Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Discurso de Corujinha

dezembro 18th, 2008 · 1 Comentário

blog_dsc00220.jpg

Foi a palavra mais emocionada. No começo de seu discurso, o prefeito eleito Eduardo Carvalho brincou que havia feito um texto mas seguiu conselho do vereador Vérdi Lúcio Melo. Vérdi disse que ele não conseguiria acompanhar, pela quantidade de rabiscos feitos no papel. “Tá difícil mesmo”, disse Corujinha.

Agradeceu a todos em nome da mulher, da mãe, de toda a família (emocionado), pelo nome do pai dele. “Pela honestidade do meu pai, queremos carregar este exemplo, para que, juntos, possamos administrar a cidade”. Temos a missão de melhorar o Brasil, começando pela nossa cidade. Mandou um grande abraço ao amigo e irmão Marquinhos Foresti. “Pelos mesmos preceitos que o Maurinho me escolheu, escolhemos o Marquinhos Foresti”. Agradeceu ao Partido dos Trabalhadores, do qual tem a honra de representar. Enalteceu a lembrança do juiz pelos 20 anos da Constituição Federal. 

Afirmou que parcerias serão fundamentais em seu governo. “Também precisamos do apoio do Ministério Público e da Justiça”. Nesse momento, citou a saúde, lembrando que outros entes devem contribuir (financeiramente) com a saúde pública de Varginha, como havia antecipado ao blog, esta semana.

Por fim, decidiu abandonar o conselho de Vérdi e pegou o discurso.

Falou que “A urna tem voz e essa voz há de ecoar por pelo menos quatro anos, essa é uma frase que foi dita nas discussões pelas reformas partidárias, que devem ser respeitadas”.

Ao final, se dirigiu emocionado ao prefeito Mauro Teixeira. “Nós testemunhamos essa semana uma série de homenagens a você, que fez a maior transformação social que já presenciamos em nossa cidade. Você, meu amigo, irmão, está deixando o cargo. Ainda temos quinze dias de choro e emoção. Mas saiba que você não está levando nosso amor e emoção que deixa em nossas mentes e corações”. Começou a chorar e abraçou Teixeira, que já estava chorando.

timweb.jpg

Tags: Política

1 Resposta Até Agora ↓

  • 1 É PACABÁ // dez 19, 2008 at 6:29 AM

    Só gostaria de lembrar ao sr. corujiha que ao citar o ecoo das urnas ele deve ter se esquecido que não teve a maioria dos votos e sim a maior quantidade de votos, portanto, mais de cinquenta por cento da população não o aprovou. Que ele tenha sorte e destreza pra consiguir através da sua administração conseguir, de fato, a maioria absoluta.

Deixe um Comentário