Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Você repórter: alta velocidade na Almirante Barroso

novembro 15th, 2008 · 9 Comentários

Leitora enviou a seguinte reclamação: “Minha queixa é sobre aquele trecho que fica entre a MAargaz e o Buteko do Homerinho, ou seja, final da Av. Ana Jacinta e começo da Av. Almirante Barroso. Apesar de haver ali placas com limite de velocidade de 30 km/h, os veículos passam ali com velocidades muito além do dobro que o permitido. Eu, que sou aposentado e moro no Boa Vista, sempre passo a pé por ali e é muito difícil de atravessar, pois não tem visão. Também não há faixa de pedestres e as crianças da escola, que fica logo atrás da Prefeitura, também têm dificuldade para atravessar. Já presenciei ali dois atropelamentos com apenas escoriações, felizmente, mas poderiam ter sido mais graves. Peço providências para as autoridades de trânsito, seja instalando quebra-molas, colocando guardas municipais, ou outra solução que não cabe a mim definir, mas que resolva o problema. Isso sem contar que é do lado da Prefeitura e ninguém vê, imagina se fosse longe…”.
O chefe do Departamento de Trânsito e Transporte Eduardo Seppini enviou e-mail sobre o pedido: “O local referido trata-se de via arterial, portanto se não sinalizado a velocidade seria de 60 km/h, quanto ao local correto da travessia é abaixo da praça Sol Nascente , já sinalizado com placas de travessia, faltando renovar a sinalização horizontal que será executado na próxima semana entre os dias 17 a 22/11/2008, a permanência de agentes de trânsito no local não é possível, pelo pequeno contingente no momento. Quanto à implantação de redutor de velocidade no artigo 94 parágrafo único do Código de Trânsito Brasileiro não permite a implantação de redutores”.

Tags: Você repórter

9 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Cont(ato) // nov 18, 2008 at 3:59 AM

    É Jõao Ribeiro, eles têm QIs sim. (Q)uanta (I)gnorância!Rssss!!!

  • 2 João Ribeiro // nov 17, 2008 at 6:40 PM

    O Eu Mermo tá certo!
    Sobre as Bicicletas na contra-mão não precisa nem falar mais.

    Na esquina da Sta. Cruz com Rio Branco (Drogaria Lider) alargaram o passeio e agora os carros avançam até o meio da Rio Branco. Se eu tivesse um Big Foot Destruia estes folgados! Dá uma raiva, o cara acha que todo mundo tem que aguenta ele como a mãe que (não) o educou.

    A esquina da Rio Branco com Rui Barbosa o Gallery se acha mesmo dono do passeio.

    Outra os GM entram que nem uns doentes de repente na frente da gente (sem noção de espaço tempo para freadas) para parar o trânsito afim de alguém atravessar (nos lugares mais apropriados, logo depois do semaforo, pra congestiona ainda mais). Qualquer dia desses ou vai haver um engavetamento por conta disto ou um boca aberta destes vai ser atropelado e vai merecer. Aliás, estes caras tem treinamento? Eles observam se tem o minimo de bom senso ou QI para trabalhar nesta função?

    De todos só não concordo com os redutores, há outras formas como lombadas eletrônicas para coibir a velocidade (e ainda multar gerando receita e educando) sem destruir o carro dos outros.

  • 3 Maria G. M. // nov 17, 2008 at 1:25 PM

    O trecho próximo do Grill é um horror.
    Ontem ,após o jogo , o trânsito exibia várias infrações e, da praça , busquei com o olhar qualquer sinal de fiscalização.
    Após vinte minutos, passaram por mim 2 PM, meio a toda a confusão de torcedores bêbados, crianças, carros com som nas alturas, acelerando, escapamento alterado e outros e nada aconteceu.
    Que inocência a minha achar que algo será feito.
    Não é mais possível frequentar locais de grande concentração de pessoas sem temer que algo ruim aconteça. Assim sendo, espera-se que as autoridades atuem preventivamente, mas, ao que parece, nos fins- de -semanda ,Varginha vira terra de ninguém.

  • 4 Cont(ato) // nov 17, 2008 at 8:12 AM

    Você tem toda a razão. Você é galo (infelizmente) Doido, mas não é bobo. Sou muito amigo do proprietário do Gallery, mas aquilo é o cúmulo do absurdo.

  • 5 Pedreiro // nov 17, 2008 at 6:25 AM

    E outra , quando é que vão instalar um semáforo no cruzamento da avenida Santa Luiza com a Princesa do Sul ? Tentem atravessar ali em qualquer horário para vcs verem o risco que é . Mas como sempre não adianta solicitar nada nesta cidade !

  • 6 Pedreiro // nov 17, 2008 at 6:20 AM

    A Av.Princesa do Sul virou baile funk próximo ao posto Aspen / Nova Safra com desrespeito ao código de trânsito de várias formas e ninguém faz nada . Carros parados sobre as calçadas , som com os limites acima do permitido , consumo de bebidas alcoolicas ao volante , rachas , etc….. E todas as autoridades , passam e não tomam providências !!! Cadê a polícia desta cidade ? Cadê a guarda municipal desta cidade ? Não sei nem porque continuo perguntando ! Apenas fico indignado com tudo isso !

  • 7 Galo Doido // nov 17, 2008 at 6:11 AM

    Só uma perguntinha. O passeio da Lanchonete Galery foi aumentado para se colocar mais mesas? Tente passar ali com uma cadeira de rodas. Varginha é realmente a cidade do desrespeito ao pedestre. Nota ZERO para o sr. Eduardo Sepinni e aos seus “Superiores”.

  • 8 Galo Doido // nov 15, 2008 at 8:19 PM

    Varginha é a cidade que mais derrespeita o pedestre. Cidades maiores que a nossa, como Poços e Pouso Alegre, estão cheias de redutores de velocidade. Varginha não. Somos uma cidade “moderna”. Esse sr. Eduardo Seppini deveria ser promovido a Chefe de Trânsito de do circuito de Interlagos.

  • 9 Eu Mermo // nov 15, 2008 at 12:53 PM

    Sou morador do Bom Pastor e ratifico a reclamação.
    E podemos dizer mais: o trânsito da cidade está um caos! Bicicletas na contra-mão é coisa já por demais conhecida. O sinal da Av. R. Branco com Rua S. José (Drogaria Ypê) é avançado a toda hora, só os GMs que deveriam multar não vêem. Na esquina da Sta. Cruz com Rio Branco (Drogaria Lider) alargaram o passeio e agora os carros avançam até o meio da Rio Branco.
    17 horas, hora de saída do trabalho e de escola das crianças, na esquina de Rio Branco com Rui Barbosa o Gallery se acha dono do passeio e ocupa-o quase todo, obrigando os pedestres a se arriscarem sendo obrigados a andar na rua.
    Onde está a fiscalização da prefeitura???? Isto é legal, numa hora de grande movimento???
    Se a prefeitura fiscalizasse e multasse, além de ter uma excelente fonte de renda “educaria” os infratores. Ou será que alguém perderia voto com isso? Será que teremos que chegar a um extremo como aconteceu com as “manifestações artísticas” na Praça da Fonte para que alguma providência seja tomada e os abusos coibidos?

Deixe um Comentário