Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

  • PMVARGINHA_CampanhaGeraçãoDeEmpregos_VVA006221C – BANNERNET Blog do Madeira (desk_mobile – banner topo – 970x140px)
  • Sebrae Empretec Anuncio 970×140
  • Alpha-Blog-Madeira-970×140
  • banner-topo-fadiva-set-140-2021
  • covalub-topo-maio-2021
  • unis-vestibular-maio-2021-970×140
  • parlamento mulher
  • banner vai dar certo

Os rumos de Varginha última parte – Relacionamento com o Vice-Prefeito

outubro 29th, 2012 · Sem comentários

O prefeito eleito Antônio Silva (PTB) concedeu entrevista ao radialista Carlos Costa, vereador eleito pelo mesmo partido. Clique abaixo em “Leia Mais” para ver a última parte da entrevista: o prefeito eleito fala como deve ser seu relacionamento com o vice-prefeito eleito, Vérdi Lúcio Melo (PSDB).

Veja aqui a décima  parte da entrevista, sobre Trânsito.

 Veja aqui a nona  parte da entrevista, sobre o Plano de Cargos e Salários.

Veja aqui a oitava parte da entrevista, sobre o contrato da prefeitura com a Copasa.

 Veja aqui a sétima parte da entrevista, sobre o Boa Esporte.

Veja aqui a sexta parte da entrevista, sobre Falta de Medicamentos.

Veja aqui a quinta parte da entrevista, sobre Ambulâncias do SAMU.

 Veja aqui a quarta parte da entrevista, sobre Planejamento e Obras Inacabadas.
 Veja aqui a terceira parte da entrevista, sobre Dívidas e Compromissos.

Veja aqui a segunda parte da entrevista, sobre atendimento ao público: “As pessoas devem ser informadas adequadamente e não enroladas pela prefeitura“.

Clique aqui para ver a primeira parte da entrevista (transição).

Vice-prefeito: “Eu tenho um histórico de boa convivência com meus vices. Dr. Marçal aceitou ser secretário da Saúde e teve todo meu apoio. Dona Terezinha Delfraro também foi minha secretária da Educação e nossa convivência foi leal até o fim do nosso mandato. Espero que isso aconteça com o Vérdi, participamos de uma campanha durante cinco meses, não tivemos nenhum problema nesse relacionamento respeitável, amigo e responsável. É preciso que se deixe claro a função constitucional do vice, substituir o prefeito nos seus impedimentos eventuais e na sua falta. Mas o Verdi, com a experiência e gabarito que tem, será extremamente útil na minha gestão, até para me ajudar. Mas é claro que precisamos delimitar essas funções. Se você não fizer isso, pode ter uma medida que o vice tomou à sua revelia e de repente ela não ser aquilo que você gostaria e a responsabilidade é sua (do prefeito) e na primeira desautorização que você fizer, você briga com o vice. Porque a responsabilidade jurídica é do prefeito, ele que responde perante Tribunal de Contas, é ele que responde perante a sociedade, é um regime presidencialista, você não tem como fugir da sua responsabilidade. Agora, como integrar o vice sem esses riscos? É você ter com ele uma convivência leal, não concorrente, não ciumenta e acima de tudo com humildade e bastante maturidade, aí você não terá problemas com o vice. O Vérdi vai somar muito porque é uma pessoa íntegra, enérgica, nós vamos delimitar essas funções com muita clareza, lealdade, transparência. Logicamente aí que entra o Vérdi, ele vai assumir situações de coordenação, poderá buscar recursos no governo do Estado, ter um diálogo permanente com a câmara, com a população e as decisões de grande importância, jamais deixo de discuti-las até com o meu secretariado. Não sou onipotente, autoritário. Tanto que os cabos eleitorais das minhas campanhas eram ex-secretários meus, o que prova que minha convivência com eles é a melhor possível”.

Tags: Blog nas eleições 2012 · Política

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário