Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Palestra sobre DST/Aids

setembro 3rd, 2010 · 17 Comentários

O Grupo Gay de Varginha (GGV) realiza hoje (3), às 19h30, palestra sobre DST/Aids. Será no auditório da Policlínica Central. Também haverá a I Mostra de Vídeos Temáticos LGBTT. A palestra e mostra integram a programação pelo I Final de Semana da Diversidade Sexual e II Parada LGBTT de Varginha.

Na noite de ontem o GGV homenageou várias pessoas que contribuem com o movimento, combatendo a discriminação e preconceito. Entre os homenageados, o prefeito Eduardo Carvalho, os vereadores Adilson Rosa, Leonardo Ciacci e Vérdi Lúcio Melo, bombeiros, imprensa e os organizadores da Parada do Orgulho Gay, que será realizada neste domingo (5), na praça Getúlio Vargas e avenida Rio Branco, a partir do meio-dia.

Tags: Geral

17 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Virtual dos Blogueiros // set 8, 2010 at 12:46 PM

    gostei da materia

  • 2 claudio // set 7, 2010 at 9:32 PM

    Como cristão, respeito as pessoas que
    desvertuaram para um outro rumo, mas não é digno de um movimento de um determinado grupo querer reevendicar e querer cousas que pleno direito já possui como outros grupos. O que me entristesse é ver um movimento que afronta varios principios éticos de uma sociedade civilizado, homens desvirtuado semi nu em cima de um triu eletrico em plena via pública no centro da cidade. Sinto diz, mas é horroroso ver todo esse comportamento humano, sendo presenciado por algumas familias que não fazerm parte do movimento. Como já disse não sou contra o movimento, porém deve ser discreto, existem outros lugares que eles ou elas podem se estravazar.

  • 3 Fabiano // set 7, 2010 at 12:15 PM

    pode ser safadesa, mas é constitucional e ai de quem tomar providencias quanto a carinhos e livre expressão

  • 4 super homem // set 6, 2010 at 7:09 PM

    É brincadeira num mundo em que devemos aprender com o Cristo que é ser irmão e aceitarmos todos indiferente de raça, credo, cor e orientação sexual , vemos hipocritas falando com um baita preconceito, com certeza quem fala ja experimentou a questao homossexual e deve ter doido, pois nao gostaram, me perdoem amigo , mas para ser gay primeiro é preciso ser um macho , ou seja um super homem, para aguentar tanto preconceito!!!!!!
    tamos no seculo XXI!!

  • 5 carlos augusto // set 6, 2010 at 2:28 PM

    O Zezito falou certo, quem quer ser respeitado tem que se dar o respeito, Via publica é para cidadãos (todos).

  • 6 Rone // set 6, 2010 at 10:00 AM

    Não tenho nada contra os viados da cidade, mas isso que aconteceu domingo é uma pouca vergonha, ridículo e lamentável. Homem beijando homem e mulher beijando mulher em via publíca é safadesa.

  • 7 Zezito // set 4, 2010 at 10:57 AM

    Sou homossexual e apoio toda manifestação séria contra o preconceito, respeito e não discrimino ninguém, mas confesso ter minhas ressalvas sobre a influência positiva das paradas gays. O movimento que deveria conscientizar as pessoas de que homossexualismo não é doença e nem desvio de caráter se transformou numa farra. Não sei como iremos dissipar o preconceito se na maioria das vezes agimos com profundo desrespeito. Sei que muitos ao lerem este meu comentário irão me tachar de mal resolvido; enrrustido ou de outros adjetivos do gênero, mas esta é minha opinião. O caminho para dissipar o preconceito é a EDUCAÇÃO. Pessoas cultas, são mais instruídas e portanto mais conscientes. Promover cenas de intimidade em público: beijos; carícias e afagos não imuniza ninguém do preconceito. Ser homossexual não obriga ninguém a agir diferente.
    Pronto falei!!!

  • 8 Cher // set 4, 2010 at 8:36 AM

    Desnecessária! Até porque Gay sucedido não precisa disso! Só serve para quem precisa se auto afirmar que só é uma merda porque é gay. SER GAY NAO É PROFISSAO GENTE, VAI CAÇAR UM TRABALHO!

  • 9 José Leonel // set 4, 2010 at 1:54 AM

    Realmente, Varginha é uma cidade preconceituosa e provinciana, apesar do seu propalado desenvolvimento, ser matéria da Veja, cidade polo e etc.

  • 10 Preconceito?! // set 4, 2010 at 1:14 AM

    Indignação é a única palavra que encontro para descrever o que sinto como pessoas preconceituosas. Pessoas assim vivem presas a dogmas e são incapazes de perceber algo que vá além de si mesmas. O movimento gay é importantíssimo já que acaba por conscientizar e sensiblizar a sociedade (principalmente em uma sociedade conservadora como a varginhense). Tal movimento não deve ter apenas atenção deve ter toda a atenção. Não é possível que a falta de conhecimento em uma das cidades que mais desponta no sul de minas seja tamanha! Por favor parem de investir em carros, casas, roupas, cabelos e lipos (porque a feiura não acaba só se disfarça e sem muito êxito e bens materiais não se levam para o caixão), estudem, estudem, estudem e percebam o tamanho do equivoco do preconceito atual. Invistam na educação de seus filhos para que a sociedade evolua.
    Para os preconceituosos; estes terão que conviver com esta opinão, assim como eu tenho que conviver com a deles, mas ao contrário percebo o quanto é importante opinões divergentes, pois sempre haverá confronto e sempre se achará um ponto de equilibrio.

  • 11 Roque // set 3, 2010 at 8:59 PM

    Lamentavel é tamanha ignorancia

  • 12 PAULO // set 3, 2010 at 8:28 PM

    CONCORDO COM O JOHNNY. HOMOMOSSEXUALIDADE NÃO É DOENÇA. SEGUNDO A BÍBLIA É PECADO. O QUE EU NÃO CONCORDO É QUE PREFEITOS, VEREADORES E BOMBEIROS ESTEJAM APLICANDO DINHEIRO PUBLICO, IPTU, TAXA DE INCENDIO PARA LEGITIMAR TAIS MOVIMENTOS.

  • 13 Roque // set 3, 2010 at 8:04 PM

    Infeliz comentario do Marcos. Vivemos num mundo onde nao temos como fugir a diversidade. Necessario conviver entendendo,compreendendo os direitos de cada um ,sem desprezar a opção escolhida. Pouca vergonha é em pleno seculo 21 termos pessoas de tamanha ignorancia,mal instruidas e psicologicamente as vezes ate enrustidas.Usando armas preconceituosas para se auto afirmar.

  • 14 andré canelinha // set 3, 2010 at 7:33 PM

    adogay a iniciativa!

  • 15 Meu nome não é Johnny // set 3, 2010 at 7:00 PM

    Não tenho nada contra o movimento gay. Acredito que ele é, ao mesmo tempo, necessário e dispensável.
    Dispensável porque, ao realizar um evento como esse, cria-se uma espécie de preconceito contra quem não é gay ou simpatizante (ou de estigmatizar a parada gay, criando a figura da bicha alegre, cheia de adereços, atração de circo).
    Mas antes de tudo é realmente necessário, porque é através de eventos como esse que a sociedade vai entender que homossexualidade não é doença.
    Parabéns aos organizadores pela coragem de realizar a parada gay, principalmente em uma cidade tão preconceituosa e provinciana como Varginha!

  • 16 ..... // set 3, 2010 at 5:50 PM

    Marcos, lamentável é ver comentário igual ao seu.. Parabéns aos vereadores e ao prefeito que apoiam palestras deste tipo. Prevenção é essencial para melhoria da saúde e reduz os gastos públicos.

  • 17 Marcos // set 3, 2010 at 3:38 PM

    Pouca vergonha!!!!!!
    E ainda dão atenção para isto. Lamentavel.

Deixe um Comentário