Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Seminário sobre bullying: mesa redonda

dezembro 3rd, 2010 · 17 Comentários

Os participantes do seminário sobre bullying, promovido pelo blog participam, nesse momento, de uma mesa redonda sobre o assunto

Tags: Educação

17 Respostas Até Agora ↓

  • 1 carlos // dez 9, 2010 at 10:15 AM

    MORAMOS EM UM PAIS NO QUAL FALAMOS PORTUGUES NO QUAL NAO FUI BOM ALUNO MAIS AS PESSOAS DE BOA EDUCAÇAO NAOFAZ ESSA COISA CHAMADA BULLING E COMO DISSE EM OUTRO COMETARIO LOGO EM CIMA A GENTE IA A ESCOLA PRA SER EDUCADO E ESTUDAR MAIS HOJE EM DIA NINGUEM TOCA NO ASSUNDO QUE O MENOS DE HOJE RESPEITAVA OS MAIS VELHOS E PROPIOS COLEGAS DE SALA DE AULA ESNQUANTO ESSE PAIZINHO NAO REVERA PUNIÇAO A MENOSRES INFRATORES NAO TEREMOS LEI NESSE PAI QUE AGUETE ESSA MULECADA MAL EDUCADA E SEM CONSIENCIA VAMOS REVER URGENTIMENTE ESSA LEI DO MENOR SENHORES JUIZES PROMOTORES QU FAZEM AS LEIS VAMOS TRABALHAR VCS GANHAM MUITO PRA FICAR A TOAVAMOS MUDAR A LEI PENAL PRA ESSES MARGINAIS QUE SABEM QUE NAO PODEM SER PUNIDOS BULLING E COISA DE FRESCO COISA DE AMERICANO MORAMOS EM UM PAIS QUE SE FALA PORTUGUES
    VAMOS FAZER UM PLEBICITO SOBRE A LEI DO MENOR
    UMA PERGUNTA BULLING GERALMENTE E FEITO POR PESSOAS DE CLASSE MAIS ALTA POBRE NAO TEM DISSO

  • 2 IN OFF // dez 6, 2010 at 7:50 PM

    Eu hein!!!

  • 3 SOPRACONTRARIAR // dez 6, 2010 at 11:42 AM

    E para a gestante daí do fundinho, vi umas roupas para grávida lindas la naquela loja Evydência. Ela não está mal vestida, mas a bata poderia ser mais larguinha né ??

  • 4 SOPRACONTRARIAR // dez 6, 2010 at 11:40 AM

    CONCORDO em gênero , número e grau com você cidadão e você educador Eudóxio, as crianças não sabem como lidar com as dificuldades da vida e com a competição porque os pais superprotegem eles, talvez uma dificuldade desss pais de lidar com a ausência deles do lar, jogam assim a responsabilidae de educar apenas para a ecola. No meu tempo, nós ìamos à escla para adquirir CULTURA, a EDUCAÇÃO era por conta dos pais ! Bons tempos aqueles !!

  • 5 cidadão // dez 6, 2010 at 8:20 AM

    tenho quase 40 anos e, so hoje, descobri que quando criança sofria bullying…rsrsrs
    sabe quando paravam de me atormentar? quando eu reagia… não precisar ser fisicamente, mas a criança tem saber se defender. os pais tem que proteger sim ,mas nesse caso, a proteção tem que ser discreta, senão a criança se transforma em um adulto fraco.
    quem aqui nunca foi alvo de brincadeiras bobas de criança, e depois, ficou até amigo do colega “brincalhão”?na área da educação tem coisa mais séria que precisa de seminário.
    abraços!

  • 6 IN OFF // dez 4, 2010 at 9:24 PM

    Gostei do post 4!!! Muito bem colocado!
    E ponto!!!! ( Vou contigo )
    Eu hein!!!!

  • 7 !!!! // dez 4, 2010 at 2:35 PM

    engracado, revejo essa foto e me lembro de gente ae, isso mesmo professor, que sempre entrou na ondinha das turminhas que gostavam de humilhar os alunos menos “saidinhos”.

    Hoje virou modinha falar de bullyng, na verdade tem outro nome, é HIPOCRISIA mesmo, iclusive “debater” o tema com esses “educadores” a edução, já diziam comeca é em casa

    Por experiencia própria, a abordagem que fazem sobre o bullyng é totalmente ERRADA!!! eles tentam “ensinar” as criancas a respeitarem e não zuarem o outro, mais isso NÃO É SOLUÇÃO!!!

    BULLYNG só se resolve com AUTO SUPERAÇÃO!! é a pessoa se sentir bem, feliz e capaz!

    Bullyng se trata é apartir da presperctiva das vitimas, não dos agressores, vivemos uma total inversão de valores.

    O resto é tudo balela…

    Obrigado pelo espaço Madeira

  • 8 ET de Varginha // dez 4, 2010 at 11:23 AM

    Polícia para quem precisa, polícia para quem precisa de polícia…….

  • 9 paulo felix // dez 3, 2010 at 11:30 PM

    Eu acho que deveria comecar em casa.O pai principalmentee o mais culpado, coloca o “filho” em escola de jiu jitsose e assim que escreve , pra depois que ficar maior dar de gostosao intimidando os outros , parecendo caes pytbul , …..

  • 10 Pedro Souza // dez 3, 2010 at 8:28 PM

    esse tal de BULE é frescura , tenho 33 anos e quando criança um ja zoava o outro na escola , colocava apelido e tudo mais …agora vem com essa frescuragem ?…francamente …vai procurar um terreno pra capinar !

  • 11 Falta do que Fazer // dez 3, 2010 at 5:19 PM

    concordo com o eudóxio de oliveira .
    Ta certinho…..
    A viadagem está solta nas escolas…..as crianças nao sabem nem atravessar a rua sozinhas.

    Eu sou a favor de zoar pesado…..bullying nelas

  • 12 Thine // dez 3, 2010 at 4:47 PM

    TENHO UMA AMIGA DO QUAL O FILHO FOI VITIMA DE BULLYNG NUMA ESCOLA ESTADUAL DAQUI DE VARGINHA, ONDE O DEVER DA ESCOLA NÃO FOI PRÁTICADO – OU SEJA – A ESCOLA NÃO FEZ NADA! (POSSO DIZER O NOME DA ESCOLA MADEIRA????RSRS)

  • 13 Chacal // dez 3, 2010 at 4:39 PM

    Hoje em dia tudo é moda,é Bullying,café chá,tudo acaba na chaleira bem filtradinho e com uma bolachinha então……hummmmmmm que delicia,ô gente vamos arrumar o que fazer,atenção pais olhem mais seus filhos, se for possivel uma boa surra de cinta resolve bem o problema,no meu tempo levei umas cintadas e não fiquei revoltadinho e não saia nas ruas querendo bater em filho dos outros, poís isso me serviu para que eu virasse gente e aprendesse que a vida é dura para quem é mole,isso é para criança filhinho de papai que toma leite com bolacha á noite e fica esperando a vovó contar uma histórinha pra dormir, depois que fica mimadinho quer descontar a raiva em inocentes,fica colocando piercing na boca na orelha, na lingua, e no…., pra mostrar que é homem hahahahahaha! que piada,mas quando está de frente á uma situação de perigo faz xixi nas calças como á áquele traficante do Rio que ao ver o Bope se urinou todo, pra pegar em arma é macho mas, quando está sem elas chora igual á um bebê,creim vergonha na cara e vão trabalhar cambada de vagabundo pra vocês aprenderem a dureza da vida e dar valor no pai e na mãe de vocês.

  • 14 eudóxio de oliveira // dez 3, 2010 at 4:39 PM

    Sou educador há mais de 20 anos e, quase sempre, a abordagem se faz a partir do “agressor”. Na verdade, o grande problema é a falta de reação do “agredido”. Os pais estão tirando a autoridade dos filhos e, por não terem tempo para educá-los, fazem atuações pontuais, pensando em defendê-los e demonstrar para eles que não estão ausentes. Isto é tão grave que já estamos chegando à faculdade onde pais vão resolver “problemas” de filhos com colegas e professores. Esse é o problema. O “bulling” é uma falsa teoria para justificar a proteção errada dos pais. Quando alguém é chamado de gordo, burro etc… e não reage, se intimida, está doente e, com certeza, foi mal educado por seus pais que tolheram sua capacidade sadia de reagir. Só isso. Pelo amor de Deus, não inventem mais justificativas. Alguém que foi chamado de burro, basta perguntar se o outro tb é da família e o “bulling” acaba. Ponto.

  • 15 // dez 3, 2010 at 4:36 PM

    Falta do que Fazer ,

    Você, pelo jeito, devia ser o machão da sala e fazia bullying nos outros.

  • 16 Falta do que Fazer // dez 3, 2010 at 2:07 PM

    Eu acho que esse povo nao tem mais nada importante pra fazer….

    Na minha epoca isso chamava zoar….cada criança aprendia se defender sozinha….

    Hoje tem que por mamae e papai no meio….por isso tem esse monte de meninos “fresquinhos”.
    Daqui a pouco estão indo com as maes para fazer as unhas.

  • 17 SECRETARIO ANALFABETO DA PREFEITURA // dez 3, 2010 at 12:51 PM

    O UNICO BULLING QUE EU CONHECO É DE PÔ CAFÉ, MAIS OGE USA GARRAFA TÉRMICA

Deixe um Comentário