Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Você repórter: lixeira depredada

março 8th, 2010 · 14 Comentários

vandalos“Madeira, tirei essa foto ao lado da padaria Paraíso, prá baixo da igreja Matriz. Os vândalos simplesmente acabaram com a lixeira, ficou só a tampa. Nós sempre cobramos da Prefeitura, o que está certo, afinal de contas a administração pública da cidade é feita pela Prefeitura. Mas a população também tem que colaborar, ou não adianta investimento público prá embelezar a cidade que os vândalos vem e destróem.” (ARA, por e-mail)

Tags: Você repórter

14 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Beto // mar 9, 2010 at 10:17 PM

    Gostaria de fazer minhas tbém as palavras do Estudiante….porém fazendo apenas uma ressalva (se é que me permite)…neste país, como diz a música do Sílvio Brito…”tem que pagar prá nascer, tem que pagar prá viver, tem que pagar prá morrer….” Essas criaturas pagam impostos sim…elas apenas não têm consciência disto….toda vez que compram uma bala, ou pagam uma passagem de ônibus, estão pagando impostos….

  • 2 Beto // mar 9, 2010 at 10:12 PM

    Concordo com o Thulyo em gênero, número e grau…mas chamar de índio as pessoas que fazem isso, é demoralizar o índio….acho que não existe palavra para descrever tais pessoas…..

  • 3 carlos augusto // mar 8, 2010 at 11:55 PM

    é meu amigo Estudiante, eu pensei que daqui 30 anos eu veria uma melhora, mesmo estando velhinho de bengala, mas fazer o que, 300 é muito tempo.

  • 4 IN OFF // mar 8, 2010 at 9:05 PM

    É.. Domingo em prena 11:00 hs da manhã..um cidadão “di menor”aparendemente pertubado
    e acompanhado de um “maior” estavam chutando as lixeiras ao lado do Cine Rio Branco…..espalhando o lixo…..
    Parei.., olhei…., e vi que era bem ao lado
    da”Guarita da Guarda Municipal””!!!
    Eu hein!!!

  • 5 Estudiante // mar 8, 2010 at 8:15 PM

    “carlos augusto”, se me permite, vou discordar de vc. 30 anos é muito pouco pra isso aqui. Nós temos que torcer e sermos otimistas pra que, quem sabe daqui umas 5 gerações, a coisa COMECE a mudar…
    Talvez vc tenha se esquecido de colocar mais um zero no número que vc apresentou hehe….
    De 30 pra 300 já seria razoável, não acha? heheh
    Abraço!

  • 6 carlos augusto // mar 8, 2010 at 6:40 PM

    isso não tem conserto, o problema é de geração.
    e essa que está ai, tá perdida vamos esperar as proximas daqui a uns 30 anos

  • 7 Mary Help // mar 8, 2010 at 6:33 PM

    Aposto que quem faz isso recebe bolsa-esmola e mora nos “bairrinhos São Francisco, Padre Vitor, Sion,etc”. Isso acontece na hora que os mano vagabundo descem da fonte no sábado e domingo. ô cidade…

  • 8 Ana Fátima // mar 8, 2010 at 6:18 PM

    Madeiraaaaaaaa, eu vi duas lixeiras, também na Rio Branco, porém naquele canteirão que fica na altura do Banco Mercantil. Estavam caídas, com muita sujeira ao redor. Fiquei horrorizada. Que vergonha. A impressão que dá é que as pessoas querem acabar com o que é público para chamarem a atenção sobre si mesmas. Como quem quebra algo como se estivesse em um autoflagelamento. Será? Porque não é possível que alguma pessoa ache bonito isso.

  • 9 Cont(ato) // mar 8, 2010 at 4:22 PM

    Quem faz isso deve ser um lixo!

  • 10 joaquim // mar 8, 2010 at 4:18 PM

    Madeira, são várias lixeiras que estão nesta situação.

    Infelizmente, o brasileiro é assim.

    Um dinheiro que poderia estar sendo gasto em saúde, educação e moradia, para melhorar a vida dos menos favorecidos, agora tem que gastar para repor essas lixeiras.

    Lamentavel.

  • 11 Lobão // mar 8, 2010 at 3:55 PM

    Em uma certa administração passada, fizeram latas de lixo com cesto de inox. Ficaram tão duráveis que sei onde tem várias até hoje, em estado precário, mas ainda de pé.

  • 12 Estudiante // mar 8, 2010 at 2:24 PM

    E pensar que esse tipo de gente ainda tem o direito de participar e escolher o futuro deste país…
    Dá pra ser mais óbvio do que isso do porquê deste país não ir pra frente?
    Agora, não querendo ser muito repetitivo, mas não tem jeito: vcs acham que esses indivíduos pagam impostos? Não só NÃO PAGAM, como são sustentados pelo ESTADO com o dinheiro que NÓS pagamos…

  • 13 Thulyo // mar 8, 2010 at 12:33 PM

    Tudo que é público no Brasil, lixeiras, telefones, bancos para descançar, etc., tem que ser construído com concreto armado e camâras de filmagem estratégicamente instaladas para evitar que os bastardos não destruam. Tudo que é frágil, tem pouca duração neste país tupiniquim. É o custo/benefício.
    Onde Assino???

    Oque mais se ve em Varginha é isso!!!!
    Tem que fazer lixeira de material que o indio vai chute e quebra o pé!!!!Material resistente que seja de facil trabalho e de muita duração!!!!

  • 14 Nova Visão // mar 8, 2010 at 10:32 AM

    Tudo que é público no Brasil, lixeiras, telefones, bancos para descançar, etc., tem que ser construído com concreto armado e camâras de filmagem estratégicamente instaladas para evitar que os bastardos não destruam. Tudo que é frágil, tem pouca duração neste país tupiniquim. É o custo/benefício.

Deixe um Comentário