Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Histórias que ninguém contou: Tapa no pé do ouvido pra nunca ser esquecido

maio 10th, 2016 · Sem comentários

tatuPor Jotabê

Orestâncio era sem duvida um rapaz impertinente. Azucrinava a vida de meio bairro. Não era aquele sujeito que colocava a mão no individuo toda hora que falasse. Muito menos aquele que a gente tem que abrir um guarda chuvas quando fala. Sua indolência era passar trote de um orelhão nas proximidades de onde morava. Demorou, mas um dia a casa caiu.
Moradores de um bairro na parte alta da cidade, já não aguentavam mais os inúmeros telefonemas feitos através de um orelhão sem ficha. (clique no título para ler artigo completo)estock livros vga
Orestâncio perturbava principalmente donas de casa e de lojas. Discava o número, quando a pessoas atendia, o telefone desligava automaticamente, pois ele não usava as fichas para completar a chamada. Essa atitude deixava todo mundo irritado. A insistência de Orestâncio, era sem duvida coisa de desocupado. O que não o preocupava, ficava o dia todo sem trabalhar.
Cansado dos consequentes telefonemas, o marido de uma comerciante tirou um dia folga do serviço para investigar aquele que tirava o sossego das mulheres.
Depois de umas andanças pelo bairro, desconfiou de um rapaz que há muito estava diante de um orelhão fazendo ligações. Aproximou sem que o impertinente visse. Não deu outra. Orestâncio era mesmo o dono dos telefonemas sem fichas.
O marido da mulher importunada, não era nenhum fraquinho não. Era um hércules, segundo diziam, ele uma vez rasgara a jaqueta nas costas, só enchendo o tórax de ar. Com todos os predicados, sapecou um tamanho sopapo no pé do ouvido de Orestâncio que ficou zureta, fora do ar vendo milhares de passarinhos voando em seu cérebro. Até agora não soube quem era o autor.
Um detalhe: jamais perturbou ninguem. Muita gente tinha certeza em afirmar que Orestâncio jamais se aproximou de um orelhão.

Tags: Geral · Utilidade pública

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário