Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

  • Alpha-Blog-Madeira-970×140-Matriculas
  • 970x140V2
  • CÂMARADEVARGINHA_CampanhaVereadoresSuasFunções _VVA001721D – BANNERNET Blog do Madeira (Top da home 970x140px)
  • PMVARGINHA_CampanhaGeraçãoDeEmpregos_VVA006221C – BANNERNET Blog do Madeira (desk_mobile – banner topo – 970x140px)
  • Sebrae Empretec Anuncio 970×140
  • covalub-topo-maio-2021
  • parlamento mulher

Professores vão receber capacitação pela Cemig

março 22nd, 2012 · 2 Comentários

Na próxima semana, ocorre a primeira etapa do projeto Cemig nas Escolas com a capacitação de cerca de 200 professores das redes municipal e estadual.  A capacitação visa preparar os professores para educar crianças e jovens para a prática do uso eficiente e seguro da energia elétrica. Clique abaixo para ler mais. A capacitação vai contribuir também com o Programa de Combate ao Desperdício de Energia Elétrica no Brasil – Procel. O professores das cidades de Bandeira do Sul, Botelhos, Cabo Verde, Campanha, Divisa Nova, Monte Belo, Muzambinho, Santa Rita de Caldas, Campestre, Caldas, Poço Fundo, Machado, Serrania e Gonçalves participarão desta primeira etapa do projeto a partir do dia 26 (segunda-feira).

De acordo com o coordenador estadual do Projeto Cemig nas Escolas, José Firmo do Carmo Júnior, o projeto irá oferecer aos professores material impresso e audiovisual, em que o assunto é abordado de forma interdisciplinar. (com informações Asscom CEMIG)

Tags: Educação · Sul de Minas

2 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Senhora Sua Mãe // mar 22, 2012 at 23:57

    CEMIG a pior energia do Mundo

  • 2 Bergman // mar 22, 2012 at 18:16

    Qualquer tipo de “descriminação” em edital de concurso público, mesmo que necessária ao cargo, deve ser PREVIAMENTE ESTABELECIDA EM LEI.
    Editais de concurso NÃO SÃO meios idôneos para estabelecer tratamento diferenciado (mesmo que necessário ou compatível com a função), caso tais tratamentos diferenciados não estejam expressos em uma lei.
    Qualquer tipo de “cobrança diferenciada” para se exercer um cargo público, se presente em edital, mas não presente em lei previamente aprovada, é ILEGAL.

Deixe um Comentário