Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

O Brasil na Copa

junho 15th, 2010 · 1 Comentário

Muita gente, mas muita gente, está criticando o técnico da seleção brasileira. Li um depoimento do diretor do diário argentino Olé, Ricardo Roa. Ele disse que “ainda que vocês, brasileiros, não gostem do estilo de Dunga, nós argentinos, tiramos o chapéu para ele”. Em seguida, o jornalista argentino derrama um balde de elogios a Dunga. Diz que o técnico conseguiu imprimir disciplina e ordem na seleção. E está certo.
Programas internacionais de televisão, como o Ciência do Gol e Generais da Bola, destacaram os melhores atletas e técnicos de futebol do mundo. Só deu Brasil.
Nós temos que acabar com o complexo de vira-lata. Tá certo que todos os brasileiros também somos técnicos de futebol. Mas temos que valorizar o que é nosso. Isso é mais comum do que a gente imagina, em empresas, no dia-a-dia. É mais fácil mostrar o vizinho em vez de reconhecer o próprio trabalho.
Tomara que Dunga esteja no caminho certo e que o Brasil ganhe. Ou vou perder uma aposta que eu fiz ontem à noite.

Tags: Blog na Copa 2010

1 Resposta Até Agora ↓

  • 1 BAADER MEINHOF // jun 16, 2010 at 8:59 AM

    O Dunga acabou com a baderna na seleção. A imprensa reclama, pq ele acabou com as regalias principalmente da REDE GLOBO (que manda neste país) com as suas EXCLUSIVAS.

    Em 3 anos e meio a frente da seleção, ganhou TUDO que disputou (Copa América / Confederações), foi o primeiro na classificação para a COPA (eliminatórias) e ATÉ venceu a ARGENTINA LÁ DENTRO, em Rosário.
    E tem brasileiro que ainda reclama.

    É exatamente isso que devemos aprender a fazer: VALORIZAR e RESPEITAR o que é nosso. O RONALDO FENÔMENO esses dias mesmo disse isso: no Brasil, o ídolo não é valorizado, não existe respeito. E, fora daqui, é tapete vermelho pra ele, por onde quer que ele passe.

    Dunga tem bom senso, é experiente no futebol, vencedor; conseguiu fazer o jogador brasileiro ter respeito e querer jogar na seleção novamente (jogar PELA seleção e não por interesses próprios); mostrou que a amarelinha é mundialmente respeitada. Além disso, é corajoso, arrancou jogadores que se escalavam, como o Ronaldinho Gaúcho (que, apesar de craque, abandonou a carreira há uns 3 anos atrás). Apostou em quem tem comprometimento. Em 2006, torci CONTRA a seleção; hoje, sou fanático pelo time novamente. MAIOR SELEÇÃO DE FUTEBOL DO PLANETA. O MANTO AMARELO PESA…

Deixe um Comentário