Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

  • Sebrae Empretec Anuncio 970×140
  • Alpha-Blog-Madeira-970×140
  • banner-topo-fadiva-set-140-2021
  • covalub-topo-maio-2021
  • unis-vestibular-maio-2021-970×140
  • parlamento mulher
  • banner vai dar certo

Sobre filhos e portas

setembro 11th, 2021 · 8 Comentários

Edelaine Grande (*)

É preciso abrir as portas…
Para não perdermos nossos filhos para o silêncio e a solidão dos seus quartos.
Para que as crianças saiam para brincar nos quintais, ouçam pássaros, olhem as nuvens e ouçam nossas vozes.
É preciso abrir as portas e trazer as crianças para fora de seus quartos…
Para que deixem de segurar dispositivos eletrônicos e passem a segurar livros e pincéis, brinquedos e as mãos de seus pais.
É preciso abrir as portas, trazer as crianças para fora de seus quartos e sentar com elas em torno da mesa…
Para que conversem com seus avós, escutem histórias e saiba o quanto ainda podem aprender com eles.
É preciso abrir as portas, trazer as crianças para fora de seus quartos, sentar com elas em torno da mesa e ouvi-las…
Para que conheçamos o mundo em que estão inseridas. Não através dos sites que navegam ou por suas preferências de consumo, mas pelas fantasias que alimentam, pelos sonhos que constroem, pelas suas ideias e pelo seu diálogo com a vida real..

Somos pais imaturos e ingênuos acreditando que nossos filhos estão seguros em seus quartos.
Os fones de ouvido que os impede de nos ouvir os tornam trancados em seus mundos, fazendo-os a cada dia mais surdos para os sons da vida real das nossas casas. Na imensidão das telas dos smartphones, TVs e computadores perdemos nossos filhos e nem nos damos conta do abismo e de onde encontrá-los,

E a chave para abrir as portas dos quartos está em cada diálogo leve e tranquilo que travamos com nossos filhos, em cada brincadeira, no sorriso, no abraço carinhoso, no jogo de tabuleiro jogado ao final do dia, no bolo que fazemos juntos, na tarefa comunitária da casa, no elogio sincero, no revisitar das fotos antigas que reconstroem a conexão entre as histórias de cada um.

(*) Pedagoga e Coordenadora do Ensino Fundamental do Colégio Alpha- UNIS

Tags: Colaboradores

8 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Ana Rita Neves // set 13, 2021 at 16:43

    Assunto de extrema importância! Pertinente e necessário.

    Parabéns Edelaine!

  • 2 Jcamoposribeiro // set 13, 2021 at 12:30

    Infelizmente nao tem volta.ao npsso passado

  • 3 eletricista // set 13, 2021 at 10:09

    Palavras excelentes! O celular e as redes sociais criaram uma geração de abobados. Gente que viaja, passeia, pratica um esporte, pelo simples motivo de ter algo para postar. Já vi gente dizendo que perdeu (!) uma ida à praia porque as fotos não ficaram boas e não foi possível postar.

  • 4 Silva // set 12, 2021 at 15:42

    Ótimo. Obrigado.

  • 5 Ivanete // set 12, 2021 at 14:25

    Muito interessante! Todos pais deveriam ler esse artigo! É a realidade.

  • 6 MARIA LETICIA TOSTES GAZZINELLI // set 12, 2021 at 13:42

    Ótimo texto. Parabéns Edelaine Grande!

  • 7 Vitor Reis // set 12, 2021 at 10:29

    Parabéns, Edelaine Grande !!
    Texto necessário para estes tempos.
    O amor é a maior fonte de ensinamento !!

  • 8 Carlos // set 11, 2021 at 20:13

    Ótimo texto, parabéns!

Deixe um Comentário