Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Trio agride jovem e faz sequestro relâmpago em Varginha

março 20th, 2017 · 17 Comentários

terreno vila paiva1Foi na madrugada desse sábado (18/3), na praça da Cemig, no alto da Vila Paiva em Varginha. De acordo com a Polícia Militar, duas jovens de 24 e 18 anos, conversavam no local, por volta das 4h, quando foram abordadas por três homens. Eles então anunciaram o assalto e obrigaram a jovem de 24 anos a entrar no próprio carro e a levaram até o Bairro Alto dos Pinheiros. Já a jovem de 18 anos conseguiu fugir. Ainda segundo a PM, o trio agrediu a mulher durante o caminho e a largaram na Rua Alameda das Araucárias. Eles fugiram com o carro e o celular da vítima. Ninguém foi localizado até o momento. Acompanhe abaixo todos os detalhes na reportagem da Rede Mais(Com informações do G1 Sul de Minas e vídeo da Rede Mais)

Gripp_blog_Madeira

Tags: Segurança Pública

17 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Ambrósio // mar 21, 2017 at 8:33 PM

    Deve ser muito bom um roça-roça. Se eu fosse mulher seria um adepto.

  • 2 Rir é o melhor remédio! // mar 21, 2017 at 4:18 PM

    Curioso // mar 20, 2017 at 11:40 AM

    Vc quase me matou de rir com esse comentário…kkkkkkkk…hilário…kkkkk…to tendo uma síncope…kkkkkkk

  • 3 Junior // mar 21, 2017 at 2:56 PM

    Inversão não vi um comentário atribuindo culpa as vitimas e sim questionando o que faziam ali naquela hora?
    Não queira você tentar inverter os fatos, tentando minimizar ou tirar a responsabilidades destas jovens de estarem naquele local aquela hora, isso sim ABSURDO!!! Sabendo o mundo em que vivemos como você bem colocou no seu comentário. Foi um ato irresponsável de ambas, o que facilitou a ação dos marginais e o resultado foi o fato ocorrido com elas. Que ainda bem acabou com um final feliz se podem assim dizer.
    Que isto sirva de alerta para os outros jovens, titios que curtem ficar nas quebradas de nossa cidade independente do horário.
    Na minha época também ocorria luau e outras coisas nas quebradas e meus pais sempre alertavam dos perigos, tenho comigo também que os pais destas jovens fazem o mesmo, mas sempre a maioria das pessoas acham que nunca vai ocorrer com a gente e grande maioria dos jovens tem a quase certeza disto.

  • 4 indignada // mar 21, 2017 at 1:14 PM

    Ela podem estar no lugar em que elas quiserem, somos livres par ir e vir em qualquer hora, o que não pode é esses marginais acabar com nossa liberdade, cadê os policiais de Varginha. Os marginais estão tomando conta da Cidade, Acorda Prefeito cuida mais do povo que elegeu?

  • 5 Capitão Nascimento // mar 21, 2017 at 7:50 AM

    Elas estavam num lugar perigoso, havia bastante risco. Mas a culpa não é delas e sim dos bandidos, eles que devem ser julgados. Que sirva de aviso para as pessoas não irem nesses lugares a noite, infelizmente temos que viver atrás de grades enquanto os bandidos vivem soltos. Parece haver um certo preconceito por serem duas meninas juntas, talvez se não houvesse esse preconceito, elas poderiam estar namorando em paz em algum lugar que não fosse deserto.

  • 6 Final dos tempos // mar 20, 2017 at 8:13 PM

    Realmente, a praça da Cemig virou “terra de
    ninguém”. Menores de idade bebendo, usando
    droga e se prostituindo. Festas que perturbam
    toda a região com som alto e algazarra. A polícia
    sempre é chamada e até que tenta fazer seu
    trabalho. É a conta da viatura sair e os carros
    retornam, a baderna continua e a prova de
    que a instituição PM não é respeitada.
    Na dúvida, agora já se pode imaginar o que
    estas “meninas” estavam fazendo por ali.

  • 7 Sincero Varginhense // mar 20, 2017 at 3:16 PM

    Está virando não…. já virou TERRA SEM LEI

  • 8 Louca // mar 20, 2017 at 2:57 PM

    Por que não vão pro motel? Ficam querendo economizar e colocando a vida em risco por bobagem.

  • 9 SUGESTOR // mar 20, 2017 at 2:42 PM

    Bandidos atacam de bombeiros e apagam “fogo” no alto da Cemig…

  • 10 Carlos // mar 20, 2017 at 1:57 PM

    Se elas tivessem ido ” conversar” num motel, nada disso tinha acontecido.

  • 11 Paulo Mourão // mar 20, 2017 at 1:26 PM

    Incrível como tanta gente ignora o perigo. Aquele local durante o dia já é perigoso, imagina vai dar sopa alí as 4 da madruga?

  • 12 Curioso // mar 20, 2017 at 11:40 AM

    Respondendo ao Junior – Deviam estar tentando fazer fogo sem usar fosforo ou qualquer outra fonte de calor a não ser o atrito entre as partes que ficam ligeiramente no meio do corpo humano- Quase que conseguiram. (duvido que publique).

  • 13 marco aurelio // mar 20, 2017 at 11:08 AM

    Quem procura acha, duas moças num lugar deserto as 04:00hs da manhã, só podia dar nisso.

  • 14 Inversão // mar 20, 2017 at 10:30 AM

    Engraçado alguns atribuírem culpa às vítimas…
    As pessoas são livres para irem onde quiserem e na hora que quiserem, agora, imputar culpa às adolescentes é errado, se elas queriam estar no local elas podem, quem deve ter o direito de ir e vir negado são os bandidos, que a sociedade, a cada dia os trata como vítimas. ABSURDO!!!

  • 15 Fernando // mar 20, 2017 at 9:53 AM

    As 4 da madruga no alto da CEMIG????
    Vai fazer guerra de aranha em lugar adequado….
    Deram sorte de o pior não ter acontecido.

  • 16 Inércia // mar 20, 2017 at 8:13 AM

    O prolema geral em Varginha é que não existe mais policia nessa cidade. A turma se encontra perto da copasa para beber e ficar usando drogas. Ali só tem menor, carro sem documento e motorista sem carteira. Tudo bêbado e a PM não faz nada. Varginha é uma cidade sem lei. Você pode dirigir bêbado a madrugada inteira que não tem um carro de policia na rua, não tem nenhuma blitz. A PM dessa cidade perdeu o respeito. Eu falei aqui esses dias que vi um motoqueiro empinando moto na avenida delfim moreira no meio da tarde. Isso só acontece porque acabou a fiscalização nessa cidade, as autoridades perderam o respeito.

  • 17 Junior // mar 19, 2017 at 11:23 PM

    Agora o que fazia essas duas meninas a esta hora naquele local? Sem facilitar ja esta perigoso, imagina facilitando. Quem procura acha.

Deixe um Comentário