Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Curso de Xadrez – Aula 2 – Considerações Gerais

maio 19th, 2010 · 2 Comentários

O enxadrista Gilmar Machado dá aulas gratuitas de xadrez no Jornal Folha de Varginha e Blog do Madeira. Acompanhe.

     

                          O jogo de xadrez é jogado entre dois adversários, que movimentam peças num tabuleiro quadrado chamado ‘tabuleiro de xadrez’, que se divide em duas alas: do lado direito a ala do rei e do lado esquerdo a ala da dama. 

                    O jogador com as peças brancas começa o jogo. Diz-se ser ‘a vez’ do jogador, quando seu adversário completou um lance. Nos casos de partidas jogadas com relógio o lance se completa com o acionamento do tempo adversário.  Relógio digital de xadrez.

                    Uma partida se divide em três fases: Abertura, meio jogo e final, na abertura os jogadores deverão desenvolver suas peças de forma a proteger seu rei e preparar para o ataque, no meio jogo as peças dos jogadores se posicionarão sempre voltadas para o centro do tabuleiro visando iniciar o ataque ao rei adversário e no final é definido o vencedor ou aquele que primeiro conseguiu invadir definitivamente o “terreno” adversário. 

                           O objetivo de cada jogador é colocar o rei adversário ‘sob ataque’, de tal forma que o adversário não tenha lance legal a evitar a ‘captura’ de seu rei no lance seguinte. O jogador que alcançar tal objetivo ganhou a partida e diz-se, deu “Xeque                 mate” no adversário. 

                     Caso o ataque ao rei adversário possa ser defendido, diz-se que o rei está apenas em “Xeque” isso implica dizer que necessariamente o próximo lance será sair do xeque, quer seja capturando a peça que ataca ou obstruindo com outra peça a linha de ataque.

                      A partida pode terminar sem o xeque mate, quando:

o          Um dos jogadores verificando sua inferioridade material a abandona;

o          Quando os contendores acordam em empatar verificando um perfeito equilíbrio material;

o          Quando há repetição da posição por três lances (consecutivos ou não),

o          Quando o jogador que tem a vez de jogar, possuindo apenas o rei para se movimentar não possui lance que não o coloque em ataque, (chamado empate por afogamento)

o          Quando os jogadores trocam todas as peças de modo a permanecer no tabuleiro apenas os reis, únicas peças que não são capturadas, então a partida empata por falta de material para dar xeque mate.

o          Ou ainda quando uma das setas do relógio cai, ou seja, o jogador perde pelo tempo.

           

                      Em cada lance efetuado, somente se movimenta uma peça, exceto com relação ao roque, que visa proteção do rei e é realizado movimentando o rei e a torre, é também o único caso em que o rei andará duas casas, pois seu movimento natural é de apenas uma casa, conforme veremos quando falarmos sobre os movimentos das peças. Para rocar o jogador não pode ter movimentado seu rei, nem pode estar em xeque.

O símbolo do roque nas anotações das partidas é “O-O”  para o roque pequeno (ala do rei) e “O-O-O” para o roque grande (ala da dama).

                        Continuaremos na próxima semana

                        Em Varginha, o local de encontro dos enxadristas é o Clube Varginhense de Xadrez, que funciona na sede do Varginha Tênis Clube – VTC, abrindo diariamente da 19:00 h às 22:00 h.

Tags: Geral

2 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Maria Olivia Mentzingen dos Santos // ago 31, 2010 at 11:58 PM

    Poderia receber por e-mail estas aulas do Blog do Madeira? Agradeceria uma resposta. Obrigada. Maria Olivia

  • 2 Maria Olivia Mentzingen dos Santos // ago 31, 2010 at 11:56 PM

    Gostaria de saber se é possivel receber atraves de e-mail, essas aulas publicadas no JORNAL FOLHA DE VARGINHA? nao consigo imprimi-las na minha impressora. Obrigada por esta informação. Maria Olivia

Deixe um Comentário