Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Vacina contra a Covid em Varginha para pessoas com comorbidades deve começar na quarta

maio 10th, 2021 · 2 Comentários

A Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Varginha informou que a aplicação da vacina em pessoas com comorbidades na cidade deve começar na próxima quarta-feira (12/5).

No comunicado distribuído pela Prefeitura de Varginha, são citadas pessoas com comorbidades (sem especificar quais), pessoas com deficiência permanente, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto).

A programação será divulgada nos próximos boletins da prefeitura.

Quem faz acompanhamento médico pelo SUS deve usar o cadastro na unidade de saúde em que é atendido, para comprovar a comorbidade.

Quam não usa o sistema público de saúde deve solicitar ao seu médico laudos, declarações, prescrições médicas ou relatórios médicos com descritivo e o CID da doença ou condição de saúde, CPF ou CNS do usuário, assinado e carimbado. A prefeitura divulgou um modelo:

Comorbidades de acordo com Ministério da Saúde para a Vacinação contra a Covid-19:

Pessoa com deficiência permanente:

A deficiência deverá ser comprovada por meio de laudo médico; cartões de gratuidade no transporte público que indique condição de deficiência; documentos de atendimento em centros de reabilitação; documento que indique se tratar de pessoa com deficiência.

Pessoa com deficiência permanente cadastrado no Programa de Beneficio de Prestação Continuada (BPC) deve comprovar ser beneficiário.

Gestantes e puérperas:

A gestante deve apresentar carteira de acompanhamento da gestante/pré-natal, laudo médico;

Puérpera: declaração de nascimento da criança ou certidão de nascimento, e pertencer à faixa de idade recomendada para vacinação (a partir de 18 anos).

Tags: Saúde · Utilidade pública

2 Respostas Até Agora ↓

  • 1 38 calmo // maio 10, 2021 at 10:42 AM

    PCM, se Varginha contratasse profissionais experientes em vez de amigos dos amigos que devem favores, esta cidade seria maior que Jundiaí, Campinas e todo seu entorno.

    Mas…

  • 2 PCM // maio 10, 2021 at 8:56 AM

    Senhores,

    A Prefeitura opta por um modelo para os doentes com comorbidade que leva muita gente às ruas sem levar em consideração o distanciamento. Se já existe laudos e comprobatórios de comorbidade, porque ter de retornar ao médico para preenchimento de formulários?
    Seria incompetência, ou querem ganhar tempo?
    Realmente nossa cidade está sempre a um passo atrás do desenvolvimento, mais um relatório, mais uma fila….

Deixe um Comentário