Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Dia Nacional de Luta Contra a Homofobia

maio 30th, 2010 · 17 Comentários

Colaboração de Flávio Antônio Bernardes – homossexual, bacharel em Ciências Contábeis, filiado da Abragay (Associação Brasileira de Gay), militante diretor do GGV (Grupo Gay de Varginha).

Comemora-se no dia 17 de maio o Dia Nacional de Luta Contra a Homofobia, por que entre 1948 e 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a homossexualidade como um transtorno mental. Em 17 de maio de 1990, a assembléia geral da OMS aprovou a retirada do código 302.0 (Homossexualidade) da Classificação Internacional de Doenças, declarando que “a homossexualidade não constitui doença, distúrbio e nem perversão”. A nova classificação entrou em vigor em 1993. Essa conquista foi um marco para a luta contra a Homofobia. Apesar deste importante reconhecimento da homossexualidade como mais uma manifestação da diversidade sexual, as lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) ainda sofrem cotidianamente as conseqüências da Homofobia, que também podem ser definida como o medo, a aversão, ou o ódio irracional em razão da orientação sexual e identidade de gênero.

A fobia contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêmeros (LGBT), essa sim, é uma doença social que precisa ser tratada com leis que assegurem direitos à população LGBT.

O Grupo Gay da Bahia – GGB publica anualmente, relatório com dadas e estatísticas relacionadas com assassinatos motivados pela Homofobia no Brasil. O relatório de 2009 apresenta dados preocupantes para Minas Gerais, presente na relação dos estados mais violentos e homofóbicos da Federação. Só em 2009 foram assassinados 14 homossexuais, seis a mais que em 2008. Destes, 6 gays e 8 travestis. Os dados confirmam estatísticas mostrando que a Homofobia é mais forte no interior (dos 14 assassinatos no Estado, 11 foram em cidades do interior). A quantidade de jovens homossexuais até 29 anos assassinados também chama atenção.

O modus operandi dos assassinatos é o mesmo apresentado dos relatórios anteriores. Armas de fogo, estrangulamento, espancamento, pauladas, asfixiamento e queimaduras são as formas preferidas pelo homofóbico em Minas Gerais. Grande parte das vítimas é assassinada nos fins de semana ou feriados prolongados. Apenas 20% dos assassinos no Brasil são identificados e menos de 10% punidos na forma da lei.

Para ativistas do movimento LGBT do Estado de Minas Gerais o aumento de cidadãos homossexuais vítimas de crimes onde o ódio à homossexualidade é predominante e causado pela ausência de políticas públicas e pela omissão do Estado diante das estatísticas. Sendo assim a onda de violência e morte continua em Minas. Em 2010 já foram notificados dois assassinatos. O último aconteceu na cidade de Santa Luzia quando o corpo de uma travesti foi encontrado com o rosto desfigurado no pátio de uma escola estadual. De acordo com a polícia o travesti foi vítima de apedrejamento. Até o momento ninguém foi preso.

Por tanto, pensemos neste dia no contingente de 18 milhões de cidadãos Homossexuais declarados, número este no qual eu me incluo com muito orgulho, e nos milhões de outros bissexuais e homossexuais não assumidos publicamente, pensemos nestes que estão em todos os lugares da sociedade e até mesmo dentro de nossas famílias e nossas casas.

No mais, não importa com quem usem sempre camisinha… Pois já dizia o poeta: “O amor que é importante, o sexo é um acidente; pode ser igual, pode ser diferente!” Fernando Pessoa

Tags: Geral

17 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Sïrius // jun 2, 2010 at 12:25 PM

    … mais um exemplo do “por que o mundo o mundo está esta merXX”

    Parabéns Tião por ser mais um estúpido que contribui para isso…

    Agora, se não querem aceitá-los tudo bem, mas somente critiquem se vocês pagarem as contas dos mesmo, pois, são cidadãos, pagam seus impostos e trabalham para sobreviver como todo mundo. São HUMANOS e não animais, agora se alguém se sente no direito de criticar e fazer piadinhas, com certeza é uma pessoa que ainda não definiu bem sua sexualidade e está com medo de conhecer e acabar se descobrindo…

    Termino por aqui…

  • 2 tião // jun 2, 2010 at 12:18 AM

    Olha.. se formos discutirmos homossexualismo em diversos parâmetros isso nunca vai pra lugar nenhum.

    Hoje todo mundo tenta de uma forma de banalizar a bíblia… e pelo q to vendo nos tópicos isso viro alvo. Isso é errado. Cuidado com o que é dito pois isso pode se volta contra.

    Outro fator, hoje o homossexualismo foi injetado na sociedade, e querem que aceitamos. Eu não aceito. Nao tenho amigos gays, nem quero ter. Se tiver algum que seja, prefiro desconhecer. Pois a ordem natural das coisas não são essas. Isso é uma banalização do sexo, que desrespeita a homens e mulheres…

    Acho que a sociedade em sí tem mesmo que repudiar tals anomalia, e que a instrução sexual deve ser injetada nas escolas para tais aberrações não surjam. Não como uma forma de ditadura sexual… Mas sim para formação de caráter, hombridade, etc… e não para essa desmoralização e banalização que existe na ruas por ai.

    O LGBT tem o direito de exigir que os aceitamos como são, mas também temos o direito de não aceitar.

  • 3 anonimo // jun 1, 2010 at 10:27 PM

    países desenvolvidos cada vez mais aprovam a união de pessoas do mesmo sexo pela lei e Portugal foi mais um na Europa que seguiu o caminho, já os países atrasados, pelo menos economicamente, cada vez pior, vide Uganda e Malawí recentemente.

  • 4 Sïrius // jun 1, 2010 at 11:46 AM

    caro Zé Brasil, o Sr. sabe me dizer o que é uma “aberração da natureza”?

    Eu digo ao Sr, aberração da natureza é ainda existir “humanos” com mentalidade de mil anos atrás, aberração é o que a igreja fez na “Santa Inquisição”, anomalia é padres e pastores pedófilos, anomalia é possui a inteligência tão limitada a ponto de não ver o que fazemos com a nossa Natureza, com nossos animais, com nosso Planeta Terra, anomalia é ver como existem pessoas que se gabam por terem mais que os outros mesmo sabendo que no momento de sentar em uma privada sairá a mesma XXXXX fedida que o pobre, anomalia é a religião que controla, destrói e influência a falta de tolerância, anomalia é acreditar em um “Ser Divino” e colocar as responsabilidades humanas nas mãos “dele”…

    Quer mais anomalias ou essas já fazem o Sr entender bem do que está falando?

  • 5 carlos augusto // maio 31, 2010 at 9:10 PM

    não tenho nada contra desde que respeite os meus direitos, tive que mudar de residencia porque montaram uma republica de gays e lesbicas e ficavam no meio de semana até altas horas berrando, gritando só pra chamar atençao,
    chamei a policia mas tive medo de me identificar porque tenho filhos menores e poderia sofrer ameaças, então vamos respeitar os direitos dos outros, tudo tem limite.

  • 6 Zé Brasil // maio 31, 2010 at 3:09 PM

    Por mais que sejamos tolerantes, não podemos deixar de pensar que isso é uma “aberração da natureza”. Aceitamos, mas não entendemos, pois a compreensão está longe de nós pobres mortais.
    Culpar a falta de religião é o mesmo que dizer que o Deus também errou, pois todos somos criação dele.
    Aproveitando o ensejo.
    A sabedoria e a inteligência de um ser supremo vai além da capacidade de discernimento dos homens. Para ele não existe forma própria de comunicação, ele ouve desde o aborígene que adora o totem, o crente que adora o livro, os hindus, os budistas e os católicos através dos seus santos. Pois, se foi ele mesmo que criou tudo, tem inteligência de entender todas as mensagens e com certeza também não estaria muito contente quando se usa o seu nome para fins comerciais e financeiros como hoje, muito mais do que nos tempos da indulgência cristã romana de outrora.

  • 7 LUIZ PAULO CARDOSO // maio 31, 2010 at 2:32 PM

    HOJE EM DIA NÓS HOMOSSEXUAIS ESTAMOS ACEITANDO E ASSSUMINDO CADA VEZ MAIS CEDO A NOSSA SEXUALIDADE, NAO TEMOS MAIS MEDO DE MOSTRAR A NOSSA CARA E ASSUMIR AS NOSSAS ”DIFERENCAS”… VIVEMOS EM UM MUNDO DE VALORES TROCADOS E DISTORCIDOS… SOMENTE O AMOR E O RESPEITO AS PESSOAS, INDEPENDENTE DE RACA, CREDO, OPCAO SEXUAL OU QUALQUER TIPO DE IDEOLOGIA DEVERIA PREVALECER. NOSSOS DIREITOS COMECAM AONDE TERMINAM O DO OUTRO, DEVEMOS APRENDER PRIMEIRO A NOS RESPEITAR E ACEITAR AS NOSSAS PROPRIAS DIFERENCAS, PRA QUE ASSIM TALVEZ POSSAMOS RESPEITAR O PROXIMO EM TODOS OS SEUS ASPECTOS!

    GOSTARIA DE PARABENIZAR MEU QUERIDO AMIGO FLAVIO, QUE COM SUA VASTA CULTURA E INTELIGENCIA NOS PRESENTEIA COM ESSE ARTIGO TAO IMPORTANTE… QUE O MESMO SIRVA PARA REFLEXAO.

    LUIZ PAULO CARDOSO, HOMOSSUXUAL ASSUMIDO, DIRETOR DO MOVIMENTO GAY DE VARGINHA-GGV

  • 8 BAADER MEINHOF // maio 31, 2010 at 2:02 PM

    Cada um é dono de sua vida, e cada um faz o que quiser com ela, desde que não prejudica a vida do outro…
    Assim, cada um deveria tomar mais conta de sua própria vida, ao invés de ficar vigiando o que fulando o ciclano gosta…
    Cada um faz o que acha melhor pra si. Nossa passagem por aqui é única e muito rapida. Cada um deve aproveitá-la da forma que quiser, desde que não prejudique o proximo…
    Ao invés de preocuparmos com homossexualismo, deveríamos nos preocupar é com a gentinha safada, desonesta e sem caráter que está espalhada por aí. Este sim, prejudicando milhares, milhões de pessoas…

  • 9 Contra a homofobia! // maio 31, 2010 at 2:00 PM

    Muitos acham abominável e criticam os homossexuais… como se fossem ets. E falam, criticam, achando que os homossexuais é sempre aquele “vizinho” e desconhecem que dentro da própria casa pode ter alguem com essa orientação. Preconceito é fora de moda, colocar a palavra de Deus “interpretando” a Bíblia de forma errônea é ignorância. Lembrem-se que quem aponta um dedo, tem sempre três voltados pra si mesmo.

  • 10 BAADER MEINHOF // maio 31, 2010 at 1:58 PM

    “e sim de consciência de que todos somos iguais, respiramos o mesmo ar, bebemos a mesma água e sentimos dor e alegria da mesma maneira…”

    ENFIM, SINAL DE INTELIGÊNCIA NESTE BLOG….

  • 11 BAADER MEINHOF // maio 31, 2010 at 1:57 PM

    Em pleno século XXI, as amebas discutem homossexualismo através de religião…
    Pra p…q…p…..

  • 12 Johnny Blaze // maio 31, 2010 at 1:51 PM

    Eu respeito as pessoas independente de ser homossexuais, mas isso não quer dizer que eu concorde. Isso é homofobia??? Se eu não concordo sou homofobico???

    “14 homossexuais assassinados em MG em 2009”. Todo assassinato de um homossexual é dado como um caso de homofobia???
    Gays e travestis vivem se expondo ao risco, nas madrugadas, nos trevos, nas praças.
    Se for assim, todo negro que for assassinado é um caso de racismo???

    Desse jeito, no futuro, ser homossexual no Brasil vai ser obrigatório.

  • 13 João Augusto Botrel // maio 31, 2010 at 1:05 PM

    Caro Paulo.

    Leia corretamente o Artigo desde 1990 não se trata mais a Homossexualidade por Homossexualismo. Faça a leitura correta também da Bíblia, pois os mesmos livros acima citado fala que nem todos serão agraciados pelo matrimonio, estes também são uns dos livros seguidos por doutrinas que fazem “PASTORES E PADRES” pedófilos e ladrões (claro que não generalizando).

    Apesar de não conhecer a pessoa do Flávio Antônio Bernardes, deixo aqui os meus parabéns, pois o vejo como uma pessoa muito bem resolvida e pessoas assim vão longe.

  • 14 Glauber Vieira // maio 31, 2010 at 12:56 PM

    Sabemos que a homofobia é uma realidade no país, mas até que ponto essas estatísticas são fidedignas? O que quero dizer é que, nem sempre um homossexual é morto por causa de sua condição sexual. Por exemplo, se uma pessoa homossexual é morta em uma briga de trânsito ou em um assalto, esse crime não pode ser computado como demonstração de homofobia…

  • 15 Reba // maio 31, 2010 at 12:51 PM

    É o que eu sempre digo, é dando que se recebe.
    Sem mais.

  • 16 Sïrius // maio 31, 2010 at 11:54 AM

    … Não venha falar de “deus” sr. Paulo, é muito fácil colocar a responsabilidade humana nas mãos de seres imaginários e divinos, o que precisamos não é de um “deus” e sim de consciência de que todos somos iguais, respiramos o mesmo ar, bebemos a mesma água e sentimos dor e alegria da mesma maneira…

    … A famosa “palavra de deus” está muito cara ultimamente…

  • 17 paulo // maio 31, 2010 at 7:43 AM

    O maior problema da humanidade não é o homossexualismo, nem a homofobia. É o afastamento de Deus e de seus princíupios. Bem melhor para ambos seria buscas na Palavra de Deus orientações para a verdadeira felicidade. Para os homicidas um dos 10 mandamentos é não matarás (Exodo 20); e para os homessexuais leiam Romanos capítulo 1.

Deixe um Comentário