

    Tava demorando pra começar as ofensas. Nesse blog existe aquele sistema de identificar a origem da mensagem??? Esse varginhense roxo passou da conta. Se a denúncia é séria, deveria levar ao Conselho de Medicina, não ao blog. Mas isso é coisa de quem tem medo do PT.

  • 9 Adriana // fev 11, 2008 at 8:02 PM

    Não pode é continuar o autoritarismo e a falsidade…

  • 10 de plantão // fev 11, 2008 at 6:21 PM

    Impressionante como os comentários de alguns são ofensivos…

    seria recalque ou medo de mais uma vitória do PT?

    independente de legenda ou partido, tenho ciência que o Mauro cometeu algumas falhas, no entanto, sem sombra de dúvidas, contribuiu e muito para o desenvolvimento da cidade…..

    Muito bom mesmo !!!!

    Vamos ver o que vai acontecer !!!!!!!!!!

    O que não pode é voltar a Burguesia !!!!!

  • 11 Varginhense Roxo // fev 11, 2008 at 5:53 PM

    Fanfarrão é o pingaiada do prefeito, que nos 8 anos de mandato nada mais fez do que enriquecer a si próprio (só não está rico pois pelo menos deve ter utilizado parte dos recursos para pagar suas inúmeras dívidas no Rio de Janeiro, cidade da qual saiu fugido) e aos seus companheiros, 90% até então desempregados, comerciantes falidos, cuja única atividade era a bebida e o futebol no Campo dos Veteranos. E pior, agora oferece para sua sucessão, um bacharel em medicina, que sequer terminou a residência e clinicava ilegalmente dizendo-se ortopedista quando na verdade “mal-e-má” poderia dar plantão em hospital.

  • 12 charles // fev 11, 2008 at 3:01 PM

    Madeira, dizem por aí que vão fazer uma pesquisa para descobrir quais politicos locais mais parecem com o Deputado Narciso da Novela das 8(que começa as 9) da Globo 2 Caras.
    O rapaz vive o tempo inteiro na portelinha,nunca está no Gabinete ou na Cãmara. Será que tem politico local que vive o tempo inteiro só visitando suas bases . E aí quem são os
    os Narcisos da politica Varginhense?

  • 13 charles // fev 11, 2008 at 2:45 PM

    O internauta Cacique está correto o nome para prefeito é Eduardo & Corujinha, ou seja Eduardo Otoni Prefeito e vice Corujinha.ha,há,há

  • 14 Fábio // fev 11, 2008 at 8:11 AM

    O emsmo que acontece em Varginha, ocorre em diversas cidades, as denuncias são preticamente engavetadas pelo ministério publico, o que deixa totalmente de mõas amarradas os vereadores.
    Não adianta apresentarem nomes passados e filhinhos de papai pra a Prefeitura, o povo quer mudanças com resultados.
    Tá aí a dobradinha certa, Renato e Verdi

  • 15 Observador político // fev 11, 2008 at 7:42 AM

    Quem falou em direita conservadora e golpista estava se referindo à oposição ou aou PT?

  • 16 Antonio Adilson // fev 11, 2008 at 12:05 AM

    Parece-me, pela entrevista, que o Verdi não se candidatará ao executivo, o que é uma pena, pois parece-me o mais preparado para o cargo. Parece que a oposição está sem gás e está apresentando nomes requentados e com pouca chance contra o bom candidato do PT que é o Corujinha. Bom, de qualquer modo, a boa notícia é que vamos ficar livres do Mauro Teixeira. Acho que até o PT está comemorando este fato (ou pelo menos alguns membros do partido que já foram humilhados pelo nosso prefeito).

  • 17 Janjão!! // fev 10, 2008 at 8:43 PM

    Infelizmente, o Presidente da Câmara cometeu seu suicídio político. Atacou seus companheiros LEANDRO e RENATO, como sendo impopulares e atacou a si próprio dizendo que sua reeleição é difícil. Se ele pensa assim, que deixe a política e continue na contabilidade!!

  • 18 Rodrigo // fev 10, 2008 at 8:41 PM

    Está na hora de Varginha ter um representante à altura do município! É hora de alguém jovem, dinâmico e responsável. Por isso, deposito minha confiança na eleição de LEANDRO ACAYABA!!

  • 19 Cacique // fev 10, 2008 at 12:01 PM

    Este Verdi é um fanfarrão….Pô ta pensando que o povo (eleitor) é bobo??? Na verdade, o varginhense sabe o quanto a cidade evoluiu nos 02 governos do Mauro e do PT. Vê-se claramente que o Presidente da Câmara mais alguns que o seguem (melhor dizendo: seguem orientações e determinações do Dep. Dimas Fabiano e Dep. Dilson Melo) tentaram a todo custo impedir os avanços da cidade. Não tiveram êxito e não terão nunca!!! Xô direita conservadora e golpista . O povo já decidiu o Nome é: EDUARDO CORUJINHA

  • 20 Mauro // fev 10, 2008 at 11:01 AM

    Brincaram de fiscalizar o prefeito com o salário que nós contribuintes pagamos para eles. Tá certo o Vérdi quando escreve que tá dificil a reeleicao para ele. E nao é só para ele, não, para todos os vereadores, incluindo quem foi infiel com o partido

  • 21 Observador põlítico // fev 10, 2008 at 10:59 AM

    Concordo com o André. Por que vereador vem falar de irregularidade só em ano eleitoral? Teve três anos para fazer isso. Um exemplo: o problema da Airminas aconteceu 2006 e só agora eles estão entrando na jstica, denunciando para MP, etc, etc, etc….
    É papel do Legislativo fiscalizar o Executivo, mas nos quatro anos de mandato que nós outorgamos para eles. Quer dizer que, nos primeiros três anos eles apenas brincaram de fiscalizar o prefeito???

  • 22 charles // fev 9, 2008 at 10:52 PM

    VERDI FICOU EM CIMA DO MURO NÂO DISSE COISA COM COISA. DESSE JEITO SEM DAR O NOME DE VERDADE QUE SERÁ O CANDIDATO, SÓ FORTALECE A AVE INTELIGENTE.

  • 23 André // fev 9, 2008 at 6:32 PM

    Irregularidades na Prefeitura

  • 24 André // fev 9, 2008 at 6:31 PM

    Muito boa a entrevista do presidente Verdi, porém quem permitiu que o Prefeito Mauro ficasse tão autoritário e resolvesse as coisas na caneta foi a instituição que ele preside, basta perguntar quantas CPI’s ou CEI’s foram instaladas nestes anos de governo, se há erros como ele aponta, quais providências foram tomadas, apenas encaminhamento ao Ministério Público ???? Tais situações aconteceram em Pouso Alegre, Estiva, e outras cidades e pelo que sei em todas quem resolveu foram os Vereadores destas Cidades e lembrem-se que há alguns anos atrás um certo vice prefeito fez dezoito denúncias de irregularidades na Camara Municipal e ele foi praticamente expulso daquela Casa.

Deixe um Comentário