Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

A volta da jornada cheia

abril 23rd, 2010 · 22 Comentários

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (SindServa), Airton Ribeiro fala sobre a volta da “jornada cheia” para o funcionalismo municipal. “O sindicato é a favor, porque o servidor queria e pela economia significativa de R$ 450 mil por mês. Mas desde que não atrapalhe o serviço ao cidadão. Acredito que a volta da jornada cheia é uma incoerência, porque disseram que a prefeitura não tem mais aperto financeiro, mas falta remédio, médico, até café, açúcar e papel higiênico para o servidor. Se a prefeitura não pagar o reajuste oficial da inflação, para evitar mais perda salarial do servidor, vamos fazer assembleia geral no VTC para marcar greve. Não tem mais como adiar, depois de maio. Acabou a moleza.

Tags: Geral

22 Respostas Até Agora ↓

  • 1 IN OFF // abr 25, 2010 at 8:05 PM

    É em Varginha…tá meio “cumpricado”!!!
    Eu hein!!!

  • 2 Cidadão // abr 25, 2010 at 6:42 PM

    concordo com o risco (3)

  • 3 Keila // abr 25, 2010 at 2:18 PM

    Ao Sr. Vergonha o cargo de presidente não é vitalicio; e se Ele ainda está como Presidente é porque os funcionários públicos sabe da competência que Ele tem para representalos.Ao Sr. Carlos Henrique vc trabalha no sindicato pra disser q ele tem moleza o ano todo?tenho certeza que não.Quanto aos demais comentários não é só o salário de vcs que está defazado basta olhar os aposentados e até mesmo os funcionários de empresas privadas que a alguns anos ganhavam 3 salários minimos e hoje nem chega a 1 e meio. Ou seja estão todos no mesmo barco que vcs; e nem sindicato tem para correr atrás do prejuizo assim como tem feito o Sr. Airton.

  • 4 Aline Magalhães // abr 25, 2010 at 12:52 PM

    Apoiado Sr RISCO, concordo em gênero, número e grau.

  • 5 RISCO // abr 24, 2010 at 9:55 PM

    Hoje até verder picolé da mais dinheiro que trabalhar na Enfermagem, os valores estão todos trocados, é so falar em crise; tira o café do funcionario, aumenta o preço do almoço, corta pagamento de hora extra, corta ferias, manda embora sem direito a seguro desemprego,não repassa dinheiro do FGTS, nem convenios, nem banco finaceiros. Mas garanto que tem gente recebendo direitinho,cade a justiça, é cega , surda e muda.

  • 6 RISCO // abr 24, 2010 at 9:42 PM

    Este EDER deve ser um comodista, barrigudo que senta na frente da TV com o controle na mão so pra ver o nosso suado dinheiro ir para meia de algum politico espertinho…se liga cara….

  • 7 Servidor // abr 24, 2010 at 8:09 PM

    Tá certo, o sindicato tem que fazer isso mesmo, parabens Airton, aperta a moçada porque o que eles gastam com cargos de confiança é brincadeira, por causa disso que não dão aumento para os concursados. FORA CPC’S!

  • 8 VM // abr 24, 2010 at 8:08 PM

    Valéria, te conheço, sei da tua capacidade, gostaria de te desejar boa sorte no teu novo caminho, você merece

  • 9 retrucando // abr 24, 2010 at 6:43 PM

    Pra que fazer concurso? Basta puxar o saco dos PETISTAS e ganhar um cargo de confiança. Nao precisa saber fazer nada, basta puxar o saco. E nao precisar se preocupar pois o cidadao sem memoria ira votar de novo no PT e garantir a estadia de muitos incompetentes.

  • 10 Aline Magalhães // abr 24, 2010 at 4:47 PM

    É, o triste é achar gente, falando que nem este Eder aí, totalmente sem noção, olha entrei na prefeitura como auxiliar de enfermagem, à + ou – 15 anos atras, ganhando três salários, hoje, ganho menos que 1 salário e meio, vc, Sr Éder ,com certeza não tem noção o que é um trabalho de enfermagem, lidar com a parte triste da vida, ter que lidar com sangue, doenças, e outras coisinhas que prefiro não comentar, e ganhar por isso, menos que um salario e meio, enquanto o dinheiro dos cofres públicos esta enchendo os bolsos dos cargos de confiança, desta politica suja que se instalou aqui em Varginha, o que me segura nesta profissão é o prazer de ajudar, de contribuir para recuperação das pessoas, porque o dinheiro é uma miséria, fora a humilhação de ter que trabalhar sobre constante pressão, porque tudo falta, tudo não tem.Até onde vai isso?

  • 11 Roberto Mendes // abr 24, 2010 at 5:51 AM

    E quem vai perder com isso é o cidadão, pois o servidor vai fazer outro concurso e sair da prefeitura. Ou, com essa miséria toda compensa ir pra iniciativa privada. Não há necessidade de fazer concurso pra ganhar essa mixaria, sem correção. Com esse salário a prefeitura vai perder servidores experientes e vai baixar o nível. Quem tem nível técnico e superior já tá rachando fora dessa prefeitura.

  • 12 Astolfo Dias // abr 24, 2010 at 5:49 AM

    Eder, fica quietinho para eu gostar de você, fica!

  • 13 Roberto Mendes // abr 24, 2010 at 5:47 AM

    …fora o telefone, que por vária vezes foi cortado.

  • 14 Roberto Mendes // abr 24, 2010 at 5:45 AM

    Estudar, fazer concurso e depois ver seu ganho baixar para um salário? Só mesmo nessa prefeitura petista de Varginha. No ano passado nem a correção da inflação tivemos. Nada. Zero mesmo. Onde vamos parar? E o ticket alimentação que é de apenas míseros R$ 80,00. Não reajustam isso há anos. Não paga nem meia cesta básica. Passamos vergonha em supermercados devolvendo mercadorias porque o valor não deu para a compra. Inventaram esse ISA, não sei pra que, pois, quando precisamos dele não há vagas nos hospitais “mantidos” pela prefeitura.
    E que economia é essa? Não cortaram um cargo de confiança! E a miséria continua: falta gás, falta café ou servem café sem açucar, não trocam uma lâmpada que queime. E ainda pedem pra gente fazer vaquinha pra comprar as coisas.

  • 15 Valéria Barros // abr 23, 2010 at 6:20 PM

    Acabo de deixar o Hospital Regional do Sul de Minas para trabalhar no Hospital Bom Pastor , como concursada.
    Venho através deste meio de comunicação agradecer a todos os colegas de trabalho, a equipe de supervisão e servidores da Secretária de Saúde e Prefeitura Municipal e, em especial, a todos aqueles que frequentam as Policlínica do Bom Pastor e Pinheiros e Banco de Leite Humano de Varginha.
    Podem ter certeza, aprendi muito com voces.
    Recebam o meu abraço com muito carinho.
    Valéria Barros

  • 16 Gorete // abr 23, 2010 at 5:51 PM

    Concordo plenamente com a colega Ana , vamos ver isso vai dar pé.

  • 17 Ana Maria // abr 23, 2010 at 5:50 PM

    Até que enfim o Sr Ailton resolveu trabalhar, porque a quanto tempo essa defazagem salarial acontece. Quando comecei a trabalhar na Prefeitura meu salário era de 2 salarios minimo, agora estou gianhando um pouco mais do que o minimo. E os cursos que fiz, a faculdade que cursei, pois desembolsei um bom dinheiro???

  • 18 so pra lembar // abr 23, 2010 at 3:49 PM

    absurdo e um pai de familia ganhar 510 reais por mes fora os descontos, pois nem todos os servidores sao cargos de comfiança,e tem que pagar agua,luz,alugel,e etc,pois enquanto vc dorme sr eder,muitos destes funcionarios publicos varrem a porta de sua casa.

  • 19 Pedreiro // abr 23, 2010 at 3:19 PM

    É mais fácil enxugar a máquina pública , reduzir cargos de confiança desnecessários , reduzir os funcionários não produtivos e valorizar o profissional dedicado e competente que são poucos mas sabemos que existem . Na verdade tem que ser igual uma empresa , se não pode pagar , reduz e se ajusta a nova realidade .

  • 20 Eder // abr 23, 2010 at 2:46 PM

    Este negocio de GREVE já está chateando, tudo é com greve agora, este tipo impasse sá causa problemas. Se o funcionario público entra de greve todos inclusive ele pé prejudicado, a maquina publica para, serviços essenciais deixam de ser oferecidos e executados. Se a prefeitura não tem como aumentar os salários porque se for feitos vai comprometer outras coisas, porque sempre é assim, tira de um lugar para botar em outro. Educação, saude etc… e estou falando de obras manutenção e outros. Um pouco é ganâcia, querer erriquecer com salarios, tem gente na economia e me todo o mercado de trabalho em diversos setores que nunca podem fazer greve ou até mesmo pedir aumento, e as vezes, abusivos, isto sim são muito abusivos o que o funcioário público pede, e revisão disto, revisão daquilo, são vário benefícios se somar com os salário, é um grande gasto. Sem contar sindicatos, associação, institutos de previdências e outros gasto de trâmite só para o funcionários público, é um absurdo…

  • 21 carlos henrique // abr 23, 2010 at 2:37 PM

    Este dito Sindicato tem moleza o ano todo. Não sei se é Sindicato é do Patrão ou do empregado. Pois o Empregado virou Patrão. E vez o pé de meia.

  • 22 VERGONHA // abr 23, 2010 at 2:36 PM

    O CARGO DE PRESIDENTE DO SINDICATO É VITALÍCIO???

Deixe um Comentário