Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Diocese da Campanha orienta fiéis para volta das missas presenciais

julho 15th, 2020 · 6 Comentários

Clique na arte para ampliá-la

Em Varginha, as missas com a presença dos fiéis voltam a ser celebradas no sábado 1º de agosto. A legislação municipal permite (até o momento) o máximo de 30% da capacidade de cada igreja.

Idosos, crianças menores de 10 anos e pessoas dos grupos de risco continuam acompanhando as transmissões pelas redes sociais.

É preciso retirar ticket na Secretaria Paroquial para reservar lugar na missa.

Banheiros e bebedouros permanecerão fechados. Pede-se para os fiéis levarem garrafinha de água.

As igrejas devem oferecer álcool em gel.

Os lugares para os fiéis sentarem estarão marcados.

É obrigatório usar a máscara durante toda a celebração (exceto na hora da comunhão, quando a eucaristia deve ser recebida nas mãos -devidamente higienizadas, né???).

E as ofertas dos fiéis serão recebidas ao final da celebração, não mais no meio da missa.

Todo mundo fazendo a sua parte, a pandemia passa rápido.

Tags: Geral

6 Respostas Até Agora ↓

  • 1 38 // jul 16, 2020 at 11:07 AM

    Não concorda, não vá.

    Concorda? Siga as regras.

  • 2 DIRETO E RETO // jul 16, 2020 at 10:42 AM

    Brasil…. sil… sil…
    Tudo em nome de $$$$$
    Portugal: a culpa é sua!

  • 3 Junior // jul 16, 2020 at 10:11 AM

    Exatamente cada um fazendo sua parte de forma correta não temos porque não haver celebrações presenciais.
    Precisamos mais de Deus em nossas vidas.
    Como pode bares funcionarem e não pode ter missas presenciais.

  • 4 Ana Fátima // jul 16, 2020 at 9:55 AM

    É uma vergonha. Já não bastasse o poder público permitir porcentagem de lotação em bares, academias, restaurantes e igrejas… Se as pessoas tivessem o mínimo de noção e não confundissem os verbos liberar e obrigar… os cultos estão bombando desde que foram liberados, as festas estão bombando desde o dia 18 de março… E não tem festa só na periferia, não. Festas em toda a cidade. Aglomerações de motociclistas dando o grau. De cavaleiros. De ciclistas nas vendas de roça. Agora, vamos bombar todas as missas também. Não tem morte, não tem contaminação que pare as pessoas que não têm noção. Em uma sociedade em que as pessoas não são autônomas, as leis devem ser rígidas e a fiscalização não pode dar trégua.

  • 5 Lord Arthas // jul 15, 2020 at 9:45 PM

    Não entendi a critica do Sugestor, a Igreja Católica foi a mais cautelosa dentre as demais, agir na contra mão da situação atual, seria continuar fechada, já que as demais estão celebrando cultos há tempos, agora resta a colaboração dos fiéis.

  • 6 Sugestor // jul 15, 2020 at 4:46 PM

    D. Pedro o Sr. perdeu o juízo?
    Está pensando em seguir na contra mão do situação atual?

Deixe um Comentário