Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Obra no trevo que vai para Três Pontas completa um ano e número de acidentes reduz

julho 3rd, 2017 · 1 Comentário

A instalação do trevo da MG-167 com a Avenida Almirante Barroso, na saída de Varginha para Três Pontas, completou nesta sexta-feira (30), um ano de implantação. A obra foi extremamente importante para a segurança de motoristas e pedestres que trafegam por ali. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Estadual, neste primeiro semestre de 2017 foi registrado somente 1 acidente no trecho, enquanto no mesmo período em 2015, foram registrados 11 casos e, em 2016, 6 acidentes.

Segundo o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) foi realizada uma reforma com correção geométrica, onde a rotatória que era do tipo vazada passou para o tipo convencional, reduzindo a velocidade diretriz no trecho e, ao mesmo tempo, proporcionando maior fluidez no tráfego.

O professor Nyei Nadeia passa pelo trevo construído todos os dias e notou uma melhoria no trânsito, principalmente, durantes os horários de picos. “Esse trecho era um grande problema, já enfrentei congestionamento de quilômetros, cerca de 15 minutos, o que sempre me atrasava. A construção do trevo foi um facilitador. Hoje o fluxo de veículos não é interrompido, está mais rápido e seguro”, reconhece. (Com informações da Ascom Segov)

clinica-de-emagrecimento-5s

Tags: Cotidiano · Segurança Pública · Sul de Minas

1 Resposta Até Agora ↓

  • 1 Motorista de carrinho de mão // jul 3, 2017 at 4:53 PM

    Solução simples, mas eficaz!!
    Seria o caso de se fazer rotatória ali próximo , pra cima do radar, local também de acidentes e de muitas contravenções. Há espaço de sobra.
    Outro lugar em tempo de se fazer é naquele local da quadra do santa maria, nas confluências de 10 ruas. Ali ainda há espaço para realizar a obra, basta deslocar a construção da quadra, e aumentar as pontes sobre o ribeirão. Solução viável tanto do ponto de vista financeiro (baixo custo), quanto do ponto de vista técnico (diminuição da espera nos semáforos).

Deixe um Comentário