Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

O milagre da multiplicação do salário do filho do vice-presidente

janeiro 9th, 2019 · 5 Comentários

A nomeação do filho do vice-presidente da República como assessor especial da Presidência do Banco do Brasil foi um chute no estômago dos bolsonaristas.

O salário de Antônio Mourão, filho do general vice-presidente vai triplicar: de R$ 12 mil para R$ 36 mil.

Hamilton Mourão disse que o motivo foi “mérito” pela conduta ilibada do filho, em 18 anos de carreira.

Se o filho tem uma trajetória exemplar no banco, por que não recebeu a promoção antes? Mas sim uma semana depois da posse do pai?

Apesar dessa péssima decisão, há bons exemplos no governo acontecendo.

O novo presidente da APEX (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), Alexandre Carreiro desmantelou um sem número de cargos comissionados. Entre eles, Ana Seleme (salário de R$ 19 mil). É esposa de Rodrigo Rocha Loures, o homem da mala de R$ 500 mil de Temer.

No lugar dos apadrinhados políticos, vai convocar aprovados em concurso público que esperam há anos a vaga. Parabéns!

Ministros fazem pente-fino em suas pastas, em busca de aspones. Privilegiando funcionários de carreira.

Aí me vem o vice-presidente justificar o novo cargo do filho.

Bolsonaro ficou irritadíssimo com a nomeação. Mas não fez nada, pois o cargo já havia sido entregue publicamente. E, afinal, indispor com o vice-presidente no começo de mandato é prova de risco político. Mesmo diante da cagada do general.

Vamos supor que Antônio Mourão é um exemplo de funcionário. Mereça o cargo, com salário triplicado e bônus (de acordo com o Valor) de R$ 2 milhões ao final da carreira.

Mesmo assim, o pai não deveria permitir a ascensão meteórica.

É mais vidraça exposta. Cheira mal.

Parece que o atual presidente do BB pede blindagem ao Planalto.

Foi uma decepção para quem espera enxugamento da máquina.

Tags: Política

5 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Eu Aqui // jan 10, 2019 at 5:14 PM

    Não podemos fechar os olhos. Foi um tamanho erro. Acho que todos nós ou pelo menos a maioria tentaria uma promoção para um filho. Mas não precisava ser de uma vez e a poucos dias. Podia aguardar uns meses, fazer uma promoção menor e daqui um 1 ou 2 anos fazia tamanha promoção. Esta promoção pegou muito mal, isto mostra despreparo e truculência, não precisava de tal ato logo no inicio. Toda a campanha foi feita em enfase na honestidade e do fim das mordomias dos politicos, porém o que estamos vendo é mais do mesmo.

  • 2 AL // jan 10, 2019 at 7:12 AM

    Esqueço que só o zelador do zoológico podia ficar rico.

  • 3 Milico // jan 9, 2019 at 11:45 AM

    Sou militar, votei no Bolsonaro, mas essa promoção foi ridícula.
    Não basta ser honesto, tem que parecer honesto.
    P*ta chute no s*co!

  • 4 Gizele // jan 9, 2019 at 11:18 AM

    Vaaaaai Mito!!

  • 5 Bolsominion // jan 9, 2019 at 10:50 AM

    Kkkkkkkk

    ……… (Pausa) ……

    Kkkkkkkk

    Imaginem se fosse o Lulinha !!! O que aconteceria???!!!

    Aos patos da CBF, cadê as panelas??!!! Kkkkkkkk

Deixe um Comentário