Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Cesta básica em Varginha tem ligeira queda entre janeiro e fevereiro

fevereiro 7th, 2020 · Sem comentários

Na segunda pesquisa realizada em 2020 o Índice da Cesta Básica de Varginha (ICB-UNIS) apresentou uma queda de -0,83%. A pesquisa é realizada por meio da coleta de preços de 13 produtos que compõem a cesta básica nacional de alimentos nos principais supermercados da cidade.

Clique no título para mais informações.

De acordo com o responsável pela pesquisa Prof. Dr. Pedro dos Santos Portugal, a queda no preço de produtos como a batata, a carne bovina e o feijão carioquinha contribuiu para esse resultado de leve deflação. “No entanto, mais uma vez salientamos que o valor da cesta ainda se encontra alto tendo como base as médias anteriores a dezembro de 2019”, afirmou.

Em 12 meses, de fevereiro de 2019 a fevereiro de 2020, a cesta básica em Varginha teve aumento de 6,13%. “A pesquisa indicou que neste mês de fevereiro o valor médio da cesta básica nacional de alimentos para o sustento de uma pessoa adulta na cidade de Varginha é de R$404,86, correspondendo a 42,36% do salário mínimo líquido. Dessa forma, o trabalhador que recebe um salário mínimo mensal precisa trabalhar 85 horas e 44 minutos por mês para adquirir essa cesta”, comentou o Prof. Pedro.

Entre os meses de janeiro e fevereiro de 2020, dos 13 produtos componentes da cesta básica pesquisada em Varginha, cinco apresentaram alta dos preços médios: tomate, arroz, café em pó, açúcar refinado e pão francês. Um produto manteve o preço médio inalterado: a banana. E sete produtos tiveram queda em seus preços médios: batata, carne bovina, feijão carioquinha, farinha de trigo, manteiga, leite integral e óleo de soja.

Nessa pesquisa ficou evidenciada a influência tanto do comportamento da oferta quanto da demanda na dinâmica dos preços. Os que tiveram maior elevação do preço médio foram influenciados pelas quedas na oferta e por incertezas na produção. Já os dois produtos com maior diminuição no preço médio foram influenciados pela dinâmica da demanda. Importante destacar que a intensificação das chuvas pode influenciar diretamente na oferta e, por consequência, nos preços médios de alguns produtos nos próximos meses”, concluiu o Prof. Pedro.

A pesquisa completa pode ser acessada clicando aqui.

Tags: Economia

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário