Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Rede internacional de hotéis vai construir unidades no Sul de Minas

junho 7th, 2012 · 3 Comentários

A Emcorp Empreendimentos e Incorporações S. A anunciou no último mês  a construção de 21 hotéis em várias regiões de Minas Gerais. Com investimentos previstos de R$ 236 milhões, o protocolo de intenções foi assinado, por intermédio do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede). No Sul de Minas, serão construídos hotéis nas cidades de Alfenas, Itajubá, Passos, Pouso Alegre e Varginha. Clique abaixo para ler mais.Além das cinco unidades a serem construídas em cidades sul- mineiras, a Emcorp Empreendimentos e Incorporações Ltda. irá construir outras 16 unidades em 15 cidades mineiras: Lagoa Santa, Sete Lagoas, Betim, Uberlândia, Congonhas do Campo, Juiz de Fora, Montes Claros, Governador Valadares, Ipatinga, Divinópolis, Ribeirão das Neves, Teófilo Otoni, Barbacena, Araguari e Itabira. Ao todo, serão gerados 870 empregos, sendo 520 diretos e outros 350 indiretos.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck, o anúncio confirma o fortalecimento da economia mineira e o crescimento do turismo de negócios no Estado. “Investimentos como esse que serão realizados no interior do Estado mostram que estamos trabalhando no caminho certo, para desenvolvermos todas as regiões de Minas”, afirma.
Durante a reunião, o vice-presidente da empresa, Gilberto Monteiro Siqueira, explicou que o maior investimento, no valor de R$105 milhões, será feito em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde será construído um centro de convenções. Os outros 20 empreendimentos previstos no projeto da Emcorp contarão com 100 unidades habitacionais cada e o investimento previsto para cada hotel é de R$ 6,5 milhões. Para o Sul de Minas está previsto um investimento total de R$ 32,5 milhões para as cinco unidades a serem implantadas na região.
“O Wyndham Garden terá 480 apartamentos e um centro de convenções para cinco mil pessoas com o objetivo de receber grandes eventos. Os demais hotéis serão construídos dentro do que chamamos de Projeto Super 8, que prioriza a construção dos hotéis nas proximidades de rodovias. Todos eles com o padrão da hotelaria americana”, detalha.
A escolha de Minas Gerais para ser a receber todos os empreendimentos, de acordo com o presidente da empresa, Danilo Gonçalves da Fonseca, pode ser atribuída ao crescimento do turismo de negócios no Estado e pela atuação estratégica do Governo de Minas. “Entendemos que o diferencial de termos nossos empreendimentos próximos às rodovias, impulsiona a demanda de empresários e investidores. Além disso, a visão do Governo de Minas em desenvolver o entorno do Aeroporto Internacional Tancredo Neves e o interior do Estado é muito interessante para o sucesso do nosso negócio”, explica.

Dados do setor
Minas Gerais tem se destacado no cenário nacional do turismo de negócios, atraindo, cada vez mais feiras, congressos e reuniões de diversos setores. Há 43 hotéis em construção e outros vinte e três projetos em fase de licenciamento na prefeitura. O investimento total nesses empreendimentos é quase 2 bilhões de reais e fará, até 2014, dobrar o volume de leitos na metrópole. Hoje, existem 9.000 distribuídos em 107 hotéis. (com informações Agência Minas / Secopa)

Tags: Turismo

3 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Mutucano Orgulhoso // jun 9, 2012 at 12:03 PM

    Desculpe-me caro colega Varginhense presente, mas o fato de Varginha ter sido escolhida para investimento no setor de hotelaria nada mais é do que uma comprovação de que os serviços prestados na cidade estão aquem do minimamente suportavel para uma cidade com o porte de Varginha.Bairrismos de lado, jamais Eloí Mendes poderia sequer almejar a ser comparada com a cidade Princesa do Sul por inúmeros motivos dentre os quais numa simples visita ao site do IBGE vemos a desproporcionalidade da economia de Varginha em comparação com a da minha querida Eloi Mendes.Quanto ao fato de Eloi Mendes ser comparada pelo cidadão como cidade dormitorio, em recente reportagem da Tv Globo vemos que grandes empresários na cidade de São Paulo preferem morar em cidades mais acolhedoras situadas a ate 2 horas de distancia do seu trabalho do que morar nas cidade onde trabalham a enfretarem o caos no transito.Sem entrar no merito administrativo de cada cidade, basta o Cidadão Varginhense verificar como cada Administrador Publico conduz seu municipio e ai talvez ele possa chamar claramente a cidade de Eloi Mendes, outrora denominada de Mutuca , como cidade dormitorio.Orgulhamos deste adjetivo por nos sentirmos acolhedores, bem administrados, com uma violência dentro do limite estatístico suportavel e sem duvida alguma localizados proximos a Varginha onde ganhamos nossas economia e trazemos para gastar aqui.Enquanto isto , o Boa vai anestesiando algumas pessoas na cidade de Varginha como na época do império Romano. Daí pão e circo a população e dominarás o mundo.

  • 2 Técnico em Hotelaria // jun 8, 2012 at 10:38 PM

    Será que com essa rede internacional de hotéis os profissionais de hotelaria serão valorizados? O salario pago na região é ridículo. Não ha incentivo por parte das empresas do ramo para que seus colaboradores se capacitem. E pra piorar ha ainda aqueles “donos” de hotéis que sequer sabem o que é uma fronha nos seus decadentes recintos.

  • 3 Varginhense presente // jun 8, 2012 at 2:29 PM

    KKKKK, cadê a MUTUCA, tão elogiada por alguns leitores desinformados deste blog.

    Varginha mais uma vez com sua importância reconhecida, enquanto nosso Bairro “cidade” Dormitório continua com seus “maravilhosos” monumentos.

Deixe um Comentário