Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Óleo de coco: vilão ou mocinho?

julho 11th, 2017 · 3 Comentários

oleo de coco

 

Essência Mineira lança o espaço “Saúde na Essência”
É um espaço patrocinado e criado pela Essência Mineira Farmácia de Manipulação com o objetivo de levar dicas de saúde, beleza, alimentação, produtos e serviços para a manutenção da qualidade de vida de todas as pessoas.

ana carolinaNossa primeira entrevista é com a Ana Carolina Palmutti:

Atualmente essa dúvida deve ser frequente para muitos leigos. Pois bem, o óleo de coco, apesar de ser fonte da temida Gordura Saturada, contém também Ácido Láurico, que estimula o sistema de defesa e tem características antivirais, antifúngicas e antibióticas. Além disso, também é fonte de Triglicerídeos de Cadeia Média, que auxiliam na atividade cerebral, melhora o perfil lipídico no sangue e queima de gordura (emagrecimento). Portanto, apesar de a gordura saturada demonstrar um risco de entupimento de artérias e aumento do colesterol ruim, com o consumo moderado e, devidamente orientado por um profissional, o óleo de coco apresenta muito mais benefícios que prejuízo.

E para tudo no aspecto alimentação vale o velho ditado: “A diferença entre o veneno e o remédio está na dose!”. O bom senso deve prevalecer sempre!!!

Ana Carolina Palmutti é Nutricionista Clínica Funcional, Terapeuta Ortomolecular, Pós-graduanda em Nutrição Esportiva Funcional. IG/Fb- anacarolinapalmuttinutri

O espaço “Saúde na Essência” é aberto a profissionais da saúde, como nutricionistas, médicos, dentistas e fisioterapeutas entre outros, participação gratuita, sem exclusividade ou vínculo a nenhum segmento ou especialidade médica.
Se você é um profissional de saúde e quer participar, entre em contato: (35) 3222-5004 ou (35) 98853-5269.
faceca-02-18-11-206

Tags: Cotidiano · Saúde

3 Respostas Até Agora ↓

  • 1 e dai ? // jul 12, 2017 at 3:05 PM

    Diversos videos do renomado Dr. Lair Ribeiro no You Tube comprovam o que você disse “discípulo”.
    A mídia comprada pelos laboratórios farmacêuticas e gigantes da indústria alimentícia querem colocar a conta dos problemas cardíacos em cima do óleo de côco.
    O ideal é cortar ao máximo os carboidratos ruins , açucares e frituras – óleo de soja. E principalmente fazer exercícios físicos e uma dieta com muitos vegetais.

  • 2 Samuel // jul 12, 2017 at 12:33 PM

    Que tem a ver a melancia com o coco????

  • 3 discípulo do Souto // maio 8, 2017 at 8:40 PM

    Boa tarde Ana Carolina Palmutti ,

    Eu estudo o assunto faz uns 4 anos.

    Até hoje não encontrei nenhum ensaio clínico randomizado que associa a gordura saturada ao aumentos de problemas de coração. Existem somente estudos observacionais.

    Pelo que eu sei, a principal causa do aumento de colesterol está associado ao consumo de carboidratos em excesso. Em que o fígado fica sobrecarregado e transforma o excesso do carbo em colesterol.

    Eu mesmo tinha colesterol alto, depois que cortei os cabos e troquei por gordura saturada, meus exames baixaram.

Deixe um Comentário