Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Comissário de voo formado em Varginha fala sobre a profissão

fevereiro 23rd, 2020 · Sem comentários

A Escola de Aviação de Varginha existe há 79 anos. Em 2013 foi criado o Curso de Comissário de Bordo. Nesse período já se formaram mais de 50 comissários. Vários ex-alunos trabalham em companhias aéreas. O curso é rápido e tem um custo baixo, considerando-se o salário inicial do profissional. São apenas 3 meses de curso, a um custo de R$ 3 mil (total). O salário inicial do comissário é de aproximadamente R$ 5 mil.

O comissário é o profissional responsável pela segurança em voo. Requisitos: ensino médio completo e idade mínima de 18 anos. Rafael Ribeiro (foto acima) tem 26 anos e nasceu em Santa Rita do Sapucaí. Ele concedeu entrevista a Folha de Varginha (esta matéria foi publicada no jornal, antes do carnaval). Quando se casou, largou o curso de Matemática na UFLA e se mudou para Varginha. Aqui na cidade ele conheceu o curso (Rafael se formou na primeira turma). Ele já trabalhou na Avianca e hoje, está na Azul.

Os alunos na aula prática de transporte de feridos

Ele explica que a jornada é de até seis dias (até 9 horas diárias de voo). Normalmente trabalham 4 ou 5 dias e folgam 2 ou 3 dias. “As rotinas são diferentes, às vezes a jornada começa à noite, de madrugada, de dia. Antes, fazemos uma reunião em nossa base (hoje ele mora no Rio de Janeiro). Passamos por um briefing e iniciamos jornada”. Rafael diz que, apesar dos dias distantes de casa, a profissão não atrapalha o relacionamento. “Algumas empresas permitem que você traga alguém para passar datas especiais. Além disso, você trabalha alguns dias e depois tem uma folga, para aproveitar em casa”.

Sobre os dias em que voa, Rafael cita as acomodações que a empresa oferece: “Normalmente os hotéis são super bons. Dá pra descansar, pra aproveitar, criar uma rotina do pernoite. O transporte entre aeroporto e hotel também é pago pela empresa”)

Voos internacionais
Depois de um certo tempo, você pode se candidatar a trabalhar em linhas internacionais. “Normalmente são voos mais longos, o serviço de bordo e o pernoite são um pouco diferentes. Já trabalhei em voos internacionais, há roteiros para que você não tenha dificuldades durante a jornada. É superlegal, porque o trabalho fica um pouco diferente, exceto a a rotina de segurança e atendimento”.

Salário
“A remuneração é excelente, não necessita de ensino superior, o que deixa ainda mais atrativa essa carreira de comissário. Sem contar que também recebemos as diárias de alimentação em dinheiro. Temos o salário, mais as horas de voo (em torno de R$ 5mil) e as diárias (cerca deR$ 2,5 mil). Além disso, a profissão nos permite conhecer lugares novos, bares, restaurantes. Trabalhamos sempre elegantes, terno, gravata, as meninas de roupa social e lenço. É uma profissão incrível, espero que todos que almejam essa meta, descubram que o céu não é o limite”.

Para quem se interessar, a coordenadora do curso é a Érika Paiva (35) 9 9117-6798. E o telefone do Aeroclube é: 9 9230-2800.

Tags: Geral · Oportunidade de emprego

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário