Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Fórum mundial de cafeicultores: os painéis

julho 31st, 2019 · 3 Comentários

O evento foi marcado por palestras divididas em 3 painéis aonde foram abordados e discutidos temas relevantes representados por grandes organizações e empresas nacionais e internacionais: como o mercado como instrumento de proteção à renda dos produtores, a formulação de preço do café com transparência da semente à xícara, e o incentivo para o aumento do consumo.

Carlos Brando e sócio da P&A Marketing Internacional, foi moderador de um dos painéis de “Como promover e aumentar o consumo de café ao redor do mundo”, e fez um comparativo do ritmo acelerado do café neste ano em referência ao ano anterior, segundo Carlos essa crescente no consumo ainda não consegue garantir uma boa renda para os cafeicultores, mas ele acredita que o aumento no consumo não seja uma medida de resultados imediatos mas ajuda a enfrentar a crise no setor.

Teve também a apresentação de mulheres empreendedoras do café, Anna Illy proprietária da llycaffè (parte da 3º geração da família Illy , proprietária da empresa de torra fundada em 1933, em Trieste (Itália) pelo seu avô Francesco Illy, que falou do seu trabalho realizado pela llycaffè e toda a dedicação da torrefação nas questões sócio-ambientais e estímulo à melhoria da produção dos cafeicultores.

A empresa brasileira do grupo 3 corações representada pela gerente de cafés especiais Patrícia Carvalho, falou sobre o projeto Florada Premiada com cafés cultivados por mulheres cafeicultoras, valorizando o trabalho da mulher no campo.

Phyllis Johnson, cofundadora e presidente da BD Imports, fez um questionamento importante, “Pagamos caro para consumir o nosso café, porque os produtores ainda não são bem remunerados? Segundo Phyllis, o consumo nos Estados Unidos se manteve no mesmo patamar, mas já existe o hábito de saber e escolher o café que querem consumir, o café no país pode não crescer em volume mas está em uma crescente de valor.

O Diretor de Operações e Vice-Presidente da Indústria de Café Solúvel PT Aneka Coffee Industry, Moenardji Soedargo abordou a mudança de hábitos de consumo na Indonésia através do painel, e explicou a importância desse hábito para o crescimento do setor no país, transformando o café em uma bebida social na Indonésia.

O último dia do fórum foi marcado por 4 workshops simultâneos com o apoio de um moderador profissional e um convidado, com temas já visto no dia anterior, com o objetivo de criar ou sugerir soluções para cada assunto abordado, foi criado grupos para discutir esses desafios e recomendações ,que determinaram o teor da declaração final dos participantes, e será formalizado através de entidades jurídicas pelo comitê do WCPF(World Coffee Producers Forum) para o planejamento e execução das estratégias visando a sustentabilidade econômica dos produtores de café.

Em 2021 terá o 3º Fórum Mundial dos Produtores de café. A sede ainda não foi definida. A primeira edição do evento foi em 2017, em Medelin, na Colômbia.

São muitos os desafios enfrentados pelos produtores de café, especialmente os pequenos produtores, é preciso unir esforços para garantir uma produção de café mais sustentável e rentável, com ações coordenadas entre todos os elos do setor cafeeiro, fortalecendo o desenvolvimento do café com transparência de ponta a ponta.

Países produtores defendem ações para melhorar remuneração do cefeicultor

Em meio a uma realidade de grandes desafios, como a sustentabilidade econômica dos produtores, os níveis das lavouras, a volatilidade do preço nos mercados internacionais, o aumento da demanda para mais de 50 milhões de sacas nos próximos 10 a 15 anos e as adversidades climáticas, a edição 2019 do Fórum Mundial de Produtores de Café reuniu as nações cafeeiras para debates de temas de interesse comum, como a renda dos cafeicultores, as questões socioambientais, o clima e a sustentabilidade.

Tudo isso para que as mais de 25 milhões de famílias que cultivam o fruto e geram bebidas que satisfazem aos mais diversos paladares em todo o mundo continuem sua escala de crescimento e qualidade. O BlogdoMadeira e Jornal Folha de Varginha cobriram o evento, por meio da enviada especial Lilian Trigolo, titular da coluna “Pausa pro Cafezinho”. Lilian é coffelover e pequena cafeicultora rural, primando pelo café especial e incentivo de práticas sustentáveis aos pequenos produtores.

Realizado em julho de 2017 pela primeira vez em Medellín, na Colômbia, o Fórum busca uma discussão em torno de uma agenda preparada pelos produtores de café, com o intuito de alcançar caminhos mais sustentáveis no setor cafeeiro.

Em um momento em que os cafeicultores enfrentam bruscas quedas no preço do produto no mercado internacional, o evento busca se concentrar nos desafios enfrentados por muitas famílias que cultivam o grão, como níveis de produção no campo, volatilidade de preços nos mercados internacionais, e mudança climática.

A opinião da coffee lover

O setor cafeeiro passa por uma crise brusca, e injustamente os pequenos produtores são os mais afetados, com os baixos preços atuais e o excesso de oferta, isso acaba tornando os pequenos produtores menos competitivos e mais dependentes de subsídios.

São 25 milhões de famílias que vendem o grão verde em todo o mundo, é preciso ter um olhar profundo para as necessidades dos cafeicultores, e criar estratégias que favoreçam a remuneração dos produtores de café ao redor do mundo, acompanhando de perto as regiões que não conseguirão sustentar o café devido ás mudanças climáticas.

É necessário um apoio urgente aos pequenos produtores de café, com treinamentos nas principais áreas para se adaptarem melhor às mudanças, investindo na melhoria da infra-estrutura, na formação de preços do café, fazendo um trabalho em conjunto com todos os elos da cadeia de forma transparente acredito que seria possível fazer mudanças permanentes em questões que comprometam o fornecimento futuro do café.

Muitas questões essenciais para o setor foram discutidas no fórum, achei muito relevante como pequena produtora e sou extremamente grata por ter tido a oportunidade de compartilhar informações tão relevantes para este momento atual, mas deixaria apenas a sugestão de promover a ida de outros pequenos produtores em fóruns e seminários de café como este, pois foi enriquecedor as palestras, debates e workshops.

Foram muitos encontros e reencontros com pessoas incríveis desse universo do café que tenho enorme gratidão, admiração e carinho que não daria para citar todos por receio de esquecer algum nome, mas sintam-se abraçados.

Grandpa Joel´s Coffee: Produtores de cafés especiais que fazem através da sua marca um trabalho colaborativo, inovador e criativo com produtores locais e parceiros com o seu café especial em sua cafeteria em Santa Rita do Sapucaí-MG.

Grupo CW aduana e Triunfo Comex: Grupo com vasta experiência na exportação de commodities e cafés especiais nas mais diversas modalidades de exportação  em especial o DAC  (Depósito Alfandegado Certificado) atendendo diversas empresas no Brasil e no exterior, expertise na área de logística internacional, benefícios fiscais e tributários,e excelência em serviços de desembaraço aduaneiro , possui certificação ISO9001.

WW Trading: Comercial Exportadora e Importadora  que atua como ponte entre a empresa e o mundo, promovendo a internacionalização de empresas e fazendo a  terceirização de todo o processo de comércio exterior explorando novos nichos de mercado.

Tags: Café

3 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Juliana Amaral // jul 31, 2019 at 11:09 AM

    Parabéns Lilian Trigolo 👏👏👏👏 muito legal sua matéria, sucesso.

  • 2 Márcia Amaral // jul 31, 2019 at 11:01 AM

    Lilian Trigolo parabéns pelo esforço e dedicação, fazendo com tanto amor e capricho as matérias para nos deixar informados 👏👏👏 parabéns blog do Madeira❤

  • 3 Glauciene Paranhos // jul 30, 2019 at 10:53 PM

    Blog do Madeira super bem representado por esta pessoa nota mil, que não mede esforços para correr atrás das novidades,e levar sempre informações importantes aos Coffee Lovers e produtores.
    Sucesso Lilian Trigolo e Blog do Madeira 👏👏

Deixe um Comentário