Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

  • Sebrae Empretec Anuncio 970×140
  • Alpha-Blog-Madeira-970×140
  • banner-topo-fadiva-set-140-2021
  • covalub-topo-maio-2021
  • unis-vestibular-maio-2021-970×140
  • parlamento mulher
  • banner vai dar certo

CONSULTÓRIO MÉDICO | Variantes de Covid-19

setembro 14th, 2021 · Sem comentários

Durante o Blog ao Vivo na última semana alguns leitores perguntaram sobre os casos de novas variantes do Covid-19 que têm surgido no Sul de Minas.

O médico Robertson Rodrigues Pereira Júnior (foto) recomenda que a população se vacine.

Segundo ele, acontece em muitos casos é que é que quanto mais tempo as vacinas demoram a serem aplicadas na população em geral, mais surgem novas formas de vírus e cada vez mais potentes.

Clique em Leia Mais.

O ideal é que as pessoas se vacinem, as vacinas conseguem diminuir a propagação do vírus, após 30 dias o sistema imunológico da pessoa fica mais competente em tentar diminuir a chance de se infectar, mas se infectada os sintomas da doença podem evoluir de forma mais branda.

De acordo com o Doutor, a variante Delta que já vem sendo falada a mais tempo, é uma variante do vírus tradicional que é mais transmissível que o vírus puramente simples e se transmite mais fácil.

Mas não significa que seja mais letal que a Cepa original. Alguns estudos apontam que a delta seja mais letal, mas não há uma comprovação.

Já a variante MU que vem sendo falada muito na Colombia e no Equador também é uma variante do vírus tradicional e muito transmissível, o problema é que quanto mais tempo demora para vacinar a população em geral ‘mais o vírus fica esperto’ e vai tentando mudar o código genético.

O poder de infecção dele aumenta a partir do tempo em que as pessoas demoram para se vacinar. Os vírus mais potentes e que se sobrevivem a essa vacinação vão se tornando cada vez mais infectantes.

Para dar o diagnóstico dessas variantes é muito difícil, tem que fazer o teste genômico, geralmente feito em capital ou em centros de estudo. Lá eles fazem um teste genômico para saber qual o tipo de vírus, se é uma variante ou não.

Na prática, muito difícil de se fazer, só feito em centros maiores.

“A população como um todo, deve continuar tomando cuidado como: se vacinar, usar máscara, se possível luvas, o distanciamento. Ainda não sabemos se as vacinas são capazes de nos proteger contra as variantes. Alguns estudos dizem que sim, outros que não, então o cuidado deve continuar sempre” reforça o médico.

Faça sua pergunta:

Tags: Consultório Médico

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário