Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Motociclistas de Varginha pedem regulamentação para serviço de mototáxi

julho 18th, 2013 · 12 Comentários

Quarenta e cinco motociclistas de Varginha fizeram uma manifestação em frente à Câmara Municipal, nessa quarta-feira (17). A concentração começou às 18h na Concha Acústica e terminou por volta das 19h30. Após aprovação do projeto que autoriza o motofrete, os motociclistas pedem um projeto de lei que autorize o trabalho de mototaxista, evitando o serviço clandestino. Os manifestantes foram recebidos pelos vereadores e presidente da Câmara conversou com representantes da categoria. Clique no título para ler a matéria completa.

blogdomadeira_bannerO presidente da Câmara de Varginha, vereador Leonardo Ciacci, recebeu o presidente e o vice-presidente do Sindicato dos Motociclistas de Varginha, Orival e Welmer e explicou que o Projeto de Lei para regulamentar o serviço de mototáxi deve ser de iniciativa da Prefeitura e encaminhado para a Câmara para votação, do mesmo modo que ocorreu com o Projeto de Lei do motofrete.

“O que era de nossa competência, nós já fizemos, que foi a aprovação do motofrete. Em relação ao mototáxi, nós não podemos criar essa Lei, ela tem que partir do Poder Executivo, mas estamos com as portas abertas da Câmara para que vocês ocupem a Tribuna Livre e se manifestem sobre os pedidos que têm a fazer”, explicou Ciacci. Após realizarem uma manifestação pelo centro da cidade, motociclistas ocuparam o auditório do Plenário da Câmara de Varginha na noite de ontem (17), quando era realizada a 45º reunião ordinária do ano.

Os motociclistas que participavam da manifestação ainda acompanharam parte da reunião e depois continuaram o protesto pelas ruas da cidade. (com informações e foto G1 Sul de Minas/ Câmara de Vereadores)

Tags: Manifestação em Varginha 2013

12 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Trabalhador da Rio Branco // jul 19, 2013 at 7:44 PM

    PRIMEIRO: Deviam fazer a barulhada de buzinas em frente a casa das avós deles. Foi insuportável o barulho.
    SEGUNDO: Fora o buzinaço, sou a favor pois está na hora de termos uma concorrência para o transporte coletivo que demora demais e às vezes com super lotação e também para os táxis que fincam a faca no nosso bolso.
    TERCEIRO: Abração para o Flávio do Alô Motos e para o Adriano que estava lá no meio da barulheira.

  • 2 marco aurelio // jul 18, 2013 at 7:40 PM

    por isso que o seguro de moto não para de aumentar.

  • 3 Luz13 // jul 18, 2013 at 7:39 PM

    Vamos manifestar, mas com lucidez! Gostei do blog. Aline Da Cidade das Pirâmides, em meio a uma passeata de estudantes, mas sem vandalismo!
    Vejam! http://www.youtube.com/watch?v=62b3f66OP60&feature=youtu.be

  • 4 Carlos // jul 18, 2013 at 3:21 PM

    kkkkkk tá bom, o sus nao aguenta mais tantos acidentados e vcs querem mais! Esse tipo de serviço vai contra a segurança no transito. Existe lei nacional que proibe esse tipo de transporte.

  • 5 Motociclista // jul 18, 2013 at 2:28 PM

    Concordo que seja aberta a modalidade de “mototáxi”, aumentando a concorrência no transporte. Hoje, o táxi convencional de Varginha, é absurdamente caro! Trajetos curtos por aqui, por volta de 2,0km, custam em torno de R$20,00. Com esse valor em SP, ando mais de 6km. “Ah, mas é SP, tem mais táxis e tem mais clientes”. Mas se o preço do táxi em VGA fosse mais barato, usaríamos muito mais vezes para não ter o estresse de dirigir, ou para ir e voltar do bar/restaurante, para ir em shows e/ou festas de casamento, etc. Havendo agora a opção de mototáxi, o cidadão terá bem mais opção de escolha. Agora, vamos à contrapartida: o mototaxista deverá fazer, obrigatoriamente, um curso de reciclagem, pois carregar garupa não é tão fácil quando parece! Uma coisa é carregar um baú, outra é carregar uma pessoa de 80kg, por exemplo. E também regulamentar a questão de o motoqueiro cortar veículos tirando “fina” dos carros. Isso tem que acabar, o mototaxista não poderá cortar veiculos em trânsito, somente quando o veículo estiver parado no semáforo, ou quando houver espaço suficiente, por exemplo, na avenida rio branco, rui barbosa, etc. Fica a dica para os setores responsáveis pelo trânsito.

  • 6 Desconfiado // jul 18, 2013 at 1:52 PM

    Bom. Devagar com o andor. Ao invés de postularmos um transporte COLETIVO de qualidade, optarmos pelo mototaxi é uma tentativa arriscada, perigosa e não é solução alguma. Considerando o número de acidentes com Motos, pode-se esperar uma superlotação da UPA e dos outros hospitais. Não se pode querer resolver o problema do motoboy gerando inúmeros outros problemas. São paliativos de país atrasado. Só falta alguém sugerir tuc tuc e aquela bicicleta (triciclo de propulsão humana), conhecida como riquixá. Se for por aí vamos sugerir cavalos, burros e mulas. Temos que ter é um trtansporte coletivo de qualidade: ônibus limpos, pontuais, passando em no máximo 20 minutos em cada ponto. É totalmente irresponsável. Além do que servirá de desculpa para a empresa de coletivos não investir e não prestar um bom serviço, alegando a concorrência desleal. Não penso que seja uma boa solução. Varginha pode mais. Varginha te condições de ter um transporte público à sua altura. Com mais uma empresa pelo menos, com a empresa utilizando modernos micro ônibus para alguns horários e com um transporte dimensionado e executado com eficiência que seja desestimulante até mesmo da utilização do automóvel. Senhores Prefeito e Vereadores: estão administrando Varginha e não uma cidade paupérrima da Índia. Comprometam-se com o devido respeito, o tamanho e tradição de nossa cidade. Vamos andar para frente, e não retroagir no tempo. Ou então preparem um SAMU dobrado e pelo menos mais umas duas UPAs e pronto atendimentos. Vamos nos lembrar de onde queremos Varginha e não de onde querem colocá-la. Vamos exercer o verdadeiro espírito progressista desta cidade. Forte abraço a todos os Varginhenses.

  • 7 morena // jul 18, 2013 at 1:43 PM

    Tem que regularizar mesmo, vcs estão certo, tem muita gente por ai fazendo serviço clandestino, carregando gente pra lá e pra cá

  • 8 Varginhense // jul 18, 2013 at 1:34 PM

    Enquanto a Autotrans nao tem concorrente, eles ficam com o preço la em cima.. O motofrete vai ser uma das melhores coisas a fazer, só q tem q ser tudo regularizado, pq tem motoboy q só quer ganhar dinheiro e nao pensa na segurança do transportado!

  • 9 ademilsom // jul 18, 2013 at 1:00 PM

    toda a populaçao ganha com traspote com segurança e agilidade

  • 10 Zé Petralha // jul 18, 2013 at 12:40 PM

    Esses motoqueiros mal cuidam de suas motos.Correntes bambas, pneus quase carecas, freios gastos(lógico que não são todos) mas a maior parte.É um perigo o passageiro se ferir.Sou contra o mototáxi.

  • 11 Zé Petralha // jul 18, 2013 at 12:37 PM

    Essas motos são tão mal cuidadas que é perigoso o passageiro se ferir.Correntes bambas, manutenção mal feita, pneus quase carecas. É o cúmulo.A maior parte desses motoqueiros não respeitam o trânsito e é um perigo para a sociedade.

  • 12 Janilton Gabriel de Souza // jul 18, 2013 at 11:28 AM

    Em meio a tantos problemas com o transporte público de nossa cidade, essa pode ser uma alternativa viável de concorrência. E, como toda concorrência traz benefícios para o usuário. Diversas cidades que conheço já possuem esse serviço, como Alfenas e São João Del-Rey.

Deixe um Comentário