Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

A principal marca de Antonio Silva na prefeitura

abril 6th, 2020 · 17 Comentários

Foto: Márcio Borges

Depois de ser seu assessor de Imprensa entre 97 e 2000, tive, sim, embates políticos com o prefeito Antonio Silva.

Principalmente nos dois últimos mandatos.

Entretanto, isso não pode afetar meu profissionalismo ao falar de seu desempenho em quatro mandatos. O que vou tentar, abaixo.

Em três itens, poucas pessoas poderão ultrapassar o prefeito Antonio Silva:

  • Foi o primeiro político a administrar Varginha por quatro mandatos;
  • Pegou rojões nas quatro vezes em que foi eleito;
  • Foi o primeiro prefeito de Varginha a renunciar.

O primeiro rojão foi lá atrás, em 1989. Sucedeu Dilzon Melo. Não estou insinuando que Dilzon deixou a prefeitura em petição de miséria. Mas eram outros tempos. Naquela época, os mecanismos de fiscalização e aferição de gastos eram frouxos, frouxos.

Em 1988 a Constituição Federal foi promulgada. Começou a valer mesmo em 89. Aí o bicho pegou. Os gestores municipais tiveram que adequar a máquina administrativa ao texto da lei magna. Foram criados mecanismos para relatar tudo que entrava -e saía. Praticamente criou-se o instituto de fiscalização de gastos nos municípios.

Outro rojão herdado no primeiro mandato: o pagamento do Hospital Rio Verde (atual Bom Pastor), cuja segunda parcela foi paga em janeiro de 1989, já no primeiro mandato de Silva. As outras, perduraram durante o mandato.

Em 1997, segundo mandato, sucedendo Aloysio Ribeiro de Almeida.

Novo rojão (não estou falando que foi por causa do seu Aloysio).

Desta vez, devido a uma encrenca ocorrida dois anos antes, junto à Secretaria de Estado da Fazenda. O principal tributo estadual teve uma queda de quase 60% para a cidade de Varginha.

O prefeito de segundo mandato fundiu secretarias, baixou jornada e salário proporcional, fez a vice-prefeita Teresinha Delfraro acumular três cargos (vice, secretária da Educação e diretora da Fundação Cultural) sem remuneração proporcional.

Ao final do mandato, conseguiu equilibrar as contas e pagou as horas a menos ao funcionalismo.

No terceiro mandato, assumiu a prefeitura depois de 12 anos do PT. Apesar de realizar, no período, alguns dos maiores investimentos na história de Varginha em áreas como Saúde e Educação, o PT deixou dívidas. Antonio Silva disse, à época, ser de R$ 130 milhões. O PT rebate e diz que foram R$ 19,4 milhões.

No quarto mandato, pensei, não vai ter do que reclamar, já que está recebendo a prefeitura dele mesmo. Aí surgiu a dívida de R$ 70 milhões herdade do governo Pimentel, cujos reflexos desastrosos na economia mineira são sentidos até hoje (particularmente no repasse aos municípios e, principalmente, no pagamento atrasado ao funcionalismo estadual).

Depois de uma passagem diferenciada (e com um estilo idem, famoso pelo rigor, por ser legalista e excelente administrador), Antonio Silva sai da prefeitura pelo estacionamento. Merecia mais pelo que fez pela cidade.

Sai, talvez, magoado pelas críticas da internet, inconformado com o posicionamento contrário ao desejo de reabrir o comércio, apresentado (com justificativas plausíveis) pelo Ministério Público, Secretaria de Estado da Saúde, Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, Associação Médica, Associação Comercial, Conselho Municipal de Saúde.

Vérdi se emocionou ao falar de Antonio Silva na coletiva na tarde de hoje (6/4). Por duas vezes parou de falar durante a entrevista, com a voz embargada. Comentava do relacionamento com Antonio Silva.

Passada a parte emocional, demonstrou sensatez e pulso firme ao falar do governo municipal daqui pra frente. Hoje teve reunião com o secretariado. Amanhã, fará o mesmo. Deve ser nomeado nesta terça, às 14h, na Câmara Municipal.

Como disse Antonio Silva pra mim, hoje pela manhã, “rei morto, rei posto”.

Tags: Política

17 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Carlos S Pereira // abr 7, 2020 at 9:54 PM

    FICOU MARCADO COMO O PREFEITO QUE PROPICIOU O MAIS ABUSIVO AUMENTO DE IPTU DO BRASIL. A ÚNICA COISA QUE PRESTOU NA ELEIÇÃO DELE, FOI TER
    NOS AJUDADO A FICAR LIVRES DO PT. GRAÇAS À DEUS!

  • 2 marco aurelio // abr 7, 2020 at 1:41 PM

    que este arlei tá falando, aqui estamos discutindo administração municipal..

  • 3 marco aurelio // abr 7, 2020 at 1:40 PM

    posso falar porque a primeira vez que votei foi justamente em 1988, sei o tanto de dificuldades que ele teve, agora a pior sem duvida foi em 2012 ao receber uma prefeitura falida, não pelo curujinha que não sabia nada, mas do antecessor que limpou os cofres publicos.

  • 4 ANTONIO BELO SOBRINHO // abr 7, 2020 at 11:17 AM

    Parabéns madeira, o seu blog é um sucesso.

  • 5 Julio // abr 7, 2020 at 10:22 AM

    Arlei, você é alfabetizado? Você já estudou sobre socialismo? Você enxerga? Você já reparou que países com governo socialista são os mais pobres do mundo? Você conhece um país chamado Singapura? Você conhece Hong Kong? Você é um débil menta?

  • 6 semprealerta // abr 7, 2020 at 9:30 AM

    Fez bem, Sr. Prefeito. 78 anos, ter que governar confinado, sujeito a pessoas que não tem a coragem de falar de frente: foi um ato de coragem, de inteligência e de humildade. (Leia a história de Cincinato em Roma, ou do papa Bento XVI, vai lhe trazer alento nesta hora e confirmar a certeza de sua decisão).

  • 7 Hugo // abr 7, 2020 at 9:20 AM

    Egard

    Concordo com vc, honestidade NAO É virtude.

    Mas para classe política é infelizmente.

  • 8 Ironic Mode On // abr 7, 2020 at 9:11 AM

    Parece que o leitor Jose não conhece o sentido da palavra ironia…

  • 9 jose // abr 7, 2020 at 9:00 AM

    Falar mal de pessoa morta é mais fácil ne? Não estou falando que Dilzon…. Não estou falando que o Sr. Aloysio…. Tem dó….

  • 10 Vieira // abr 7, 2020 at 7:58 AM

    Pra mim, e um Idiota como outro Qualquer, pra mim essa Historia de nada vale, grande Bost####.

    Em breve estará com o Capiroto.

  • 11 Arlei // abr 7, 2020 at 1:07 AM

    Ai que desânimo…só bolsominios infiltrados, tanto na escrita qto nos comentários.

  • 12 Carlos // abr 6, 2020 at 10:27 PM

    Para mim, o único erro que o Antônio Silva cometeu, foi ter sido arrogante , quando perdeu a eleição para o Mauro Teixeira no debate da EPTV . Isso Colocou a administração de Varginha na mão dos PTralhas, e todo mundo sabe no que deu : 12 anos de atraso para a nossa cidade , mas sem duvida , é um dos poucos políticos que tem o meu respeito, pela sua idoneidade e amor pela causa publica .

  • 13 Joilson Albuquerque // abr 6, 2020 at 9:38 PM

    Falem o que quiser, RENUNCIA É PRA OS FRACOS !!!
    Ele ficara marcado na história por isso.

  • 14 Edgard Ximenes Machado // abr 6, 2020 at 8:35 PM

    Por favor, honestidade não é virtude más sim obrigação. Caso contrário caracteriza inversão de valores.

  • 15 Herbert // abr 6, 2020 at 7:55 PM

    Belo post.

    Toninho tem uma virtude nobre entre os politicos, HONESTIDADE.

    Sai de 4 mandatos dificeis, sem DEIXAR ALGUMA DUVIDA sobre sua administracao.

    Lembro bem, Varginha nao tinha LIMPEZA PÚBLICA, heranca do PT.

    Enfim, tenho a mesma visao sua Madeira, NAO DEVERIA SAIR PELO ESTACIONAMENTO.

    Toninho, fez o papel de um excelente GESTOR, BASTA VER, NAO FICOU RICO COM A POLITICA. SIMPLES.

  • 16 Ronan togni // abr 6, 2020 at 7:45 PM

    PT nunca mais

  • 17 PAULO DE TORRES // abr 6, 2020 at 7:40 PM

    Madeira, o “Autoexplicativo” ao comentar o 3º mandato, é algo que tem que entrar para os Anais da Imprensa varginhense, rssss. A história política de Toninho, por tudo que representa, merecia outro desfecho.

Deixe um Comentário