Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Coronavírus: venda de álcool gel aumentou 70% em Varginha

fevereiro 28th, 2020 · Sem comentários

Supermercado faz pedido 10 vezes maior de álcool gel

Já era esperado. A notícia de casos suspeitos da doença respiratória em Varginha aumentou – e muito – a venda de produtos de limpeza que podem ser utilizados para evitar a COVID-19.

Na Prolimp (Praça João Pessoa) somente as vendas de álcool em gel aumentaram 70%. “É um dos produtos mais procurados, ontem foi uma loucura o dia inteiro”, diz Valessa Mesquita, proprietária da loja.

“Nossa sorte que, uma semana antes do carnaval, pedimos um estoque novo. Chegou a tempo”, conta.

Também estão sendo procurados, em maior quantidade, antisséptico em spray, sabonete e espuma antisséptica.

“Empresas compram álcool em gel em embalagens maiores, 5 litros, e também água sanitária, que é talvez o produto mais eficaz na limpeza. É antibacteriano, limpa e desinfeta”.

No Supermercado Maiolini da Rua Rio de Janeiro, também aumentou a procura de água sanitária e álcool em gel. “A água sanitária, nós temos um bom estoque. Já o álcool em gel, precisamos fazer [ontem] um pedido 10 vezes maior do que o normal”, diz o gerente da loja, Carlos Guisso. Ele diz que a venda de álcool gel normalmente é pequena. “Aumentou e muito agora”.

Para evitar a transmissão do coronavírus, H1N1, gripe de qualquer tipo, vale lembrar:

  • Lave sempre as mãos;
  • Ao espirrar ou tossir, evite espalhar essa quantidade enorme de perdigotos: a etiqueta da higiene manda soltar tudo no antebraço. Depois lave;
  • Evite locais com grande aglomeração;
  • Limpar e desinfetar objetos com frequência;
  • Manter uma dieta saudável para fortalecer o sistema imunológico;
  • Limpar e desinfetar objetos com frequência;
  • Manter uma dieta saudável para fortalecer o sistema imunológico;
  • Evite contato em superfícies como corrimãos. Não conseguiu? Lave as mãos. Se não tiver água e sabão, use álcool gel.

Tags: Utilidade pública

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário