Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Ministro Fachin anula condenações de Lula e ex-presidente se torna elegível

março 8th, 2021 · 11 Comentários

Com a decisão, o ex-presidente recupera os direitos
políticos e volta a se tornar elegível (Foto: Arquivo)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin anulou nesta segunda-feira (8), em decisão monocrática, as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) concedidas pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato, e determinou a remessa dos respectivos autos à Seção Judiciária do Distrito Federal.

As decisões são referentes aos casos julgados pela Justiça Federal do Paraná nos casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e do Instituto Lula.

Com a decisão, o ex-presidente recupera os direitos políticos e volta a se tornar elegível. 

Cabe agora à Justiça Federal do Distrito Federal decidir se os atos realizados nos processos envolvendo Lula podem ser validados ou reaproveitados.

De acordo com Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente, Fachin atendeu a um pedido feito em novembro de 2020 pela defesa de Lula.

Em nota, o gabinete do ministro informou que embora a questão da competência já tenha sido suscitada indiretamente, é a primeira vez que o argumento reúne condições processuais de ser examinado, diante do aprofundamento e aperfeiçoamento da matéria pelo Supremo Tribunal Federal. (Com informações da CNN Brasil)

Tags: Geral

11 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Vieira // mar 10, 2021 at 5:28 PM

    Cambada de Gado, parem de chorar, e aceitem, o Bozoooooo, já estava Morto antes da Anulação do Lula, agora Lula Livre para 2022, Bolsonaro foi enterrado.
    Chora cambada de Gadooooo.

  • 2 Cidadão desolado e triste! // mar 10, 2021 at 10:51 AM

    Quanta falsidade e irresponsabilidade na decisão dum ministro do STF, que tinha toda a obrigação moral e juridica de mostrar que faz juz ao cargo que exerce, mas porém, nomeado que foi pelo PT, não podia agir de outra forma, IMORAL E CRETINA, AO TOMAR TAL ATITUDE SAFADA E QUE AFRONTA TODOS OS CIDADÃOS DE BEM DESTE PAIS. E tenho dito, triste e com vergonha de tal atitude assumida por um membro do nosso STF.

  • 3 marco aurelio // mar 9, 2021 at 4:55 PM

    A carmem Miranda quer aparecer mesmo.

  • 4 Júlio // mar 9, 2021 at 11:23 AM

    O 9 dedos vai tomar um banho em 2022. Eu estava preocupado com o poste que teve 44 milhões de voto. O 9 dedos elitista não é páreo para o MITO.

  • 5 Al Ass Rib // mar 9, 2021 at 9:27 AM

    Brasil se diz um pais Democrático porem esse “stf” manda e desmanda no país . Alguém ai votou para coloca-los no poder ?sabemos que esses anos de esquerda renderam, nomearam 7 ministros ao cargo, o próprio Fachin foi nomeado pelo PT . Esse é o pais democrático.

  • 6 Edgard XIMENEs Machado // mar 9, 2021 at 8:45 AM

    “Somos todos inocentes… até prova em contrário”.

    Será que o Ali Babá e seus 40 comparsas foram injustiçados ? Julgados a bel prazer ?
    Ou a realidade dos fatos requer uma análise/pesquisa mais aprofundada sem imparcialidade e suprapartidária?

    “Conhecereis sempre a verdade, e a verdade vos libertará”.

  • 7 38 meio putº // mar 9, 2021 at 7:40 AM

    Interessante é que uma pessoa que idolatra um assassino, corrupto, condenado, mentiroso e dissimulado; ter a coragem de chamar alguém de gado.

  • 8 Tatu-pe // mar 8, 2021 at 7:48 PM

    Alguma novidade, vinda do stf(com minúsculas mesmo)?!

  • 9 Novo Aqui // mar 8, 2021 at 6:24 PM

    Vomitando ódio em 3,2,1…

  • 10 Eliseu fonseca // mar 8, 2021 at 5:31 PM

    Estes dizeres de RUY BARBOSA é bem antigo ele tinha uma visão sábia e inteligente .
    Realmente acontece todos os dias

  • 11 Otávio // mar 8, 2021 at 5:01 PM

    De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.
    Rui Barbosa.

Deixe um Comentário