Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Greve na rede estadual

abril 8th, 2010 · 62 Comentários

Professores da rede estadual iniciaram hoje uma greve branca. Eles reivindicam aumento salarial. As escolas Dr. Wladmir de Rezende Pinto (Polivalente) e Pedro de Alcântara (Bom Pastor) entraram parcialmente em greve nesta quinta. Leitora disse que o salário-base de parte do professorado está abaixo do salário mínimo.

Tags: Geral

62 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Tatiana // jul 9, 2010 at 8:43 PM

    É pessoas como o Marcos que faz nosso país de mal a pior mal aprendeu a ler e já acha que fez faculdade.É por isso que existe muitos Brunos.

  • 2 NORD // abr 15, 2010 at 9:15 AM

    MARCOS, PELO AMOR DE DEUS CARA, PARE DE UMA VEZ POR TODAS DE POSTAR QUALQUER COMENTÁRIO AQUI MEU AMIGO, PORQUE DAQUI A POUCO VOCE TERÁ UMA SURPRESA NA SUA VIDA REAL… POIS É MUITO FÁCIL FALAR NA VIDA VIRTUAL. QUERIA VER SE VOCE TERIA A CORAGEM DE FALAR ISSO NA CARA DE UM PROFESSOR, QUE DEVE RALAR PRA ENSINAR SEU FILHO (SE É QUE VC TEM UM), E QUE DEVE SER UM MAL-EDUCADO IGUAL AO PAI. SE LIGA! VÁ PESQUISAR SOBRE A SITUAÇÃO PRIMEIRO ANTES DE POSTAR QUALQUER UM DESSES COMENTÁRIOS IDIOTAS…

  • 3 JAC // abr 13, 2010 at 5:31 PM

    Também estou ansiosa pra saber qual é sua profissão, Marcos.

    Adorei o post do “aluno”. Pena que retrata uma realidade cruel! Dia de corrigir trabalhos e provas deles sofro muito porque escrevem cada absurdo…
    Mas como melhorar isto se nem sequer temos condições de xerocar textos para trabalhar com eles???

    Quanto ao “vale transporte” é isto mesmo, viu? A gente trabalha 20 dias letivos por mês em média e ganha 15,00 reais de vale transporte, ou seja, a melhor opção é ir a pé pra escola, porque se acaso tiver um carro, corre o risco de ele ser “arranhado” pelos alunos se não gostarem de vc ou forem mal nas provas…

  • 4 BAADER MEINHOF // abr 13, 2010 at 4:20 PM

    Joao Silva, vc é um muleque. Me fala um Estado deste país constituído por ****** como o senhor em que a realidade do professor é diferente…
    Seu muleque…

  • 5 Joao Silva // abr 13, 2010 at 9:34 AM

    Realmente um absurdo o salário de um professor na rede estadual, é o menor do país.
    É triste morar em um Estado que não dá valor ao professor, mas podemos mudar isso nas próximas eleições.

  • 6 Professor??? // abr 13, 2010 at 8:35 AM

    Ai da vontade de rir, kkkkk, está greve de dias é um absurdoooooo, DEVERIAM PARAR É ANOSSSSSS, pois o que o professor ganha realmente nem deve dar a digna palavra de professor, pois tão desvalorisado está esta classe.
    Estes dias ri de um professor que me disse que ao vir seu contracheque havia de ter recebido apenas 12,00 reais de vale transporte, ai pensei. Cara que mentira! Enfim, pensei deve ser algum desconto para que o mesmo possa usufluir dos ônibus. Caracaaaaaaaaaaa, me assustei, é mesmo gente é 12,00 para ele pegar o ônibus, enfim, nem anda de ônibus. Vai a pé pro serviço. Tantos dias vi meus professores andar a pé, ser assaltado pelo caminho,m não ter segurança, não ter dinheiro para um lanche, pagar a educação dos filhos que acaba com seu sálario. Viver com o pouco que tem. Genteeeee pegue um contracheque de um professor, veja ali e vai notar que o base é menor que o sálario mínimooooooooooooooooo é um absurdooooo, eu VI e sou prova disso. Enfim, o total que eles ganham incluem é o que eles tem, formação, pós graduação, mestrado etc… Ai falam que ganham muito. Mas é mentiraaaaaaaaaaaa. Poxa, a educação, a sabedoria, começa quando dividem com a gente o pouco que sabem e o que tem por direito. Aqueles comercias da TV, uma slaa com 12 alunos, uma professora bem vestida, onde cada uluno tem seu laptop, onde aquilo em MG tem?????????????? Onde? é bom a gente refletir sobre isso, e saber que os nossos professores participam de uma vida a qual hoje nos temos! Parabéns mestre! Reconheço o seu valor e apoio as suas decisões.

  • 7 aluno // abr 12, 2010 at 9:29 PM

    o encino no brazil é pecimo………………..

  • 8 Maria Aparecida // abr 12, 2010 at 8:54 PM

    ESPECIALMENTE PARA MARCOS:
    Por favor, me responda?
    Onde você trabalha? Qual é o seu salário? E por favor qual é a sua formação acadêmica?
    Aguardo ansiosa a sua resposta.

  • 9 Marielle Marques // abr 12, 2010 at 7:37 PM

    O Paixão continua bravo com o PSDB, mesmo mudando de apelido….Tambem não tá trabalhando na prefeitura né?

  • 10 TONELADA // abr 12, 2010 at 6:06 PM

    Esse marcos, pobre coitado “no sentido exato da palavra” (vai ver no dicionário marcos pois tenho certeza de q vc não sabe mesmo) não merece resposta.É um complexado, deve ser xifrudo ou coisa parecida pois ter raiva de tudo e de todos. Só ele – acha – que presta nesse mundo.
    PROFESSORES, estou e sempre estarei com voces pois, se sou o que sou hoje, aprende nas carteiras das escolas – públicas – que, na minha época eram VALORIZADAS e os professores BEM PAGOS. Essa turma de TUCANOS foram todos estudantes de colégios particulares no ensino básico e se formaram nas FACULDADES PÚBLICAS, desse país que, pouco a pouco, som homens e mulheres sérios(as) como LULA, DILMA RUSSEF – nossa futura presidente – Fernando HADDAD, Patrus Ananias, Mantega, etc, estão colocando no rumo certo. Não é de um dia pra outro que se conserta tantos erros desses tucanos incompetentes e de 25 anos de ditadura de militares boçais que nos governaram sem que, sequer, pudessemos reclamar – Dilma foi torturada porque não ficou calada.
    Quanto ao Sr. BAADDER – comentário 46 – não deixa de ser um mal informado. Prefeitos, governadores e Presidente recebem um mandato do povo e não têm hora para começar e encerrar seus expedientes.
    O Corujinha, p e, chega + – as 7 e não tem hora de ir embora. As solenidades, reuniões, viagens, congressos, etc, de que participa fazem parte de suas ATRIBUIÇÕES. Tenho certeza que que o sr. BAADER não tem idéia de quanto ganha o Prefeito de Varginha. Pra seu governo, ganha menos que o de Ekói Mendes e tantas outras cidades de menor porte que a nossa.

  • 11 luciano // abr 12, 2010 at 5:47 PM

    Olá galera adorei o Blog muito Bom mesmo, depois dá uma olhadinha em meu site:

    http://www.cliquesexshop.com.br

  • 12 marcos // abr 12, 2010 at 8:46 AM

    Ja falei aqui e repito a vc professores, se estão insatisfeitos vão trabahar de serviços gerais ou gari pra vcs verem o que é ralar.
    bando de morcegos e chorões. levantem as mãos pro ceu e agradeçam de trabalharem para o governo, onde fazem o que bem querem e não são demitidos

  • 13 Professor // abr 12, 2010 at 8:27 AM

    errata
    …Gostaria que você fosse até lá….

  • 14 Professor // abr 12, 2010 at 8:26 AM

    Está aconcetendo agora uma assembléia no sindicato dos prefessores de Varginha. Gostaria que você até lá para nos dar uma atenção. Já que os outros meios de comunicação estão limitados ou sem vontade. Obrigado.

  • 15 FATO // abr 12, 2010 at 1:57 AM

    Com aulas o ensino já e maravilhoso, sem então…
    Férias ^^

  • 16 Lord Arthas // abr 11, 2010 at 7:18 PM

    tem que ser só um pouquinho esperto para perceber para onde está uma graaaande parte do dinheiro do governo de minas e não me refiro ao bolso dos nossos políticos, é só ligar a TV por algumas horas e contar quantos comerciais enganosos do governo de minas passam

    e concordo com muitos acima, pois muita gente ai acha q só si próprio é que merece ter um bom salário para os outros que se danem, hoje em dia os valores estão todos invertidos mesmo, os professores que são a base para o desenvolvimento do país sendo desvalorizados desse jeito, tenho conhecidos que são professores aposentados e pasmem estão recebendo menos de 1 sálario mínimo do governo do estado, eh e tem gente que ainda acha que as coisas estão mil maravilhas, nós não sabemos de mais coisas pois a imprensa mineira é comprada pelo governo o que eu considero o mesmo que censura, é a ditadura se foi mas ainda deixou algumas raizes

  • 17 BAADER MEINHOF // abr 11, 2010 at 5:44 PM

    Engraçado, prefeitos, por exemplo, não fazem greve. Também, pudera, NÃO TRABALHAM, NÃO CUMPREM HORÁRIO E AINDA ASSIM, GANHAM MUITO BEM, assim como os políticos em geral…
    Agora, um professor que na verdade é a base de todo país decente, ao requerer melhores condições, ainda tem que ouvir um bando de boçais falando tanta besteira, mas tanta besteira, que podemos facilmente relacionar toda essa bobagen dita ao nível educação de cada um destes…
    Malditos sejam todos vcs asnos. Se bandidos nos governam, é devido a existência de gentinha como vcs…

  • 18 JAC // abr 11, 2010 at 11:37 AM

    Pois é, a polêmica toda parece ser o merecimento ou não de um salário digno por parte dos professores, mas há muito mais a se discutir quando se fala em educação de qualidade do que isto! Quem sabe esta greve, se realmente for bem feita, sirva de alerta para a população voltar a apoiar a escola e exigir, junto com os professores, melhores condições de ensino para seus filhos? Afinal o que temos nas escolas hoje é pouquíssimo apoio da comunidade e quando necessitamos da presença dos pais nas reuniões ou mesmo pra resolver problemas específicos de algum aluno, poucos estão presentes…Talvez por isto desconheçam a realidade de nossa luta diária como professores!

  • 19 Professora K // abr 10, 2010 at 11:18 PM

    Os pais deveriam nos agradecer, por lutarmos sozinhos ,para encaminhar crianças muita vezes totalmente perdidas. A GREVE CONTINUA!

  • 20 VC // abr 10, 2010 at 9:25 PM

    Ô Marcos, se você quiser estudar comigo um dia, 50 minutinhos são R$ 30,00!!! Isso na baixa temporada, pois na alta temporada, quero dizer, final do ano, eu cobro de acordo com o bairro que o cara mora, e o mínimo é cinquentinha, é pegar ou largar, ou continuar burro mesmo!!!

  • 21 VC // abr 10, 2010 at 9:19 PM

    “Sem professor o Brasil para”.

    Professor bem pago = professor motivado = professor preparado = presídio vazio.

    Vai aí o valor de minha aula particular: R$ 30,00. Quem quiser professor bom tem que pagar e pagar caro!

  • 22 carlos augusto // abr 10, 2010 at 7:50 PM

    aguentar aqueles aborrecentes numa sala de aula durante 4 hs. num deve ser facil.

  • 23 Mary Help // abr 10, 2010 at 2:57 PM

    Marcos idiota…que dor de cotovelo é essa? è inveja dos professores e servidores?
    Vai te catar…

  • 24 cont(ato) // abr 10, 2010 at 2:47 PM

    Palmas para a Professora F – CJ. Parabéns pelos comentários.

  • 25 Luis Carlos // abr 10, 2010 at 2:27 PM

    Demorou a greve, não sou professor mas aguentar 40 alunos dentro de sala de aula, estudar a vida toda , pagar faculdades e curso e ganhar menos de 2 salarios, que isso……….. sem noçãooooo;;;;;;;;;;;;; isso é vergonhoso pra um estado que quando ligo a tv vejo la…. segurança pública mulhares de policiais felizes com salario, vejo la medicos e hospitais, felizes enfim uma coisa q tenta ser lavagem celebral…… concordo mesmo……….. se a PF que ganha nem sei quanto entra em grave, a policia militar que um soldado ganha duas vezes mais e nem curso superior necessita, os funcionarios de hospitais que ganham miséria. e a propaganda q esta TUDO bem.. revoltante……… como cobrar um ensino de qualidade se um professor não conseque o basico………. convardes e invejosos esses ordinarios ai q dizem q essa classe é reconhecida…… q trab 4 hs e o que fazem em casa.. será q nao precisa corrigir tarefas, preparar aulas, capacitar…. ha!!! vai se fxxxxx todos vcs q é contra……. VAI FICAR INDIGNADOS COM OS VEREADORES DE VGA Q TRAB O MINIMO E GANHAM O MAXIMO AI SIMMMMMMMMMMMMMM………… SEM PALAVRAS,,,,,, FAZIA TEMPO Q NEM ENTRAVA NO BROG MAS TO VENDO Q AQUI ME …………………. QUE PAIS É ESSE……… POPULAÇÃO TEM O REI Q MERECE;;;;;;;;

  • 26 Professora F -CJ // abr 10, 2010 at 12:59 PM

    E Sr. Marcos, quer saber??? Tinha lido apenas um post seu e isso já me revoltou….agora que li os outros, pude perceber que o sr. é um analfabeto de pai e mãe….nem sabe o que é ter um professor na vida. (escreve mal demais, coitado). Nem sei pq dei pérolas a porcos!!!!! Seus comentários nem contam.

  • 27 Professora F -CJ // abr 10, 2010 at 12:48 PM

    Ao post do Sr. Marcos.

    Não podemos fazer da exceção uma regra…concordo que alguns professores não fazem nada, estes sim ganham até demais e não justificaria aderir a greve. MAS EU, PROFESSORA DE VERDADE, COMPROMETIDA COM O ENSINO DOS MEUS ALUNOS, ESTOU SEMPRE EM FORMAÇÃO CONTINUADA PRA NÃO ME TORNAR UM ET NA VISÃO DOS ALUNOS E MELHORAR SEMPRE MEU DESEMPENHO (essa formação, quem banca sou eu), admito, com categoria que tenho um salário que é um lixo. Enquanto mtos estavam curtindo a vida, eu passei longos anos numa Escola de Formação Superior, estudei muito, não menos que um advogado, um médico, um engenheiro, etc e tal…..e pq não somos valorizados???
    “Creio que qdo estamos em silêncio, não conseguimos manifestar os nossos sentimentos e descontamento e se a população que está tão próxima não reconhece o nosso valor, será que o Governo está preocupado?!
    Ah Senhor Marcos, me poupe!!!!!

  • 28 JAC // abr 10, 2010 at 11:35 AM

    Professora (comentário 18), faço minhas as suas palavras de defesa da classe. Veja meu exemplo: sou formada com curso superior em uma das melhores faculdades do país em minha área, tenho 2 pós-graduações e não me faltaram oportunidades para trabalhar em outras áreas, mas optei pela educação pública, onde iniciei como efetiva no concurso de 2002. Dias atrás, por curiosidade, peguei meus contracheques e fiz um comparativo do meu salário básico e do total também, com o salário mínimo vigente em cada ano desde então. Fiquei surpresa ao perceber o quanto somos desvalorizados, pois constatei que o salário-base em média nunca foi superior a 1,5 x o mínimo e considerando os adicionais, o salário total não chegou nunca a ser o dobro do mínimo. Concluí então que só sobrevivi dignamente este período todo porque tenho um estilo de vida mais simples e não me preocupo só em comprar batons ou coisas do gênero, como alguém disse aí…Além da desvalorização financeira, temos que considerar também a desvalorização relacionada as condições de trabalho, pois apesar de se reconhecer a importância da profissão para a formação humanitária de uma nação, na prática diária esbarramos com problemas variados e falta de materiais que não nos permitem exercer nossa função adequadamente, daí a péssima qualidade do ensino e consequentemente a péssima sociedade que estamos “deformando”…

  • 29 JAC // abr 10, 2010 at 11:21 AM

    Marcos, os alunos realmente serão prejudicados com esta greve, mas a realidade é que os prejuízos já estão ocorrendo faz tempo pois quando um professor entra de licença, não está tendo substituto. Há uma dificuldade real de contratação de substitutos para qualquer disciplina pois não se encontra mais quem queira lecionar, pelos baixos salários e pela péssima condição de enfrentar uma sala de aula lotada de alunos, muitas vezes mal educados e violentos…Nestes casos o governo tem contratado até professores de outras áreas ou que ainda não se formaram em faculdade e que não dominam conteúdo e nem tem autoridade para manter a disciplina em sala de aula.

  • 30 JAC // abr 10, 2010 at 11:15 AM

    Alguns erros, por distração:

    onde se lê “deixar”, quis dizer “deixam”,
    onde se lê “uma bom”, quis dizer “um bom”,
    onde se lê “melhorais”, quis dizer “melhorias”.

    Melhor corrigir pra não dizerem aí que professor não sabe nem escrever direito, apesar de existir os que realmente tem esta dificuldade!

  • 31 JAC // abr 10, 2010 at 11:09 AM

    Respondendo ao Paulo: R$ 800,00 por 4 horas na escola, mais muitas outras horas em casa corrigindo trabalhos, preparando aulas, participando de reuniões pedagógicas, etc…3 meses de férias por ano, considerando que a profissão de professor é uma das mais estressantes atualmente onde somos vítimas diárias de um ambiente com excesso de ruídos e por vezes, até violência e é sempre bom lembrar que neste período de férias escolares os pais ficam ansiosos pelo retorno as aulas, pois nem eles dão conta dos filhos mais…13º salário é direito de todo trabalhador…14º é invenção do atual governo e muitas empresas também adotam este sistema de metas, que não deixar de ser uma bom incentivo à melhorais na qualidade do ensino (na teoria)…recessos e emendar feriados é hábito nacional e não é exclusividade dos professores, todo mundo adora! Feitas estas devidas correções em seus comentários iniciais, sou obrigada a concordar com você na 2ª parte do texto, quando diz sobre a minoria “vocacionada” e é por esta minoria que devemos lutar, para que se torne maioria e tenhamos de fato melhorias na qualidade do ensino. Agora pessoas descompromissadas no serviço público também não é exclusividade da carreira de professor, não é mesmo?

  • 32 professora // abr 10, 2010 at 10:25 AM

    Adorei a fala Lula…sobre a greve dos prof. de SP

    BRASÍLIA – Ao falar no encerramento da Conferência Nacional de Educação(31/03/10), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva atribuiu ontem avanços no ensino brasileiro a greves do magistério – justamente num momento em que o estado de São Paulo, comandado pelo tucano José Serra, enfrenta uma paralisação e protestos de professores organizados por um sindicato ligado ao PT. Lula e o ministro da Educação, Fernando Haddad, defenderam a fixação de um política de remuneração dos professores em todo o país e criticaram os estados que resistem em implantar o piso de R$ 1.024 para a rede pública de educação básica.

    – Por (saber) ouvir é que nós fizemos essa pequena revolução que se iniciou na educação brasileira. E isso se deve ao mérito e à compreensão deste companheiro (Haddad) e da equipe dele, porque um técnico não ganha jogo. Ele precisa de bons jogadores e da torcida organizada, que são os educadores deste país, que vão à luta, que brigam, que exigem, que fazem greve, que negociam, mas que, muitas vezes, não são valorizados – afirmou Lula.
    – Por (saber) ouvir é que nós fizemos essa pequena revolução que se iniciou na educação brasileira. E isso se deve ao mérito e à compreensão deste companheiro (Haddad) e da equipe dele, porque um técnico não ganha jogo. Ele precisa de bons jogadores e da torcida organizada, que são os educadores deste país, que vão à luta, que brigam, que exigem, que fazem greve, que negociam, mas que, muitas vezes, não são valorizados – afirmou Lula.
    Lula criticou os estados que não aceitam o piso salarial dos professores – que vale para uma jornada semanal de 40 horas, sem a exigência de diploma de curso superior. Alguns estados recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF) para evitar o pagamento do piso, que foi considerado constitucional pelos ministros. O piso foi fixado a partir da criação do Fundo de Valorização do Ensino Básico (Fundeb).

    – Eu não me conformo que alguém ache que um piso de R$ 1.020 é alto para uma professora que toma conta dos nossos filhos dentro da sala de aula – disse o presidente. Haddad sugeriu – e Lula concordou – a implantação de uma mesa de negociação de uma política nacional de reajuste do piso salarial, a exemplo do que aconteceu com o salário mínimo. Para o ministro, representantes do governo federal, dos estados, dos municípios, dos trabalhadores em educação e dos empresários devem se reunir para definir normas de aumento do piso nos próximos anos.

    Para Lula, a remuneração dos professores é fundamental para a melhoria da qualidade do ensino. Segundo ele, acabou o sonho de ser professor cantado em música, porque a carreira do magistério foi sucateada nos últimos 30 anos:

    – Não é possível a gente depositar a confiança em um professor ou em uma professora para tomar conta dos nossos filhos, sabendo que, no final do mês, ele não vai levar para casa sequer o suficiente para cuidar da sua própria família.

    No discurso, muito aplaudido por professores e estudantes que participaram da conferência, Lula citou programas de seu governo, como Fundeb, ProUni (que concede bolsas para estudantes carentes nas universidades privadas) e Reuni (programa de investimento nas universidades federais), além da construção de universidades e escolas técnicas. Lembrou que em seu governo foi implantado o programa de qualificação dos professores.

    – A remuneração faz parte da qualidade da educação, não são separadas as duas coisas – disse.

    Lula voltou a dizer que, embora nem ele nem o vice José Alencar tenham diploma de curso superior, seu governo foi o que mais investiu em educação.

  • 33 professora // abr 10, 2010 at 10:05 AM

    Só para informação:
    O valor do piso, que vigora no país desde 1º de janeiro deste ano, segundo a lei 11.738, de 16 de julho de 2008 e entendimento da Advocacia Geral da União (AGU), de dezembro de 2009, é de R$ 1.204.
    Para o sindicato mineiro e outras entidades que representam os professores, no entanto, esse valor deveria ser de R$ 1.312, considerando correções em janeiro de 2009 e no mesmo mês de 2010.
    Ainda de acordo com o sindicato mineiro, professores com formação de nível médio têm piso salarial de R$ 369 no Estado.
    O sindicato disse que faz um levantamento da adesão dos educadores à paralisação nesta sexta-feira. Na quinta-feira, 80% do total de 134 mil professores do Estado participaram da greve, segundo o sindicato.

    Secretaria
    Segundo a Secretaria Estadual de Educação, atualmente, o menor salário dos professores em Minas Gerais é de R$ 850, para jornada de 24 horas semanais.
    Com o reajuste, em maio, esses educadores passam a receber R$ 935. Para a secretaria, esse valor é proporcional ao piso nacional, que é de 40 horas semanais.
    “Ao contrário do que foi divulgado pelo governador (Aécio Neves, PSDB), atualmente temos um teto salarial e não piso salarial. O valor de R$ 935 corresponde ao total da remuneração, ou seja, a um teto salarial. Minas Gerais tem o oitavo pior salário do país. Esta situação é vergonhosa”, disse a coordenadora geral do sindicato, Beatriz Cerqueira, em nota publicada no site do sindicato.

  • 34 IN OFF // abr 9, 2010 at 8:58 PM

    Há tem gente que esta com saudade!!!!
    “Estudiante”!!!
    Ah!!! Mama mia!!!
    Gostei!!!
    Eu hein!!!

  • 35 inacreditavel // abr 9, 2010 at 6:50 PM

    GOSTARIA DE SABER QUEM SÃO OS PROFESSORES QUE TEM TRÊS MESES DE FÉRIAS POR ANO…É MUITO FÁCIL CRITICAR, ESSA PESSOAS QUE FALAM MAL DOS PROFESSORES DEVEM SER UM BANDO DE INCOMPETENTES, NEM 8ª SÉRIE DEVEM TER, ESTUDARAM POUCO POR PURA PREGUIÇA E VÂO CRITICAR QUEM TEM UM NIVEL INTELECTUAL MAIOR… ISSO DÁ PENA…

  • 36 Paulo // abr 9, 2010 at 4:22 PM

    É: Ganhar entorno de R$800,00 por mês, por quando muito 4 hs por dia + 3 meses de férias por ano + “semana do saco cheiro” + recessos escolares + emendar qualquer feriado + férias + 13º + “14º (cumprimento de “metas”)…
    Será que está tão ruim para fazer greve?
    A verdade é que uma minoria (vocacionada) merece ganhar muito mais, mas a grande maioria (que faz do Magistério um bico), não merece salário mínimo: são descompromissadas, alienadas, fingem que dão aulas e cometem um clime de “Lesa Pátria” contra nossas crianças, jovens e adultos. Perpetuadores do “Sistema dominante”. Estes(as) só querem o salário para comprarem o batom no fim do mês.

  • 37 Lina // abr 9, 2010 at 4:07 PM

    Marcos:

    reclamar..
    têm é plural de tem.

  • 38 Lúcius // abr 9, 2010 at 4:00 PM

    Citando Pitágoras
    “….Educar a criança, para não precisar punir o homem…(Biancas e Marcos)….”

  • 39 Beto // abr 9, 2010 at 3:57 PM

    Isso, porque segundo alguns políticos, educação e saúde, são prioridade….

  • 40 Joao Silva // abr 9, 2010 at 3:45 PM

    Como essa Bianca acrescenta o nível do debate…

  • 41 marcos // abr 9, 2010 at 3:28 PM

    Muito boa Bianca!!
    Não mandei ninguém ser professor, e se fez pós, MBA, Mestrado etc… sei que gastou dinheiro, mas foi por que quis.
    Aliás hoje faculdade virou comercio, assim como pos, MBA e por ai vai.
    Vão trabalhar e parar de recramar, têm gente pior e não faz greve e nem reclama.
    Lamentável esta atitude dos nobres professores e que belo exemplo para os alunos.

  • 42 Bianca // abr 9, 2010 at 2:55 PM

    O dia que os Professores tiverem QUALIDADE e RESPEITO com os alunos ai sim merecem aumento, pois até agora não merecem nada,nadinha, se tá achando ruim vai trabalhar no PT, lá nem salario paga em dia.

  • 43 Lina // abr 9, 2010 at 2:42 PM

    Na Wallita,Stander,ou qualquer outro local de trabalho,todos dignos e honrados,não se trabalha formando cidadãos,moldando pessoas,levando conhecimento,cultura,pra que
    no futuro possam ter uma vida melhor.
    Os professores estão nas escolas não só para
    passar conhecimentos,mas também formar cidadãos!
    Realmente,sabe-se que o aluno não é o culpado pela má renumeração do educador,mas
    a única forma de fazer as autoridades responsáveis por isso reverem o quanto estão omissos ,é a greve.
    Porém,o mais doído é saber que um cidadão,quiçá um pai,faça um comentário como
    o feito pelo senhor Marcos.
    O professor ensina,mas a educação vem de casa!!!!!
    O professor leva conhecimento,lapida aquela
    jóia bruta que vem de casa,orienta,forma,mas a essência vem do berço!!!
    Milagre o professor não pode fazer!

  • 44 Joao Silva // abr 9, 2010 at 2:00 PM

    Esse marcos me lembra o estudiante

  • 45 professora // abr 9, 2010 at 1:13 PM

    À todos que depreciam o movimento grevista e a profissão de professor,digo que não os culpo de pensar assim. O governo faz muita propaganda enganosa e ludribia todos.
    A verdade é que um prof. (por ex),que tem faculdade,pós-graduação,20 anos de serviço,ganha em torno de 800,00. Não desmerecendo profissão nenhuma, mas isto é salário de quem possui apenas um ensino médio.
    Que nunca gastou pagando faculdade,cursos,etc.
    Atualmente, os novos prof. ,com certeza não investirão em sua formação acadêmica,pois com este salário, é impossível.Melhor é trabalhar na
    Walita, standar (como disse alguém), do que ter que se desgastar com centenas de alunos.
    A sociedade deveria valorizar melhor aquele que muitas vezes,substitui a família e a sociedade,formando e informando com amor, seus filhos e cidadãos.

  • 46 marcos // abr 9, 2010 at 11:47 AM

    Acham corretos fazerem greve e prejudicarem os alunos? O governo deveria demiti-los e colocarem quem realmente querem trabalhar ao invés de fazer greve. “A situação não esta ruim só pra vcs não, pelo contrario fazem greve e não são demitidos.
    Lametável !!!!!!!!!!

  • 47 marcelino // abr 9, 2010 at 11:13 AM

    Não é fácil ler comentários tão depreciativos a respeito da função de lecionar.Sou professor da rede estadual a 25 anos.O salário de 2010,é o mesmo de 2000!Dizer que professor não faz nada,é total desconhecimento da árdua tarefa de ensinar.Não existiria profissional de qualquer área,se não fosse o professor!!!

  • 48 Estranho no Ninho // abr 9, 2010 at 10:03 AM

    Aliás, lendo o que o blogueiro marcos escreveu, fica claro o que a falta de um bom professor e uma boa educação fazem com um indivíduo.
    Ta aí um exemplo claro do porque de pagarmos bem nossos professores.

  • 49 Estranho no Ninho // abr 9, 2010 at 10:01 AM

    Pergunto isso pois um dos grandes problemas deste país é exatamente este: politicagem e partidarismo…
    Não importa qual o partido governa, pelos quatro cantos do Brasil os professores da rede pública não recebem remuneração adequada. E isso não é culpa de partido A ou B…

  • 50 Estranho no Ninho // abr 9, 2010 at 10:00 AM

    Absurdo um professor ganhar isso. Depois ainda querem melhorar este país.
    Agora, aos cabeças de bagre que atacam o governador mineiro, gostaria que me disessem em qual Estado deste país a situação é diferente.

  • 51 marcos // abr 9, 2010 at 8:41 AM

    Apollo, tenho certeza que vc é professor e quer mamar nas tetas do governo ainda mais.
    Mais uma vez lamentável.

  • 52 Pedreiro // abr 9, 2010 at 7:57 AM

    È por isso que a profissão de professor , ou educador , está se acabando . Os jovens estão procurando outras profissões para poder ter uma condição de vida um pouco melhor e que na verdade estão totalmente certos . Por melhor que o professor seja , se o mesmo não é reconhecido ou incentivado com um bom salário , a qualidade do serviço prestado com certeza será afetada . Sem contar as dificuldades hoje encontradas para desempenhar seu trabalho nas redes estaduais e municipais . Somente com muito amor a profissão para continuar nesse caminho ! Parabéns aos professores , hoje vejo o quanto foram importantes em minha vida , não sou a favor de greve mas concordo com a necessidade de valorização de sua profissão .

  • 53 chico // abr 9, 2010 at 7:52 AM

    Todo mundo acha que as outras categorias profissionais não fazem nada e ganham muito bem. Só achamos que quem trabalha muito e é mal pago e pouco reconhecido somos nós. Uma vez ou outra é preciso tentar ver o lado dos outros também.

  • 54 Ana Fátima // abr 8, 2010 at 8:29 PM

    Pelo amor de Deus, não acredito que alguém pense assim… Marcos, você deve estar brincando… Politicamente correto, honestidade e integridade são conceitos que PODEM ser reforçados na escola, mas DEVEM ser adquiridos dentro de casa. Como vivemos em uma democracia representativa, se a maioria da população tem pouca ou nenhuma vontade de ser honesta, você acha que vão eleger gente que tenha vontade?

  • 55 Professora // abr 8, 2010 at 7:35 PM

    A próxima tem q ser na Prefeitura de Vga…

  • 56 Comentando // abr 8, 2010 at 7:28 PM

    Vem ai a greve dos Servidores Publicos Municipais… RESPEITO E DIGNIDADE!!!!!!

  • 57 IN OFF // abr 8, 2010 at 7:09 PM

    Caramba!!! Gostei!!!
    Eu hein!!!

  • 58 Apollo // abr 8, 2010 at 6:38 PM

    Concordo com você, Marcos, os professores não fazem nada. Tenho a certeza de que você não passou pelos bancos de uma escola de verdade e nem teve um bom professor, pois se tivesse não estaria dizendo tamanha bobagem, mas de qualquer forma, você está certo. Não se poderia esperar algo melhor de quem não teve tempo para aprender a importância de um mestre na condução da educação de uma criança, de um jovem ou de qualque pessoa. Esses que não fizeram nada contigo, Marcos, merecem esse comentário, mas os que conheço não, pois homens e mulheres idealistas, que abrem mão de muitas horas de lazer para prepararem conteúdos que vão formar o caráter e o valor de um verdadeiro cidadão, algo que, ao que me parece nesse infeliz comentário, faltaram a você. Mas há tempo, nunca é tarde para se recomeçar, afinal, como disse Sócrates, filósofo grego, “só sei que nada sei”. Assim também penso sobre mim. E você?

  • 59 Politicamente correto // abr 8, 2010 at 5:55 PM

    Aos professores: descobri o sentido e o valor do voto muito tarde, infelizmente! Se os senhores (as) ensinarem o “valor” do voto aos alunos do primário, esses com certeza irão saber escolher os melhores candidatos para representar as classes trabalhadoras nos Poders Executivo Legislativo, incluindo o público docente. Mas se trabalharem desestimulados por causa do salário, nós, parte do povo que tanto lhe valorizamos, estaremos perdidos! Força, gente, um dia o Brasil vai melhorar e os brasileiros saberão votar! Até rimou…

  • 60 eu // abr 8, 2010 at 5:34 PM

    Olá quem irá tocar hj na estaçao??

  • 61 Joao Silva // abr 8, 2010 at 5:15 PM

    Viva o nosso givernador que paga muito bem os nossos professores

  • 62 marcos // abr 8, 2010 at 4:44 PM

    Já não fazem nada, ainda querem fazer greve.
    então vão trabalhar nas empresas de varginha, como Walita, standar etc… pra r o que é bom pra tosse.
    É lamentável.

Deixe um Comentário