Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Representantes de sindicatos se reúnem em convenção coletiva de trabalho

agosto 18th, 2010 · 5 Comentários

Presidentes de Sindicatos dos Produtores Rurais e de Sindicatos dos Trabalhadores Rurais se reuniram nesta quarta-feira (18) na Delegacia Regional Do Trabalho de Minas Gerais, em Varginha, para tratarem da convenção coletiva de trabalho. Os representantes dos trabalhadores reivindicam reajuste de cerca de 15%. Em contraproposta, os produtores querem manter o salário mínimo vigente, R$ 510. Já as causas sociais devem ser negociadas baseadas na última convenção.

Arnaldo Bottrel Reis, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Varginha, concorda que os representantes dos trabalhadores realmente têm que defender sua classe, mas as propostas devem ser dentro da realidade para dar andamento ao processo. “É preciso ser flexível para avançar. Nos deparamos com a Norma Regulamentadora Número 31 –NR31 – e a Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT – que precisam ser analisadas e discutidas para chegarmos a um equilíbrio”.

Paulo Azevedo também é a favor de adequações das leis do trabalho. Henrique Shapper, assessor jurídico da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais – Faemg, completa que os produtores rurais enfrentam uma condição atípica da cafeicultura: problema financeiro significativo. “Tendo em vista esta situação, a primeira reação é realmente negativa. É necessário propor reajuste possível: 30% não tem condições. 4 ou 5% já é mais negociável”.

Paulo Sebastião, coordenador dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais do Sul de Minas, apresenta que a necessidade rural está acima da convenção coletiva: há problemas sociais e econômicos. “Se continuar prevalecendo o individual, onde o objetivo é explorar o trabalhador cada vez mais, os bancos, vendedores, fornecedores e atravessadores são quem se beneficiarão. Não se trata de inimigos. Precisamos do mínimo de organização para beneficiar o meio rural. Queremos avançar além do mínimo que já é garantido pela União”.

Carlos Motta, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Conceição do Rio Verde, esclarece que em relação à questão econômica, a decisão é a de manter a remuneração de um salário-mínimo. Entretanto, aguarda propostas para negociar a parte social.

No início da reunião, representantes dos trabalhadores rurais reivindicavam reajuste salarial de 30%. Mas por unanimidade, os presidentes dos Sindicatos dos Produtores Rurais não aceitaram. O delegado regional do trabalho, Paulo Azevedo, considerou necessária uma reunião entre as partes. Em seguida foi apresentada a contraproposta dos representantes dos trabalhadores: aumento de 15% sobre o salário-mínimo atual.

Azevedo então marcou nova reunião para o dia oito de setembro, na sede do Ministério do Trabalho e Emprego, em Varginha. Segundo ele, a convenção coletiva de trabalho é de suma importância, uma vez que mantém o diálogo entre empregados e empregadores. Desde 2008 não há negociações. (Assessoria de Imprensa)

Tags: Café

5 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Artur Queiroz de Sousa // nov 28, 2010 at 8:40 AM

    Acordo Coletivo é o termo, portanto nada de ofensas pessoais, generosidade gera generosidade. Somos adultos e responsáveis. Sabemos que os reajustes do salário mínimo já está acima da inflação, portanto nada de injusto mantê-lo no acordo, sobretudo sabendo que a cafeicultura de montanha é a que mais emprega, e que encontra-se em dificuldades financeiras, por mais de dez anos. Tenham a certeza que com o diálogo, e esperando uma reforma trabalhista em breve teremos mais chancer de avançar neste sentido.

  • 2 Vga // set 9, 2010 at 11:09 AM

    Feudalismo do seculo 21

  • 3 IN OFF // ago 19, 2010 at 9:41 PM

    Tenho uma pequena área rural. Gostei vou participar da reunião!!!
    Eu hein!!

  • 4 Tião Macalé // ago 19, 2010 at 1:11 PM

    Produtor só explora os coitados!

    Bando de atoa são os produtores! Vejam o comentário do tal Mellis de Paiva. Comentário infeliz de um burguês recalcado!

  • 5 Mellis De Paiva // ago 19, 2010 at 12:30 PM

    Ainda bem que temos o Arnaldo para nos representar bem diante dos trabalhadores rurais,que,na maioria so sabem pedir aumento,mas trabalhar que e bom…

Deixe um Comentário