Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Varginha 129 anos: geração 40 anos

outubro 7th, 2011 · 17 Comentários

“Varginha é a cidade onde eu nasci!!! Me orgulho muito por ter contribuído com noites que ficaram marcadas na mente de muitos varginhenses!!!
E mais orgulhoso ainda por ter vivido minha vida toda nessa cidade!!!


Estou com 40 anos, com seis, sete anos andava de bicicleta (amarelinha) de cabelo raspado máquina zero, por todos os cantos dessa bela cidade!!! Chegar ao famoso PONTILHAO era uma aventura a ser vencida!!!

Brincava no BURACAO do lixo na Vila Pinto e achava o lugar mais lindo do mundo!

Vendia velas que pegávamos com o So Mário  Simões  (o das bombinhas) nas lindas procissões das semanas santas.
O Colégio Pio XII com a D Cleurice, D Hilda, Vange, D Neuza, D Marina (a autora do lindo hino de Vg), a família de professores de Brusque (St Catarina) NAO tinha nada igual e jamais outras crianças vão conhecer o que nós vivemos naquela época!!!
E o gosto por organizar festas, eventos, o gosto pelas músicas, pela propaganda vindo da nossa passagem pelo Grêmio Estudantil Pio XII e das comissões de formatura!!!
E os amigos?… Colegas de Colégio na infância e na adolescência; muitos estavam de passagem era um tempo que os pais “forasteiros executivos” vinham desbravar as indústrias que aqui se instalavam. Outros simplesmente sumiram, alguns já se foram e tantos outros estão aí e tambem já são PAIS!!!
Na adolescência dos 11 aos 15 anos as festinhas e os bailinhos nas casas dos amigos, nos porões das casas. As casas antigas e lindas da nossa cidade!!!
O primeiro acidente que chocou a minha geração onde perdemos os queridos e insubstituíveis Liz e Alexandre!!!
Eu com 15 anos e as festas Geração Coca-Cola: foram 16 edições!!! O resgate que fizemos do mais antigo e  tradicional Baile das bruxas da D. Vera e D Helia!!! Caccia  Al Tesouro! Sabath das Bruxas! Noites dos Estudantes! As noites countrys e os touros mecânicos e muito mais…
A Studio 84 e a Cervejaria Brasil; A magnífica Mama Mia suntuosa para aquela época; A Boite Castelo seus andares e a piscina; Over Night; Excalibour; IN Out e tantas outras!!! Quantos artistas, modelos e capas da Playboy passaram por Varginha e todo o MUNDO DA XUXA que era o auge, aqui esteve!!!!
A GAROTA DO PRIMEIRO SUTIAN (Valiser) Patricia Luckesi do comercial mais premiado do mundo de Washinton Olivetto, ela merecia conhecer Varginha (Rsss) e nós, ela!!!
A vida seguia; O dia a dia e a correria da cidade que já NAO era mais pequena como antes fez com que cada um trilhasse um caminho! Dos  amigos alguns viraram somente grandes conhecidos outros entraram em nossas vidas e tantos outros amigos continuaram; são empresários festeiros, boêmios, comerciantes, grandes profissionais em cada área que atuam, mas todos com certeza trazem na memória a VARGINHA das décadas de 70, 80, 90, 2000 e a alegria de terem vivido aqui na Princesa do Sul a cidade mais linda do mundo!!!
Fernando Delfraro Barros.”

Tags: Geral

17 Respostas Até Agora ↓

  • 1 edai? // jan 5, 2016 at 2:24 PM

    Recordar é viver … sou dessa época e só tenho lembranças boas: shows das principais bandas do Rock nacional no VTC ( acho que só faltou a Legião e o Raul ), as festas da Castelo, Feira da Paz, desfile de carnaval na Rio Branco e baile nos clubes, bares animados até altas horas da madruga … depois comer um lanche de “treiler”. kkk… claro, tiveram acidentes que levaram pessoas que deixaram saudades … infelizmente não foi perfeito mas foi demais … e teve futebol improvisado nos campinhos ou praças , soltar pipa e andar de bike o dia todo com os amigos… anos 80: só quem viveu sabe como foi bom …

  • 2 Kênia // jan 4, 2016 at 10:16 PM

    Agradeço muito a você Fernando por me fazer viajar no tempo e reviver os melhores momentos da minha vida. Lagrimas e sorrisos extremos. Vale lembrar a lanchonete Brito´s!!!

  • 3 carlos augusto // out 11, 2011 at 11:34 AM

    Espera ai Sr eurico, nunca recebi herança, estou com mais de 40, trabalho á 29 anos,
    a unica coisa que recebi dos meus pais foram honestidade e vontade de trabalhar,
    tambem espero deixar isso para meus filhos.

  • 4 Fernando Delfraro Barros // out 10, 2011 at 8:05 PM

    Lindo,lindo o comentário de todos!!!

  • 5 dambru // out 10, 2011 at 3:02 PM

    eu adoro varginha desde 52.

  • 6 Luiz Carlos // out 10, 2011 at 8:11 AM

    Gostei do q li, me levou de volta aos velhos tempos, só q eu já não era tão poderoso a ponto de estudar em escola particular. Sou da Afonso Pena, das sessões de cinema das 18 horas no cine Rio Branco, depois ficar em frente a sorveteria Sem Nome conversando. Do Ley Lanches e das Yamaha RX 180 com todo aquele barulho e fumaça, mas q eu jurava q teria uma. Dos picolés da Dona Ivone no bairro Bom Pastor, de escutar a banda Síndrome do Carlos, de caminhar ate a boca do ribeirão (passando pelo pontilhão) só para pescar. De nadar no sindicato dos metalúrgicos, pular carnaval na CBC, de estudar no SENAI e ser chamado de peão, de freqüentar o Brittos e o Espaço Livre, e do velho e inesquecível Estalagem… Bons tempos!!!

  • 7 Dri // out 10, 2011 at 7:25 AM

    Muito obrigada , por essas lembranças…..me fez reviver tudo novamente.

  • 8 PABLO // out 10, 2011 at 1:23 AM

    Texto maravilhoso Fernando… eu, como VARGINHENSE adotado,sinto-me sobremaneira filho desta terra, que se DEUS assim permitir verá meus filhos crescerem, somos a geração de 40 com muito orgulho e saudades, de uma época mágica, regada a 14 Bis e cia, que saudades do Coração de Jesus…e de caros amigos de infância que por lá passaram,alguns como Marcelo Pompeu,Marcelo Muller, Renato (falecido em um acidente de moto, seu pai tinha um bar na rua Santa Cruz), O Marquinhos filho da Dona Suzana(que foi diretora de Coração de Jesus), o Eduado Rabello (da Curta), o Ricardinho (da Livraria do Estudante), o professor Caldas, o Renato de CIÊNCIAS, A Dona Marilda de Matematica, o Rogério PAREDÃO (ninguem se atrevia a enfrentá-lo no futebol nas aulas de educação física do Luiz Carlos), tantas amigosque o tempo traz na lembrança, e que as vezes de relance vejo pela cidade, cada um trilhando sua vida… que tempo bom, do Cine Rio Branco, do Fly Play, doPLIM, do BIG COMILÃO, das domingueiras na casa dos amigos, da Praça do Fonte domingo á noite. Enfim, esta é a minha VARGINHA e com certeza á de muitos. Não importa o que digam ou comentem, o que vivemos é o troféu de nossa geração.

  • 9 Vuvuzela // out 9, 2011 at 5:33 PM

    Ê Fernando…quantas saudades eu sinto das nossas brincadeiras…as melhores aconteciam na garagem da sua casa e na casa do Silvinho Dentista lá perto do posto quatro…Lembra?
    Lembra do seu rádio toca fitas que se transformava no mais potente som da cidade?rs eu ainda tenho o meu rádio Motorola até hoje…quem não tinha, não fazia festa…kkkkkkkkk Aquelas pick ups de som, na época, só uma menina tinha…mas não sabia usar…kkkkkkkkk…ela morava perto do Correio central…lembra?
    Ô saudade daquele tempo!!!
    Saudades dos Bailes das Bruxas no Clube de Varginha… todas as festas da Boate Castelo…acho q faltei em poucas viu…rsrsrs
    Realmente, a primeira vez que enfrentei a morte, foi quando perdemos nossos amigos Alexandre e logo depois o Liz…Jamais esquecerei dos amigos reunidos em frente ao hospital Regional nos dias que sucederam o acidente e orávamos pela vida do Liz. Foi um amadurecimento forçado que tivemos que enfrentar…e muito válido.
    Muito legal também eram as tardes que nos reuniamos na casa de discos em frente a sua casa!!!
    Fernando, vc bem disse…a vida fez com que cada um trilhasse seu caminho. Mas aquilo que ficou marcado em nossas histórias, iremos lembrar com afeto e carinho, cada vez que nos encontrarmos pela cidade…Vamos chegar aos 80 anos nos respeitando pelo que fomos no passado.
    Saiba que sempre tive uma consideração enorme por vc, sinto muitas saudades…e vc está me devendo uma resposta há alguns anos: Quando vamos promover um encontro da Geração Coca-Cola hein? rs
    Não queira saber quem sou eu…rsrsrs…quando eu lhe encontrar no trânsito, vou buzinar tá?….kkkkkkkkkkkk

  • 10 Fernando D Barros // out 9, 2011 at 3:22 PM

    Tenho mãe viva:D.Geni Delfraro e ate 25 dias atras Pai também vivo,Sr Augusto!!!
    Não recebi herança!!!
    Como disse no inicio do meu texto TENHO MUITO ORGULHO de ser Varginhense,nunca ter saído daqui!!!
    Obrigado a todos!!!
    E to calminho grande torcedor do Boa!!!
    Fiquem com Deus!!!
    Obrigado MADEIRAO por ter publicado meu texto!!!

  • 11 Torcedor do Boa // out 8, 2011 at 2:55 PM

    Fernadim, cê ta calmim ou nervosim?
    Abraço!

  • 12 ET de Varginha // out 8, 2011 at 2:48 PM

    Somos os filhos da revolução
    Somos burgueses “sem” (com) religião
    Somos juntos a nação
    Geração coca cola
    Geração coca cola
    Geração coca colaaaaaaa ooooooooo

  • 13 Luiz // out 8, 2011 at 12:07 PM

    Concordo com o colega Fernando Delfraro, tb sou desta epoca , somente quem viveu sabe , tempos bons que nao voltam mais, o bar do panama, castelo, mama mia, camponesa, cine rio branco, galery, bicicleta ate o pontilhao tb fazia este percurso, torrinha atras da copasa no campos eliseos, e muitas outras coisas que tenho muita saudade, hj estou bem longe de varginha, estou em Manaus, mas sempre que posso vou rever os amigos e parentes.

  • 14 SS // out 8, 2011 at 11:59 AM

    Uma grata surpresa ler este texto do sr. fernando

  • 15 Varginhense de Coração e paixão // out 8, 2011 at 11:05 AM

    Correção: viveríamos

  • 16 Varginhense de Coração e paixão // out 8, 2011 at 11:04 AM

    Ao contrário Sr. Eurico, nós já recebemos nossa herança, momentos como esse são vividos de coração, e se pudéssemos vivíamos tudo de novo. Essas lembranças não teem preço. adoro Varginha! Não fizemos nada…….. talvez a sua geração esteja fazendo algo OK?????????

  • 17 Eurico Dinamite Miranda // out 8, 2011 at 12:04 AM

    geracao 40 anos…..

    não fizeram nada..

    estao esperando heranca!kkkk

Deixe um Comentário