Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – marcus@blogdomadeira.com.br

A Folha experimentou: Box Mineiro

maio 17th, 2019 · Sem comentários

*Matéria publicada no jornal Folha de Varginha no mês de março

Antes de tudo, vou esclarecer que o Box Mineiro é cliente desta Folha e do BlogdoMadeira. Dito isso, vamos lá:

A primeira impressão que tive quando chegou um prato do Box Mineiro foi a de que não ia encher o buraco do dente. Pedi a porção de 350g (tem de 500 g também) e a caixinha parecia pequena demais. Ihhhh, nada. O potinho aparentemente é pequeno (parece aquelas caixinhas do China in Box), mas vem muita comida.

Estreei direto no Tropeiro, carro chefe da casa. Feijão, ovos, bacon, linguiça defumada, pernil em cubos, farinha de milho, farinha de mandioca, couve, arroz, cebolinha e torresmo. É pra comer de colher. A comida chega quentinha, o torresmo é muito bom. O arroz é úmido, mesmo com a farofa.

Fui conhecer a cozinha. As funcionárias da Luciana (dona da franquia de Varginha) são uma gracinha. Já começaram a mostrar as panelas e contar como fazem as refeições. Elas não aproveitam sobras de um dia para outro. Trabalham de forma que a produção mantenha sempre a comida novinha e fresca.

Quem compra no local (começo da avenida Rio Branco, ao lado da Galeria Fenocci e em frente à Praça do ET), espera cinco segundos (de verdade) para retirar a comida. É colocar os ingredientes na caixinha e servir.

Todo dia tem três opções: uma salada, o tropeiro e um terceiro prato, que muda diariamente. A feijoada é muito boa. O macarrão com almôndega é uma delícia. Ah, e o Kaol (retrô). Há uns 15 anos, almocei no Café Palhares, no centro de BH. Um dos restaurantes mais tradicionais da capital mineira.

O Kaol significa cachaça (servida só na época em que o prato foi criado), arroz, ovo e linguiça. Comida simples e saborosa. Pois foi a impressão que tive quando pedi o Kaol do Box Mineiro. Arroz, linguiça toscana, torresmo, ovo, molho de tomate caseiro, bacon, cebola, couve e cebolinha. Fiquei na dúvida se é melhor do que o Tropeiro.

Ah, experimentei também o Feijão à Moda, que vem feijão preto, costelinha (bão demais), pernil, calabresa, banana frita, farofa com bacon, cebola, cebolinha e manteiga. Aí o leitor vai perguntar: e o regime?

Como escrevi antes, todo dia tem uma salada diferente, com carne. A Fit Salad tem alface, cenoura, pepino, brócolis, batata ingleza e batata doce cozidas, vagem, milho na espiga em rodelas, frango grelhado em tiras, tomate, rúcula, melão e molho.

A salada Pro Fit tem alface, rúcula, peito de frango em tiras,batata doce, inhame, cenoura, tomate, gergelim e molho. Todo dia é uma salada diferente. Só não experimentei ainda…

O BlogdoMadeira publica, todos os dias, os cardápios do almoço e jantar do Box Mineiro.

Tags: Folha de Varginha · Gastronomia

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário