Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

  • Alpha-Blog-Madeira-970×140
  • banner-topo-fadiva-set-140-2021
  • covalub-topo-maio-2021
  • unis-vestibular-maio-2021-970×140
  • parlamento mulher
  • banner vai dar certo

Varginhense integra a Orquestra Filarmônica de Minas

março 9th, 2012 · 10 Comentários

A Orquestra Filarmônica de Minas se apresenta em Varginha no domingo 18/3. O concerto será às 11h, no Theatro Municipal Capitólio. Entre os músicos que virão a Varginha, está um “filho da terra”: Alexandre Braga, flautista solo da OFMG. A notícia foi enviada ao blog pelo leitor Marcel Leão Troleis. Que elogiou a iniciativa: “Muito bacana a promoção de atividades culturais de alto nível no Município! Sem contar que a Filarmônica de Minas Gerais é uma das orquestras com maior renome do país!”. Clique abaixo para ler a biografia do músico. Em tempo: os ingressos para o concerto já podem ser trocados por um quilo de alimento, na estação ferroviária ou no teatro.

 

Alexandre iniciou seus estudos musicais em 1986 no Conservatório Estadual de Varginha, sua cidade natal, graduando-se em Flauta pela UFMG na classe do professor Artur Andrés. Apresenta-se ainda como piccolista, instrumento a que tem se dedicado. Participou de masterclasses com Norton Morozowicz, Odete Ernest Dias, Pauxy Nunes, Maurício Freire, Nicola Mazzanti, Jean-Louis Beaumadier e outros.Venceu o X e XI Concurso Jovens Solistas da UFMG e o I Concurso Jovens Músicos BDMG e recebeu menção honrosa no I Concurso Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica da Bahia.

Venceu o IV Concurso de Música de Câmara Bianca Bianchi em 2003 e o projeto Música para a Comunidade,em Belo Horizonte, com o Duo Braga-Faria de flauta e violão. Atuou como solista nas orquestras Sinfônica da Bahia, Sinfônica da UFMG, Experimental da UFOP, Sesiminas, de Câmara do Uni-BH e de Câmara de Itaúna. Foi primeiro flautista e piccolista solista da Orquestra Experimental da UFOP e flautista e piccolista da Sinfônica de Minas Gerais, posição que exerce também na Filarmônica de Minas Gerais. Como professor, Alexandre lecionou Flauta e Teoria Musical no Conservatório de Varginha e, desde 2005, é professor de Flauta no Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado. (Fonte: OFMG)

Tags: Cultura

10 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Cassiano Maçaneiro // mar 12, 2012 at 13:44

    Olá querida Lydia Maria Braga Foresti

    imaginei isso, mas como “gato escaldado tem medo de água fria”, preferi já tirar qualquer ambiguidade do caminho…
    Pois o Madeira é prova de que muita gente fica por aqui só procurando o que falar da vida alheia…rsrsrs…e como muitas vezes estive na situação de “vida alheia”, prefiro já resolver tudo antes do fato se consumar….rsrs

  • 2 Lydia Maria Braga Foresti // mar 11, 2012 at 23:21

    Maçaneiro,
    Olá!!!!!
    Quando postei meu comentário, o seu ainda não
    estava disponibilizado. Minha referência à formação musical, de Alexandre, no Conservatório Estadual de Música de Varginha, sem ter tido aulas particulares, foi no sentido de destacarmos o justo reconhecimeno que a equipe de professores e dirigentes do
    “Maestro MarcilianoBraga “merece receber.
    Abraço-o com carinho.

  • 3 Leila Mesquita Cabral // mar 11, 2012 at 06:29

    Fico muito orgulhosa quando tenho notícias de ex-alunos, Alexandre é um deles,foi meu aluno no Colégio Batista, e sempre dizia que um dia chegaria lá.Parabéns Alexandre, tenho certeza que você vai brilhar ainda mais.

  • 4 Cassiano Maçaneiro // mar 10, 2012 at 15:20

    Olá Lydia,
    Não sei se foi por minha postagem que deste enfase ao fato dele não ter tido professor particular.
    Se foi por conta do “E lá se vão as horas de aula na casa dele, de teoria e percepção!”, o aluno era eu!
    Muito orgulho de ter aprendido tanto com ele!

    Em 2012 ele estará duas vezes no capitolio na temporada de concertos que estamos promovendo, do Clube da Cultura

  • 5 Bom, é isso ai........ // mar 10, 2012 at 14:43

    Caraca! grande Alexandre me lembro dele tocando Flauta na igreja Matriz nas missas das dez da manhã e agora musico de primeira, e pai de familia, mora hoje em BH, vc merece meu irmão, me lembro quando eu engraxava sapatos na casa de seus pais, e depois a gente batia uma bola lá no rodelão, parabéns novamente Alexandre. A paz de Jesus á vc e á sua familia.

  • 6 dada // mar 10, 2012 at 09:29

    esse e 10 !!!

  • 7 Ponto e Virgula // mar 10, 2012 at 07:33

    Alem de grande musico; o Alexandre é uma pessoa de grande carater e de uma educação fora do comum; Podera; Ele tem berço e uma familia exemplo; tenho orgulho de ser amigo dele;;;;.

  • 8 Eduardo // mar 10, 2012 at 02:22

    Grande Alexandre! Exímio flautista! Ouví-lo é mais que música para os ouvidos! Parabéns pelo sucesso!

  • 9 Lydia Maria Braga Foresti // mar 9, 2012 at 22:23

    Alexandre é filho de Olga Maria Braga Rezende e
    de José Cordovil Azevedo de Rezende.
    Neto de Nôca Braga e de Martha Braga. Nasceu em 02 de fevereiro de de 1977 em Varginha, onde foi criado.
    Atualmente reside em Belo Hoizonte e é casado com Martha ( violinista). Em outubro tornaram-se pais orgulhosos de Henrique.
    Recebeu sua formação musical , desde o prin-
    cípio, no Conservatório Estadual de Música de Varginha. Não teve professor particular.
    Em setembro de 2011 emocionou a platéia no Theatro
    Capitólio, quando apçresentou seu concerto
    acompanhado magníficamente por Elvira Pedrosa Gomes, ao piano, e em alguns momentos por Martha , sua esposa, no violino.

  • 10 Cassiano Maçaneiro // mar 9, 2012 at 19:27

    O Alexandre foi alguém de suma importância na minha formação…não somente como músico, mas também como pessoa!
    E lá se vão os anos em que andava de bicicleta aos sábados pela Vila Pinto, ouvindo ele estudar flauta!
    E lá se vão as horas de aula na casa dele, de teoria e percepção!

    Grande admiração por ele!
    Piá!

Deixe um Comentário