Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Unincor

julho 30th, 2009 · 2 Comentários

bm_mateus-bressan_2.jpg

Professor Matheus Bressan

A universidade anunciou na tarde de terça-feira (28), o novo comitê gestor da instituição. O comitê é formado por quatro membros, com o professor Matheus Bressan, ex-diretor geral da Faculdade Estácio de Sá de Juiz de Fora, como o gestor principal. O professor foi nomeado pela Curadoria de Fundações do Estado por meio da promotora Valma Leite da Cunha.

Até o momento, a professora Joana Beatriz permanece como reitora. A partir de agora, a reitoria responde apenas pela parte acadêmica da instituição. Mas de acordo com Bressan tudo vai ser analisado e no decorrer da nova gestão, algumas mudanças serão realizadas para implementação do processo de reestruturação da universidade. E reafirmou que isso pode gerar a extinção de alguns cargos administrativos.
Mas a revelação mais contundente da coletiva de imprensa foi a possibilidade de transferir a manutenção dos campi da Unincor para outras fundações. No primeiro momento, os campi de Belo Horizonte, Betim, Três Corações e Pará de Minas devem ser mantidos pela Fundação Comunitária Tricordiana de Educação, entidade mantenedora da universidade.
Durante a entrevista, o presidente da fundação Ubsclender Carneiro Pereira declarou que a inadimplência da instituição chega a 28%. No entanto, devido a perda de bancos de dados esse percentual não é exato. Para resolver esse problema, a Unincor contratou uma empresa de cobrança e vai tomar uma decisão radical de exigir fiadores para matrícula dos estudantes. 

bm_ubsclender.jpg

O presidente da Fundação Comunitária Tricordiana de Educação, Ubsclender Carneiro Pereira

Tags: Educação

2 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Depois do cadeado arrombado // jul 31, 2009 at 12:39 PM

    Pois é, deveriam ter feito isso no início do ano onde havia algum recurso financeiro. Mas antes tarde do que nunca. Vamos ver se acabam com salários de diretores que beiram 20.000,00 e se cargos irregulares como o do Presidente da Fundação que recebe para ser “chefe dos advogados” pois a presidência da Fundação não pode receber nada quase 15.000,00, além de outros desmandos. O que espanta, é que pessoas demitidas no passado, voltaram agora a assumir cargos importantes e de tomada de decisão. Ora, se não serviram na época das vacas gordas, porque haveriam de servir agora.
    Mas de tudo isso, tomara que tudo dê certo já que várias pessoas honestas e trabalhadoras dependem da Instituição.

  • 2 B I C I C LE T E I R O // jul 31, 2009 at 3:58 AM

    TC tá quebrada mesmo!!!

Deixe um Comentário