Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Greve geral: prefeitura vai fechar às 13h; escolas vão liberar alunos às 15h

abril 27th, 2017 · 4 Comentários

protesto no centro1

A sexta-feira 28/4 será mais curta em Varginha, devido à greve geral contra as reformas trabalhista e da previdência. O protesto está marcado para 16h, na concha acústica. Até o momento, 13 sindicatos da cidade aderiram à paralisação: Bancários, Trabalhadores nas Indústrias do Vestiário, Trabalhadores no Transporte Rodoviário, Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação, Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas, Trabalhadores Metalúrgicos, Comerciários, Propagandistas Vendedores de Produtos Farmacêuticos, Servidores Públicos Municipais (SindServa), Sinprominas, SindUte, dos Trabalhadores em Telecomunicações e dos Eletricitários.

Os colégios Marista e Santos Anjos vão liberar os alunos a partir das 15h. As duas escolas disseram que respeitam o movimento e que vão terminar as aulas mais cedo para garantir a segurança dos alunos.

As escolas municipais não abrem na sexta 28/4. As aula serão repostas dia 16 de dezembro.

O atendimento administrativo do Hospital Regional do Sul de Minas fecha às 13h30.

Algumas agências bancárias do Sul de Minas já aderiram à paralisação. O funcionamento em Varginha será definido em assembleia na manhã desta quinta-feira, no Sindicato dos Bancários. Em todo caso, adiante seu serviço de banco, pois é pouco provável que as agências abram.

O SindVar, sindicato patronal do comércio, não está orientando os lojistas a fechar as portas mais cedo. Em princípio vai depender das condições de segurança e da decisão de cada lojista. Depois que o sindicato ficou sabendo, pelo BlogdoMadeira, que prefeitura vai fechar mais cedo, o sindicato marcou uma reunião para a manhã desta quinta-feira para decidir se orienta os lojistas a encerrar as atividades antes do fim do expediente.

A prefeitura publica, nesta quinta-feira (27/4), decreto estabelecendo que o horário de expediente na sexta 28/4 será de seis horas corridas, encerrando às 13h30. “Considerando que não temos como prever a dimensão do movimento, no que tange à transporte coletivo e transporte interurbano; considerando que na municipalidade está o maior número de escolas, inclusive com crianças de 0 a 6 anos; considerando que o Sindicato dos Servidores Públicos do Município, que representa aproximadamente 4.500 servidores, aderiu ao movimento, inclusive comunicando a Prefeitura quanto a sua participação em massa; considerando que as entidades públicas do Município representam, indiretamente, o poder institucional, que hoje, no Brasil, a nível das capitais são visados por possíveis manifestantes que exteriorizam mais a sua insatisfação. (…) O expediente do dia 28/04/2017 será corrido, iniciando às 7h:30min e terminando às 13h:30min”. Não significa que a prefeitura adere à greve, mas estabelece o sistema de horas corridas para, a exemplo das escolas, evitar tumultos.

O shopping funciona normalmente.

varginha fashion day 2017 (500 x 161)

Tags: Destaque · Utilidade pública

4 Respostas Até Agora ↓

  • 1 marco aurelio // abr 27, 2017 at 9:47 PM

    vai ter pão com mortadela e distribuição de 30 reais?

  • 2 Thamires // abr 27, 2017 at 3:50 PM

    Comércio irá funcionar normalmente?

  • 3 Servidor desmotivado // abr 27, 2017 at 7:49 AM

    Me resta chegar em casa ás 13hs, por um contra filé na grelha e bebericar bons chás de cevada geladinhos em companhia de minhas princesas (esposa e filha)…

  • 4 Antissofista // abr 26, 2017 at 7:28 PM

    Ficou feio para o presidente do Sindserva, pois caberia a ele convocar os associados para, em assembleia, decidirem se adeririam ou não à greve nacional contra a reforma da Previdência. Como ele se notabilizou pela omissão, outra coisa não se poderia esperar agora. Entretanto, ao que me parece, veio de dentro da própria prefeitura a ideia de paralisação das atividades. Que papelão em seu presidente?

Deixe um Comentário