Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Café: sem motivos para comemorar

junho 3rd, 2009 · 9 Comentários

Entre 1993 e 1996, a Prefeitura de Varginha realizou o Intercoffee, Seminário Internacional do Café. As lideranças mundiais da cafeicultura voltaram as atenções para a cidade. O comércio, particularmente as redes hoteleira e de alimentação agradeceram.
A partir de 97 o seminário deixou de ser realizado, devido à queda na arrecadação do Município. A cidade poderia ter resgatado o evento, através de aporte financeiro da iniciativa privada, mas não o fez. Três Pontas aproveitou o vácuo e passou a realizar a Expocafé, em parceria com a UFLA. Com o tempo, a falta de entusiasmo em Varginha contagiou até os eventos promovidos pelo Centro do Comércio do Café e cooperativas da cidade, que continuaram sendo realizados, embora de forma mais acanhada.
Há duas semanas (23 de maio) comemorou-se o Dia do Café. Talvez pela ausência de investimentos em eventos para o setor cafeeiro, a data passou em branco em Varginha, a segunda maior praça de café do país.

Tags: Café · Economia

9 Respostas Até Agora ↓

  • 1 ALT // jun 4, 2009 at 5:56 PM

    Madeira, a praça de café de Varginha ja ultrapassou faz tempo a de Santos que era a primeira. Com certeza Varginha tem a maior praça de negociação de café do país.

  • 2 Saudosista // jun 4, 2009 at 11:02 AM

    Varginha, cidade do já teve

  • 3 B I F Ã O // jun 4, 2009 at 12:06 AM

    CAFÉ : A CHORADEIRA CONTINUA

    Eu conheço bem os fazendeiros (Risos).
    E, bato no peito pra falar!!!

    “TEM BONS ADMINISTRADORES, MAS A GRANDE MAIORIA MAL SABE PEGAR NA ENXADA.”

  • 4 Leandro Motteran // jun 3, 2009 at 9:54 PM

    Dia primeiro deste mês foi o dia internacional do leite – que também tem seus GRAVES problemas, e também passou em branco.

    Mas voltando ao problema do café, achei um panfleto interessante sobre o caso:

    http://flagrasdopedal.wordpress.com/2009/06/03/cafe-em-baixa/

  • 5 adauto // jun 3, 2009 at 9:18 PM

    verdade , daqui uns dias vão roubar o et também , só falta colocar uma grade em volta do et ……..
    roubar o mapa de minas de la é sacanagem !

  • 6 Pedreiro // jun 3, 2009 at 7:35 PM

    Acho que se a prefeitura não faz , a iniciativa privada deveria fazer , principalmente porque se é o produto que eles comercializam , eles mesmos deveriam criar meios para divulgar e vender melhor o produto . Tenho certeza que se houvesse união dos produtores através da cooperativa , escritórios de corretagem , armazéns e outros e que se fosse criado um evento de nível , seria muito mais lucrativo para a classe . Esqueçam da prefeitura , arregassem as mangas e vão defender o lado de voces , porque só quem passa por situações como essa é que sabe onde a corda aperta . Agora ficar desfilando de carrão zero , só gasta e não paga conta .

  • 7 Felipe // jun 3, 2009 at 6:37 PM

    Cont(ato) fui eu não rsrs… sou contra toda essa besteira mais aquilo foi construído com nosso dinheiro né?

    Caso igual é a bola do Péle em Três Corações, sempre ela desaparece.

  • 8 Cont(ato) // jun 3, 2009 at 5:03 PM

    Felipe, por acaso foi você quem destruiu o mapa do ETzinho lá na praça? Claro que não! Cada memorial representa uma coisa e não seria isso que iria acabar com o evento sobre o café. Varginha é conhecida como a capital do café, mesmo não acontecendo grandes eventos aqui. Aproveitando, já que existe um monumento que representa o ET, o que passou, depois de contruido, uma coisa para todos, deveria ser mais vigiado para que vãndalos não o destruisse. Novamente o ETzinho está quebrado, sem dedo e o mapa de Minas desapareceu. Ou alguém faz coleção de mapas ou é de uma religião de fanáticos. Visitantes adoram tirar fotos e acabam levando uma foto com defeito. Uma vergonha!!

  • 9 Felipe // jun 3, 2009 at 11:36 AM

    Madeira, infelizmente Varginha só quer saber do ET. Estou muito revoltado com a construção do tal memorial, visto que um programa adotado por algumas escolas rurais de deixar os alunos em tempo integral na escola (esqueci o nome do programa), não vai ser possível ter continuidade.

    Fico triste por Varginha não ter um evento sobre o café, já que é a principal fonte de arrecadação de impostos do município.

    Para mim e acho que para muitos a linha de pensamento dos governantes no momento está assim: “Vamos preocupar com o ET, e o resto que se dane”.

Deixe um Comentário