Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Sindicato dos Produtores Rurais de Varginha repudia a incorporação da Secretaria de Agricultura e Café junto à Indústria

dezembro 3rd, 2010 · 16 Comentários


 
    Representado pelo presidente Arnaldo Bottrel Reis, o Sindicato dos Produtores Rurais de Varginha manifesta contra a incorporação da Secretaria de Agricultura e Café, criada na primeira gestão do saudoso ex-prefeito Mauro Teixeira, à Secretaria de Indústria. “Na época em que foi instaurada a Secretaria do Café, este segmento representava mais de 50% da receita total do município. Hoje corresponde a mais de 40% da receita e ainda presta importantes serviços ao pequeno e médio produtor rural, tal como o uso de máquinas agrícolas”, explica Arnaldo.
            De acordo com o presidente do Sindicato, a reforma administrativa da prefeitura é esperada pela população varginhense há mais de um ano e meio. Ele defende que café e agricultura não poderiam ser representados por uma única secretaria. “Agricultura é um tema amplo, que agrega todos os plantios e manejos. O café é o grão que simplesmente representa o Sul de Minas, é fator gerador de empregos e coloca não só a região, mas o país, no topo do ranking de exportações”.
            Arnaldo conta ainda que aguardava a nomeação de um novo secretário para a Secretaria do Café. E não a junção dela com a Indústria, departamento muito distinto, com objetivos e princípios diferentes. “Enquanto a primeira trata-se do cuidado com a cultura, visando produtos naturais, a segunda é responsável pelo processamento da matéria-prima, que nem sempre está ligado à agropecuária, como foi distinguido e determinado pela administração”.
            Para o presidente, já é que estava mais que visível a necessidade de cortar gastos e “enxugar” pessoal, dentre cargos de confiança e secretarias, que fossem estudadas outras unificações. Talvez com secretarias que houvesse algo em comum. Não juntar o departamento agrícola com o industrial, uma vez que este setor em Varginha é totalmente voltado para o viés automobilístico e de tecnologia. Há algumas empresas, que por sinal, poluem muito o meio ambiente.
            O Sindicato dos Produtores Rurais de Varginha está ciente que se trata de uma proposta enviada à Câmara Municipal. Sendo assim aguarda que os nobres vereadores, representantes do povo, aprovem sim a intenção da reforma administrativa, que foi encaminhada tardiamente. Mas a partir do bom senso, não concordem com a extinção da Secretaria de Agricultura e Café, que é de extrema importância não só para o município, mas para os produtores. Prova disso é a existência de uma unidade sindical atuante e uma forte cooperativa de cafeicultores na cidade. (Assessoria de Imprensa do Sindicato dos Produtores Rurais)

Tags: Café · Política

16 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Verdadeiro // dez 7, 2010 at 7:36 AM

    O verdadeiro do comentário n°8 é falso, assim como as asneiras que ele escreveu.

    Madeira, vc deixa de publicar tanta coisa que posto sem nunca postar mentira, fofoca ou boato, aí vem um falsario escreve só mentira e você sabe bem disso e ainda não o veta?

    Ao falso verdadeiro:
    Quem tira dinheiro de professoras e profissionais da educação não é o governo do PT, ao contrário disso o governo do PT foi quem mais concedeu ao aumento a essa calsse aqui em Varginha, quem cortava bonificações de professoras e demais funcionários públicos era um outro prefeito que acha que o povo tem memória curta e não se lembra quem quebrou o flamenguinho de Varginha, quem acabou com o carnaval na cidade, quem ficou devendo a seleção brasileira, o exterminador…
    Nota do blog: “Verdadeiro”, sempre assinei minhas críticas. Se você fizer o mesmo, autorizo todos os seus comentários.

  • 2 Verdadeiro // dez 7, 2010 at 3:28 AM

    Será mesmo que vão acabar com os cargos de confiança? Ouvi falar que vão cortar as funções gratificadas dos servidores efetivos, até das cordenadoras de creche para “dar aumento” para alguns cargos de confiança, dentre eles, da assessora jurídica da Secretaria de Administração que fez a lei para beneficiar ela e o resto que se dane! Pimenta no olho dos outros é refresco…

  • 3 Zóio // dez 6, 2010 at 8:48 PM

    Olhaaaaaaaa!

  • 4 Verdadeiro // dez 6, 2010 at 1:34 PM

    Uai, essa oposição fajuta tem que decidir, ou são pela reforma e corte de cargos que tanto se grita por aí, ou não…

    é por que vemos que essa oposição só quer mesmo é fazer barulho, será que vão contratar uma atriz para pra dar show de novo?

  • 5 eduardo ottoni // dez 6, 2010 at 12:25 PM

    Não conheço o teor da mensagem e projeto enviados pelo Prefeito Corujinha à egrégia Câmara de Vereadores. A título de conhecimento e de lembrança, registro um pequeno histórico sobre a Secretaria Municipal da Agricultura e do Conselho do Café. Em 1992, eu trabalhava em BH, na SEPLAN, assessorando o então Secretário hoje Governador Prof. Anastasia. Recebi a visita do Dr. Marçal Figueiredo, então vice-prefeito, em nome do então Prefeito Dr. Antonio Silva, convidando-me para ser candidato a Prefeito Municipal, com o seu apoio, vez que por pesquisas e considerações feitas, eu representava o ideal para aquela sucessão. Considerei aquele convite, muito honrado pela lembrança do meu nome, e vim a Varginha, quando me encontrei com Dr. Antonio Silva (na sexta feira da semana santa daquele ano) . Passei ,objetivamente, a analisar aquela “convocação”, para voltar a minha terra querida. Após várias conjecturas e conversações, o meu Partido – Partido LIberal, hoje PR – abraçou aquela causa. No entretanto, eu percebia que algo não estava indo bem na minha saude. Minhas pernas, de vez em quando, dava sinais de alguma anormalidade orgânica. Decidi, então, declinar do convite, comuniquei ao Dr. Antonio Silva e costuramos um entendimento para apoiarmos a candidatura de Aloysio Ribeiro de Almeida. Numa noite, depois de uma reunião na minha casa, fomos ao encontro com o Pref. Antonio Silva. Participaram desse reunião: Dr. Antonio Silva, eu, Aloysio ribeiro de Almeida, Targino Valias ( de saudosa mem´ria), Luiz Fernando, Paulo Vitor Freire. Ficou então acertado: Aloysio e Paulo Vitor, candidatos Prefeito e Vice. Já no curso da campanha, eu, hospitalizado em BH, recebi a visita do Prefeito Antonio Silva, através do seu assessor Silvio Martins e no leito do hospital gravei mensagens para o programa politico de apoio a essas candidaturas. Na oportunidade, por um bilhete, fiz o Silvio portador de duas sugestões ao Prefeito Antonio Silva: criar as Secretarias da Agricultura e da Industria e Comércio. Sugestão acolhida, ele – Antonio Silva – criou essas duas secretarias. O Aloysio foi eleito e eu voltei, em dezembro/92 para Varginha. Aloysio, então, informou-me que faria a instalação das Secretarias mencionadas e criadas por Antonio Silva. Para Ind. e Comércio nomearia o saudoso companheiro e amigo Aristeu Ferreira Mendes. Convidou-me para assumir a Secretaria da Agricultura. Pedi um tempo, para eu cuidar da minha reabilitação, até que em setembro daquele ano, Aloysio procurou-me a disse-me que nos festejos do aniversário de Varginha _ 7 de outubro – ele gostaria de empossar-me Secretário. Aceitei e, então, instalamos a Secretaria e criamos o COnselho Muniocipal do Cafe. Nessa Secretaria e na Presidencia do Conselho, fiquei de 1993 (outubro) até 1996 (maio). Pudemos realizar um trabalho excepcional, contando ali na secretaria e no conselho do café, com integral apoio do Prefeito Aloysio. Fizemos um tabalho espetacular com uma equipe muita dedicada (Domingos Tavares, Luiz Carlos Moura Ribeiro, Marcial Ramos, Ernane, Joana) e com importante articulação com a EMATER (José do Socorro), IEF (Daltro, Carlinhos, Amarildo), IESA (Sebastião), Centro de Comercio do Café de Minas Gerais , Cooperativa dos Cafeicultores e Sindicato Rural. Chegamos a ter um programa semanal na TV Princesa. Coordenamos o programa de eltrificação rural (atendendo a mais de 200 pequenos produtores e sitiantes) Banco de sementes, viveiro de café, concurso leiteiro, patrulha motomecanizada, cuidamos das estradas rurais, construção de pontes, hortas escolares e caseiras, revitalização do Parque São Francisco, atuação conjunta com o CODEMA e participamos ativamente dos concursos de qualidade do café, distribuição de mudas de arvores frutiferas, promovemos seminários sobre ,meio ambiente e consolidação da política econsolidação bacia hibrog´rafica do Rio Verde (junto com o inesquecivel Sérgio Regina), seminários e congresos de café aqui realizados. Enfim a Secretaria e o Conselho Municipal do Café se fizeram presentes na vida da cidade e escreveram uma página muito positiva nos legados dos prefeitos Antonio Silva e Aloysio Ribeiro de Almeida. Retrato tudo isso, para conhecimento de todos, especialmente desse importante setor da economia do municipio e para que sirva de subsídio ao grande debate que haverá de ocorrer sobre a proposta do Prefeito e já contestada pelo Presidente do Sindicadto Rural.

  • 6 Pé de Mesa // dez 6, 2010 at 11:54 AM

    Por uma questão de isonomia, todas as atividades patronais empresariais devem estar numa única secretaria. Ela deveria se chamar Secretaria de Indústria, Comércio, Agricultura e Turismo. Se não for assim, algum setor mais bicudo, como o agrícola, acaba levando vantagem sobre os outros.

  • 7 Chapeludo // dez 6, 2010 at 11:31 AM

    porque ele nao tira esse chapeu horrivel??

  • 8 opq // dez 6, 2010 at 3:17 AM

    E o vice prefeito? É a favor ou contra??? Esta fazendo o que para ajudar o sindicato dos produtores rurais?

  • 9 jonas Braga // dez 5, 2010 at 10:47 AM

    Esta Reforma administrativa é de verdade ou é só para falar que fez , quantos cargos de confiança vai acabar, pelo que estou sabendo não vai acabar nenhum, esta reforma é para bobo acreditar que estão tomando providências a respeito da falência da Prefeitura.

  • 10 tucano inconformado // dez 4, 2010 at 9:25 PM

    Chora Botrel, chora!!! Afinal, os butinudos da cidade nunca estão satisfeitos mesmo!!!
    Chora e repudia, Botrel!!!
    Ai, ai!!!

  • 11 INDIGNADO // dez 4, 2010 at 10:38 AM

    PORQUE VC NAO DEIXA MEUS COMENTARIOS????

    TEM QUE SER IGUAL O SITE TERRA…TODOS OS COMENTARIOS APARECEM…..AQUI NAO APARECE NADA….DESANIMA POSTAR AQUI

  • 12 Mellis de Paiva // dez 4, 2010 at 9:33 AM

    O VICE NAO VAI DEIXAR O CONCUNHADO SER MANDADO EMBORA DE JEITO NENHUM.

  • 13 Sandoval Silva Júnior // dez 4, 2010 at 9:24 AM

    Concordo plenamente com o presidente do Sindicato. Suas afirmações mostram que de um lado existe conhecimento em relação ao assunto e de outro falta de informação.

    Em que pontos existe correlação entre industria e agricultura. Talvez no final da cadeia produtiva desta última e é só.

    Ao analisar o nr atual de secretarias, acredito que seriam mais viáveis as seguintes alterações:

    – a sec de obras e serviços urbanos poderia ser incorporada a planejamento urbano;

    – a de controle interno seria incorporada pela fazenda;

    Afinal, o planejamento urbano leva posteriormente a execução das obras e serviços e por último, como o tesouro municipal é controlado através da Fazenda, nada mais natural que o controle interno atue ali, uma vez que, é o controle que faz o acompanhamento e válida todos os gastos do município.

    Bom! Devo lembrar que estou fazendo apenas um comentário e com certeza o Corujinha deve ter ao seu lado “pessoas” competentes para auxiliá-lo, não é mesmo?

    Por fim, o que importa é que mudanças devem acontecer e a população de Varginha aguarda com muita esperança que com isso a cidade comece a andar, se desenvolver e voltar a ser de fato a “princesa do sul de minas”.

    Arnaldo continue acompanhando e senhores vereadores, façam o que compete ao legislativo municipal fazer, o melhor para a população e para o município.

  • 14 Careca // dez 4, 2010 at 8:38 AM

    O Arnaldo Botrel tá careca???
    Ele nao tira esse chapeu ridiculo da cabeça….

  • 15 duardao // dez 3, 2010 at 6:34 PM

    Que a “valorosa” oposição varginhense não se deixe levar pelo rvanchismo e aprove as mudanças que são de interesse da população de nossa cidade.

  • 16 duardao // dez 3, 2010 at 6:33 PM

    O Sr. Arnaldo Botrel fala como se a secretaria do café fosse extinta e sabemos que não e bem assim. Quanto a indicação de um novo nome para a secretaria do café, certamente ele indicaria algum “afilhado”. Temos um vice-prefeito ‘ruralista”, que com a msi absoluta falta de tato criticou o governo do qual faz parte em debates no período eleitoral e pelo visto o tiro saiu pela culatra. Sr. Arnaldo continue batalhando pela sua categoria, mas como menos emoção e mais praticidade.

Deixe um Comentário