Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

  • UNIFENAS_Vestibular_2022_Banner_970x140
  • 2021 – banner – fadiva novembro
  • 2021 – banner – prefeitura compromisso novembro
  • covalub-topo-maio-2021

Projeto de vereador pode trazer renda de 65 milhões para Varginha

abril 24th, 2017 · 9 Comentários

zacarias pivaA ementa que pode gerar 65 milhões para Varginha, foi criada pelo Vereador Zacarias Piva. O projeto resultou na criação do Fundo Municipal de Saneamento Básico. Com este fundo, a Copasa irá destinar mensalmente, à cidade, 3%de sua renda, o que corresponde a cerca de 180 mil reais. Ao final, o valor pode chegar aos 65 milhões, que serão investidos em saneamento e infraestrutura.

“Tomei essa iniciativa na época em que a Câmara votou a renovação do contrato com a Copasa. Como sabemos que essa importante concessionária tem um alto lucro na prestação dos serviços em nossa cidade, pensei em uma maneira de reverter isso para a nossa população. Então fiz essa emenda à Lei e a partir da sanção desse projeto, a Copasa vai ter que repassar parte do sua receita para a Prefeitura e esse dinheiro poderá melhorar a qualidade do saneamento básico de Varginha. A iniciativa será muito benéfica para os cofres públicos e ajudará em projetos de várias áreas. Com essa renda a mais para o Município, a Prefeitura poderá usar a verba que destinaria para o saneamento em outras áreas, como saúde, segurança e educação. É uma medida que garante justiça, pois reverte para o povo de Varginha parte do lucro que a Copasa tem em nossa cidade”, disse o vereador.

Segundo o Projeto de Lei que institui o Fundo Municipal de Saneamento Básico, os recursos devem ser destinados a várias ações, como : custear programas e ações de saneamento básico e infraestrutura urbana, especialmente os relativos a intervenções em áreas de influência ou ocupadas predominantemente por população de baixa renda, visando à regularização urbanística e fundiária de assentamentos precários e de parcelamentos do solo irregulares, a fim de viabilizar o acesso dos ocupantes aos serviços de saneamento básico; ampliação e manutenção dos serviços de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; recuperação e melhoramento da malha viária danificada em razão de obras de saneamento básico; estudos e projetos de saneamento; ações de educação ambiental em relação ao saneamento básico; ações de reciclagem e reutilização de resíduos sólidos, inclusive por meio de associação ou cooperativas de catadores de materiais recicláveis; subsídio das tarifas de abastecimento de água e esgotamento sanitário de estabelecimento da área de saúde, educação e demais órgãos específicos, conforme previsto na legislação municipal.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara de Varginha
anuncio-giggio-spaguetti-2016

Tags: Cotidiano · Política · Utilidade pública

9 Respostas Até Agora ↓

  • 1 VOX POPULI // maio 2, 2017 at 09:26

    EDUARDO – Vce. com essa conversa de quem bebeu ¨pinga de esterco ¨, é o mesmo cidadão de sempre. Pouso Alegre – Sujeira e capim de montão em todas as ruas, comercio parado, lojas do shopping, fechando. Sua ciade é pior do que Varginha, acorda bobalhão. Fui visitar um amigo no hospital, tinha um rua de paralepipedo, e uma guarda me disse _ Suba essa não moço, pode até virar o carro, desliza demais. Mal sinalizada, 3 3km da fernão Dias, e só sujeira e pobreza, acham até que o serrinha, fecha esse ano.

  • 2 Eduardo R Neto // maio 1, 2017 at 21:40

    Varginha não está parada no tempo, está “morta” . Quando visitamos Pouso Alegre, Poços de Caldas e até cidades como Extrema, percebemos o quão estamos atrasados. Temos um prefeito que não tem as mínimas condições de administrar sequer um boteco; muitos dos seus auxiliares não sabem sequer o que fazem na prefeitura, alguns acham que até são autoridades e só fazem lambança como fizeram com o aumento do IPTU. Temos uma câmara de vereadores que não falam coisa com coisa – uma atrapalhada danada. Deste jeito, neste século, pelo menos, Varginha não sai da rabeira, será uma eterna coadjuvante do Sul de Minas. Será que conseguiremos aguentar até as proximas eleições?

  • 3 PABI PAPI GRAFI- VARGINHA // abr 26, 2017 at 14:14

    PADRE VIEIRA – Vce. deve ser um dos mela cuecas, puxa saco, ele deve ter te arrumado uma boquinha de ocioso mor da camara. IMBECIL. VIEIRA ANALFABETO E PUXA SACO DE NEPOMUCENO, SE ESCREVE COM ¨i ¨. IMBECIL – ESCREVA 100 X , KKKKKKKKK

  • 4 Vieira // abr 26, 2017 at 08:53

    Esse nobre Idiota: PABI PAPI GRAFI- VARGINHA, e um constante e eterno Embecil.
    hahahaha.

  • 5 Leandro // abr 25, 2017 at 19:11

    Aumentar arrecadação e fácil , difícil é diminuir os gastos desta máquina que chama governo municipal federal e estadual, no final quem paga este 3% vai ser a população, político e tudo igual

  • 6 PABI PAPI GRAFI- VARGINHA // abr 25, 2017 at 16:20

    ESSE NOBRE ¨EDIL ¨, DE BOCA FECHADA É UM POETA !!!

  • 7 Cidadã pra lá de debochada // abr 25, 2017 at 12:03

    E quem vai pagar será o povo de Varginha, que receberá 3% de aumento na tarifa de água…pensa…

  • 8 Rodrigo // abr 24, 2017 at 20:15

    3% não paga os buracos mal tapados dessa concessionaria

  • 9 Vieira // abr 24, 2017 at 16:51

    A ideia seria muito boa, se a prefeitura não desviasse essa verba para outras area que so Deus sabe a onde, a idea e muito boa, mais eu vejo no meu ponto de vista que a utilização dessa verba teria que ter um criterio onde fosse mais claro a utilização e a prestação de conta fosse mais aberta ao publico e as autoridades, pois se não vira bagunça.

    De bagunça com o dinheiro publico, ja existe inumeras, basta olhar para o nosso Governo, anos e mais anos de roubalheira, e o porque disso, pq nossas leis são falhas, pq o povo Brasileiro não sabe cobra, não tem interesse em acompanhar, e por isso que o Brasil esta como esta, se o povo fosse mais instruido, tivesse mais interesse em saber do dinheiro Publico, se as nossas Leis, fosse mais severas com que Rouba, seja o crime que for, e se o povo Brasileiro, fosse mais atuante perante o Governo, perante as nossas Leis, e Perante a propria Sociedade, talvez o nosso Brasil, não estivesse como esta hoje, anos e mais anos de roubalheira, e a classe pobre, a classe trabalhadora, não estive como esta hoje, sofrendo.

Deixe um Comentário