Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Os homens fortes

dezembro 19th, 2008 · 14 Comentários

dsc00246.JPG

 Os homens fortes do governo Corujinha se chamam Fausto Geraldelli Carvalho (Saúde) e Jordálio Florêncio de Oliveira (Administração). O primeiro vai herdar uma estrutura que aumentou muito nos últimos anos -e, consequentemente, traz uma demanda e despesa maiores. Além do mais, a saúde é, ao lado do esporte, a menina dos olhos dos governos petistas em Varginha.

O segundo vai tentar implantar uma cultura de empresa privada no serviço público. Jordálio se desliga dia 10 de janeiro da Plascar, onde ainda ocupa o cargo de diretor de Manufatura no Mercosul. A empresa ficou sabendo que o colaborador sairia da Plascar por intermédio do blog. Jordálio disse que pretende implantar projetos de motivação pessoal e remuneração por desempenho.

timweb.jpg

Tags: Política

14 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Cont(ato) // dez 23, 2008 at 4:20 AM

    Tata, nessa você apelou, secretário do meio ambiente?

  • 2 junior // dez 22, 2008 at 5:17 PM

    é lamentavel o qeu foi feito com os conselhos comunitario da varginha, um golpe de ditadura em plena democracia todos conselhos comunitarios perderam sua identidasde ou seja seu CNPJ . a pertir de agora todos convenios ou qualquer tipo de repasse terão que ser via plenaria, osenhor presidente dilei fazendo uso politico da instituição juntamente com alguns politicos alteraram o estatuto, uma conquista de diveresa liderança de varginha como willes de silva, luis carlos mangiapelo e outros que não mediram esforços para dar ligetimidade aos conselhos, senhor presidenta da plenaria o ministerio publico está atento.

  • 3 tata // dez 22, 2008 at 4:56 PM

    que maldade, o que falou a respeito do senhor joao carlos do orçamento participativo, pelo contrario é uma pessoa inteligente, que trabalha além de seu horário sempre fazendo reuniões e procurando levar ajuda para resolver os problemas do bairro, quem está reclamando sobre sua pessoa, pode ter certeza, é um pessoa mentirosa, sem nenhum conhecimento do trabalho que o senhor joao carlos do orçamento participativo empenha. ele que devia ocupar uma secretaria, mais não pensaram nessa possibilidade. quem sabe se criar a secretaria de meio ambiente o senhor joao carlos será a pessoa mais certa de ocupar esse cargo pois ele já formou em formou em meio ambiente e até já fez pós graduação em relação ao meio ambiente. corujinha vai aí uma boa dica, coloca o senhor joão carlos candido para ser o secretário de meio ambiente. esse sim trabalha e muito. obrigada.

  • 4 Miro // dez 21, 2008 at 1:03 PM

    QUE MONTE DE PORCARÍA, MEU DEUS!!!

  • 5 ZE BRASIL // dez 21, 2008 at 7:58 AM

    ESSA IDÉIA DO PESO PESADO FOI A MELHOR QUE O BLOG JÁ POSTOU.
    EM VARGINHA, DEVIAMOS COBRAR IMPOSTO É DO PUM DOS POLITICOS.
    POIS NUNCA VI FAZERAM TANTA CAGADA.
    E O PIOR É QUE O POVO ,QUANTO MAIS CHEIRA MAIS GOSTA….

  • 6 Pirijaca // dez 21, 2008 at 3:32 AM

    Ufa! Até que enfim duas caras novas! (Novas no sentido de inéditas e não no sentido de idade.) Rssssss.

  • 7 Peso Pesado // dez 20, 2008 at 6:16 AM

    Corrupção: o país da “eureca”, o euro na cueca

    Uma pesquisa divulgada pela ONG Transparência Internacional na semana passada colocou o Brasil, mais uma vez, na lista dos países mais corruptos do mundo. O estudo, que ouviu executivos com negócios em 22 das nações mais ricas do planeta, revela que o Brasil ocupa a quinta colocação entre os países onde o suborno é mais difundido. Só perde para Índia, México, China e Rússia, campeã isolada do ranking da propina. Mesmo em um país habituado a freqüentar esse tipo de lista, porém, o que se viu agora foi assustador. No Espírito Santo, o presidente do Tribunal de Justiça, a mais alta corte do estado, foi parar na cadeia. Ele e outros três juízes, também presos, são acusados de transformar o tribunal em um balcão para a venda de sentenças. Em São Paulo, um dos réus no escândalo do mensalão foi preso no aeroporto com 361 000 euros escondidos até na cueca. Em Brasília, a bandalha promovida na Fundação Nacional de Saúde (Funasa), órgão federal que deveria cuidar de comunidades carentes, agora avança até sobre a verba destinada à construção de sanitários. O festival de trapaças causa a impressão de que a corrupção é uma praga indestrutível.

    (…)

    A Receita fazia uma inspeção em 100% dos passageiros que desembarcavam naquele momento. Enivaldo passou no guichê no qual sua bagagem (uma mala de 30 quilos, uma mochila e uma pasta) seria vistoriada. Declarou que levava 300 000 euros.
    – O valor do dinheiro é este declarado na DBA (o formulário-padrão da Receita)? Se houver uma diferença grande, o senhor será autuado por falsidade ideológica – advertiu o analista.
    Segundo ele, Enivaldo confirmou: “300 000 euros”. Mais tarde, no interrogatório, o empresário afirmou ter mencionado um valor aproximado de 340 000 euros.
    Era por volta de meia-noite. De lá, Enivaldo, outro analista tributário e um auditor fiscal foram para uma sala reservada da Receita, com toda a bagagem dele. O dinheiro foi contado: 361 445,00 euros. Eram 721 notas de 500, dezoito notas de 50, uma de 20, uma de 10 e três notas de 5. Após a contagem, o analista disse que havia 361 000 euros, e não 300 000, como ele havia dito.
    – Eu gastei um pouco – justificou Enivaldo.
    – Mas tem dinheiro a mais.
    Ele ficou quieto e foi encaminhado à Polícia Federal, onde disse que o dinheiro lhe foi emprestado por um amigo para comprar carros no Brasil. A turma do mensalão conseguiu assim criar uma nova unidade monetária: a eureca (euros na cueca).

  • 8 Peso Pesado // dez 20, 2008 at 6:14 AM

    UMA BOA IDÉIA QUE DEVIA SER IMPLANTADA EM VARGINHA
    TAXAR O PUM DO GADO, OLHA O QUE FIZERAM NOS ESTADOS UNIDOS:

    EUA quer taxar proprietários de gados

    Um projeto de lei nos Estados Unidos promete taxar proprietários de animais que emitem grande quantidade de gases. Caso a proposta vire lei, os fazendeiros terão que pagar uma taxa de 175 dólares por cabeça de gado leiteiro, 87 por cabeça de gado de corte e 20 dólares por cada porco. O porta-voz do EPA (Enviromental Protection Agency) Nick Butterfield disse que a taxa foi proposta para fazendas com operações de gado que emitem mais de 100 toneladas de emissões de carbono num ano.

  • 9 Peso Pesado // dez 20, 2008 at 6:13 AM

    A alta carga de impostos para pessoas físicas e jurídicas esta impedindo a economia brasileira de crescer. Segundo os dados do IBPT, no Brasil, em média, 33% do faturamento do empresário é dirigido ao pagamento de tributos. Somente o ônus do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o lucro das empresas pode corresponder a 51,51% do lucro líquido apurado.

    Ou seja, a cobrança excessiva de impostos acarreta um circulo vicioso em que as empresas não conseguem repassar os aumentos de tributos para os preços; o trabalhador também não consegue recuperar o poder aquisitivo e, como conseqüência, o consumo diminui

  • 10 Peso Pesado // dez 20, 2008 at 6:10 AM

    Tudo encalhado. E a produção pára
    Deu no Estadão:
    O aumento de estoques na indústria já tira o sono dos empresários. Além de encontrar um local adequado para armazenar os produtos encalhados, eles se preocupam em frear a produção, concedendo férias coletivas aos funcionários e cortando turnos de trabalho para evitar que os estoques aumentem ainda mais.
    Os produtores de frango, por exemplo, já recorrem a caminhões frigoríficos para estocar o excesso de aves que não chegou a ser exportado. O Japão, principal país comprador do frango brasileiro, tem 100 mil toneladas de produto estocado. “Isso equivale a um trimestre de consumo”, diz o diretor da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frango, Christian Lohbauer. Para ajustar os estoques, a entidade recomendou aos avicultores o corte de 20% na produção a partir deste mês.
    A Fiat também recorreu a um local inusitado de armazenagem. Em novembro, a empresa alugou a pista do aeroporto de Oliveira (MG) para acomodar o estoque excessivo de carros.
    A freada nas vendas de veículos provocou aumento nos estoques das siderúrgicas. Benjamin Steinbruch, presidente da CSN, observa que esse movimento não foi provocado apenas pelas montadoras. Fabricantes de eletrodomésticos, construção civil, móveis e implementos agrícolas também reduziram as compras de aço. Diante da queda nas vendas e do aumento de estoques, “todo mundo está jogando com as férias para evitar demissão e esperar o ano que vem, que, eventualmente, poderá ser melhor”.
    A Frefer Metal Plus, por exemplo, a segunda maior distribuidora de aço,decidiu dar férias coletivas de duas semanas neste mês aos funcionários de 10 das 12 filiais. “Desde a década de 90, não tínhamos férias coletivas”, diz o diretor, Christiano da Cunha Freire. Desde novembro, a empresa cortou o terceiro turno dos funcionários na tentativa de se ajustar à nova realidade de mercado. Em outubro, chegou a ter três meses e meio de estoques, quando o normal é três meses.

  • 11 Peso Pesado // dez 20, 2008 at 6:10 AM

    Crise derruba arrecadação federal
    A crise financeira internacional interrompeu a sequência de aumentos de arrecadação de impostos e contribuições federais que acontecia há vários anos. Com isso, a arrecadação somou R$ 54,7 bilhões em novembro e registrou queda real (dados corrigidos pela inflação) de 1,8% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Deste modo, a arrecadação de novembro não foi recorde histórico.

  • 12 Peso Pesado // dez 20, 2008 at 6:08 AM

    Em novembro, indústria paulista pôs 34 mil na rua

    O nível de emprego na indústria paulista caiu 0,19% em novembro, na comparação com o mês anterior.
    Em números absolutos, foram ao olho da rua 34 mil trabalhadores. Desde janeiro não se via coisa parecida. Ruim? Pois vai piorar.
    A Fiesp previa para 2008 um crescimento do emprego na indústria de São Paulo de algo entre 2,5% a 3%. Reduziu a estimativa para 1,5%.
    Divulgado pela CNI, um outro lote de previsões indica que o trabalhador continuará entrando pelo cano em 2009.
    A confederação das indústrias estima que o PIB de 2009 crescerá 2,4%. Bem menos que os 5,7% estimados para 2008.
    Imposta pela crise financeira global, a desaceleração começará a ser sentida já nos indicadores referentes aos últimos meses de 2008.
    A CNI prevê para o último trimestre do ano um resultado negativo de 1,5%. Estima-se que a taxa de desemprego no país vai crescer de 7,9% (previsão de 2008) para 8,2% em 2009. Índice que roça o que foi anotado em 2007: 9,3

  • 13 Peso Pesado // dez 20, 2008 at 6:06 AM

    Frigorífico fecha as portas no município de Paiçandu

    O Diário do Norte do Paraná

    A atual conjuntura do setor de carnes fez com que um dos maiores frigoríficos do Paraná fechasse as portas. Desde ontem, os 337 funcionários do frigorífico Mercosul, no município de Paiçandu, na região noroeste, a 10 quilômetros de Maringá, já procuravam orientações do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentos no Paraná quanto ao tramite dos acertos rescisórios. A maior parte dos trabalhadores havia retornado recentemente de férias coletivas de 20 dias.

    O grupo Mercosul, um dos maiores do ramo de frigoríficos do País, ainda permanece com sete unidades produtivas. Há cerca de um mês, o frigorífico que possuía em Naviraí (MS) também teve as portas fechadas.

  • 14 Kanguru Perneta // dez 19, 2008 at 9:30 PM

    Uai o PT sempre criticou(até na Assembléia Legislativa) o jeito Aécio de implantar essas inovações e agora esse Secretário da Administração, já começa com um discurso igualzinho ao Anastasia.

    É ,aquilo que os antigos petistas diziam aconteceu, O PT em Varginha morreu.

    Já pensou se alguém tivesse gravado uma reunião acontecida há uns 12 anos atrás do partido municipal e comparasse com uma de hoje.

    Aí volta no tempo e mande aqueles de 12 anos atrás assistirem a uma reunião de hoje.
    Sabe qual seria a reação.
    Essa reunião de tucanos, que coisa mais imperialista,neoliberal.
    Quem diria ….

Deixe um Comentário