Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

7 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Vuvuzela // out 27, 2010 at 10:44 PM

    ana! estou com vc! Além do mais… quem muito fala dá bom dia a cavalo… e os coices ja começaram…kkkkkkkkkkkk

    Deixem o ET descansar em paz….afffff….kkkkkkkkkk

  • 2 MALHA KHIAS // out 27, 2010 at 2:27 PM

    Lá em Portugal têm uma histórinha parecida, três manézinho juraram ter vistos Maria mãe de Jesus. Ah! Fala sério né!

  • 3 eleitor // out 27, 2010 at 7:08 AM

    o e. t. é irmão do saci perere lobisomen, mula sem cabeça (prefeito) e outros bixos mais.

  • 4 ana // out 26, 2010 at 9:38 PM

    Seria menos feio se deixassem essa história quieta.. como estava.. kkkkkkkkkkk

  • 5 IN OFF // out 26, 2010 at 7:22 PM

    Eu hein!!!!

  • 6 Cont(ato) // out 26, 2010 at 6:20 PM

    Parabéns Bernardo, você escreveu em poucas palavras a verdade, a lenda, o mito… e Varginha é isso.

  • 7 Bernardo // out 26, 2010 at 3:36 PM

    O Et é de Varginha

    O ET de Varginha é um fenômeno do boato popular. Uma prosa mineira que voou o mundo. O que é fantástico. Trouxe para a cidade gente séria e nem tanto . Contou com a televisão faminta de audiência. E com uma das maiores interrogações da humanidade; a de que se existe ou não vida extraterrestre.

    O ET de Varginha é uma lenda urbana como várias outras conhecidas nas escolas, nos contos infantis e principalmente por adolescentes de todo mundo. São eles quem mais recebem diariamente produtos áudios-visuais repletos de fantasia. De Gerra nas Estrelas, de George Lucas, ao Curupira e Saci Pererê do Folclore brasileiro – tão bem apropriado por Monteiro Lobato.

    Quem nunca foi levado pela imaginação a sentir medo? Quem nunca ouviu uma história com “o pé atrás”, mas ao mesmo tempo ficou impressionado pela quantidade de argumentos apresentados pelo narrador? No caso: Um terreno baldio. O imaginário de três adolescentes. Uma movimentação estranha do exército brasileiro (da cidade vizinha, Três Corações.) A morte de um militar. A curiosidade popular e o medo dentre outros. A fábula do ET é uma confluência de fatores fundamentais para criação de um mito. Entre eles a falta de saber veemente do brasileiro.

    Quase quinze anos depois, argumentos antigos sobre a lenda de Varginha são contestados por muitos que viveram aquele dia de tempestade – e até isso foi motivo de comentário e entrou no roteiro.

    O fato é que Varginha teve a capacidade de criar um personagem espontâneo que nunca deixará de ser notícia. O que é extraordinário do ponto de vista dos marketeiros.

    Sempre na história desse país vão surgir casos como esSe, mas nenhum terá tanto sucesso como o ET de Varginha. Que só ganhou esse nome porque ele é daqui.

Deixe um Comentário