Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Comic

janeiro 26th, 2009 · 11 Comentários

Leitores pediram mais informações sobre o Conselho Municipal de Incentivo à Cultura. Como já tive a oportunidade de explicar aqui, a atual presidenta é Vera Lúcia Moreira Pereira. O conselho avalia projetos culturais idealizados por agentes culturais da cidade. Quem é aprovado, recebe autorização para solicitar recursos junto a empresas de Varginha. O dinheiro é parte do imposto (ISSQN e IPTU) que pessoas físicas e jurídicas recolhem. 50% do IPTU pode ser aplicado em projetos culturais locais.
Recentemente foram eleitos novos membros do conselho, através do voto de artistas da cidade. O próximo passo seria eleger o presidente (que pode ser Vera Lúcia, caso ela seja convocada e concorde com isso). Entretanto, faltam dois membros para compor o mínimo necessário de integrantes do Comic eleitos pelos artistas de Varginha. A presidenta do conselho deve se reunir com a diretora-superintendente da Fundação Cultural Paula Andréia Direne Ribeiro, para avaliar a sinuca de bico.
Além dos seis conselheiros eleitos pelos artistas, a prefeitura indica dois nomes e a câmara, mais um.
Os integrantes do Comic não são remunerados.

Tags: Cultura

11 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Mariano // jan 30, 2009 at 3:38 PM

    Concordo plenamente com nosso amigo Camargo… se existe suplentes então é só colocá-los para trabalhar ! Também vejo com MUITO BONS OLHOS os 3 que foram eleitos pelos artistas da cidade ! Principalmente o Marco do Marista e a artista plástica Vanessa ! Parabéns e contamos com vocês para MUDAR esta “badérna” que é a Fundação Cultural / COMIC !

  • 2 Diego Gazola // jan 28, 2009 at 11:19 AM

    Parabéns Cidadão Ausente. Muito pertinente sua observação. Encaminhei a sugestão para a nova Câmara de Varginha. Vamos acompanhar.

  • 3 camargo // jan 28, 2009 at 7:31 AM

    EU SOU BURRO OU NAO ENTENDO O Q LEIO????? TA FALTANDO GENTE NO COMIC???? MAS TEM ATE DOIS SUPLENTES……..ALGUEM PODE ME EXPLICAR?
    ESTAO QUERENDO COMPLICAR AS COISAS, ACHO QUE ISSO MEDO DAS PESSOAS HONESTAS QUE QUEREM E POR DIREITO FORAM ELEITOS PELOS ARTISTAS……ACHO ISSO UMA VERGONHA. E TENHO DITO.

  • 4 Paola Diniz // jan 27, 2009 at 6:17 PM

    Prezado MARCELINO, sei da sua competência, mas infelizmente, pela pouca divulgação da eleição do COMIC, vc, pelo jeito não terá o prazer de ficar sabendo, com transparencia de como ocorre as eleições e nem como são escolhidos os projetos. De uma coisa vc pode ter certeza, vai ter mais “CURTAS” por aí. Dá uma grana legal. Acho que eles pensam que músicos e maestros não fazem parte da cultura….rs…rs..

  • 5 Paola Diniz // jan 27, 2009 at 6:12 PM

    Parabéns CIDADÃO AUSENTE, não sou do meio mas gostaria de parabenizá-lo pela grande colaboração que vc deu em explicar, mesmo que suscintamente, mas com clareza e objetividade o que que vem a ser e a importancia do COMIC. eu, pelo menos me senti um expert(rs…rs…rs..) em Conselho Municipal de Cultura pela pequena explicação, coisa que como vc bem disse, deveria ser amplamente divulgado e ter uma bancada ampla e participativa para não ser tendenciosa. Parabéns novamente e muito obrigado.

  • 6 Andréa... // jan 27, 2009 at 2:38 PM

    Já está começando errado o novo grupo do COMIC… lí no gazeta que poderá haver nova eleição…. ! Quando se começa errado, termina errado !…. e o povo ó… toma na b* !

  • 7 Cidadão ausente // jan 27, 2009 at 1:16 PM

    Boa tarde a todos!

    Claro, é importante ficar de olho nas ações da COMIC. No entanto, como cidadão ausente e agente cultural em Belo Horizonte, posso contribuir com algumas considerações.

    É importante ressaltar que Varginha ter uma Lei Municipal já é um grande avanço, visto que grande parte do estado não tem. Ainda mais com possibilidade de isenção de 50% de impostos para as empresas. Tomara que as captações dêem certo.

    Uma coisa que me chama a atenção é a contrapartida obrigatória do proponente. Ora bolas, se o proponente solicita financiamento público, é porque não tem recursos. Outros mecanismos de financiamento – como convênios direto com o governo – exigem contrapartida obrigatória do proponente, por se tratar de ongs, oscips, órgãos federados, etc. O proponente pessoa física, coitado, já consegue uma pífia aprovação e se vê obrigado a contribuir com 10% do valor do projeto e, ainda, fica limitado a receber 5% do mesmo.

    Ou seja, ele tem um déficit de 5% ao propor um projeto cultural, enquanto o empresário, que terá todos os retornos midiáticos possíveis, terá isenção de 100%.

    Na minha opinião, esta lei deveria ser balizada pela Lei Estadual, muito bem conduzida nos últimos anos. O proponente não é obrigado a desembolsar recursos próprios, mas sim o patrocinador. Ou seja, para um investimento de 100mil, ele abate 80mil dos impostos e 20mil é retirado do próprio bolso.

    Proponente é artista, produtor. Não é empresário.

    Vamos pensar em mudar essa lei???

    Quanto à legitimação do COMIC, é importante considerar que a banca deve ser representada por diversas classes artísticas, considerando-se música, artes visuais, artes cênicas, patrimônio cultural, literatura, áreas integradas, dentre outros. Não há sentido uma banca com apenas três pessoas que, por mais transparente que seja, será tendenciosa no resultado.

    É isso, deixo aqui meus sinceros cumprimentos e boa sorte aos cidadãos varginhenses!

  • 8 Aurélio Aureliando // jan 27, 2009 at 12:37 PM

    Já que não é cargo remunerado vamos mesmo ficar de olho em CADA MEMBRO do Comic…

  • 9 Olho Vivo ! // jan 27, 2009 at 8:31 AM

    Estaremos acompanhando as resoluções do Comic… Espero que o Blog divulgue os projetos comtemplados, bem como, se as prestações de contas do ano anterior estejam de acordo,caso algum projeto se repita.

  • 10 marcelino // jan 27, 2009 at 8:27 AM

    Onde é feita a votação?Quem preside e organiza a eleição?No Conservatório por exemplo,nunca fomos entrevistados e informados de eleição,candidatos,se quem vota tem algum cadastro,onde é feita a contagem dos votos etc…
    Na última eleição em que indicava Diretores e vice nas escolas estaduais,fui nomeado através de votos do Colegiado,a presidir e organizar o processo da eleição.Foi amplamente divulgado,com os candidatos visitando salas de aula,apresentando seus programas e intenções,caso fossem eleitos.Participou a comunidade escolar,pais,alunos e fúncionários.Tudo com total transparencia e participação do corpo docente e discente. O Comic tem que iniciar a indicação de seus menbros e suas atividades,com clareza,transparencia e organização,para que não aconteça casos como o Festival de Cinema,em que todos reclamaram,e com razão,da liberação de tamanha verba para o seu organizador.
    Eu quero como Músico e Professor,quero participar votando.

  • 11 Aurélio Aureliando // jan 26, 2009 at 12:28 PM

    Muito obrigado pelas informações amigo Madeira.
    Penso que deveria ser um “cargo” remunerado sim ! Justamente para dar mais “credibilidade” ao Conselho. De graça, nem relógio trabalha ! Outra coisa, os membros votam para escolher o presidente do Comic ? Qdo será a primeira reunião da nova “turminha” ? Quero estar lá para ver no que vai dar…

Deixe um Comentário