Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Devo, não nego

novembro 6th, 2008 · 11 Comentários

Devido à crise financeira internacional, produtores de café da região pediram a suspensão de pagamento das dívidas do setor por dois anos a partir de agora. O pedido foi decidido na tarde dessa quarta-feira (5), durante reunião na Minasul. A proposta será levada levada ao presidente Lula por dois petistas: o prefeito eleito de Varginha, Eduardo Carvalho e o prefeito de Boa Esperança, Jair Alves de Oliveira. Os políticos e cafeicultores presentes à reunião pensaram antes em entregar a proposta ao governador Aécio Neves. “Mas como ele estará em viagem nos próximos dias, vamos direto ao presidente para não atrasar”, diz o presidente do Conselho Nacional do Café (CNC), Gilson Ximenes. O setor também pediu para que os produtores não sofram penalidade durante o período em que o pedido é analisado, como o registro do nome na Serasa.

Tags: Café

11 Respostas Até Agora ↓

  • 1 que bom // nov 6, 2008 at 6:35 PM

    Eu tambem quero rolar minha divida, tambem sou Brasileiro, não planto café, mas planto meu serviço. EU TAMBEM QUEROOOOOOOOOOOOO! Me tira do SERASA. Juro que não gasto mais do que ganho.Planto trabalho e quero retorno……….

  • 2 Eduardo // nov 6, 2008 at 4:32 PM

    Realmente, chega de chorar e rolar divida. Quanto tempo faz que este choro se repete

  • 3 Cont(ato) // nov 6, 2008 at 2:20 PM

    Daí nota-se que as pessoas mudam e o Presidente também.

  • 4 Peso Pesado // nov 6, 2008 at 12:57 PM

    Engraçado, que em Varginha e região tem muita gente metida,que desfila carrões e se dizem os barões do café-quase toda linha de distribuição-
    Mas o que temos assistido é verdadeira dança de poder monetário,pois não se prepararam para viver em tempos globalizados e cariam matando em financiamentos, sem planejarem seus fluxos de caixa,taxa de retorno, contabilidade de seus custos ,entre outras siglas que os tempos modernos exigem. Agora pedir socorro ao Governo soa no minimo como gozação.Aliás se voltarmos no tempo, em 1989, muitos fazendeiros não queriam nem ouvir o nome de Lula, todos eram CAIADOS desde criancinha.
    Agora estendem o pires ao barbudinho. Como mudou o Brasil., que o diga quem se aproxima do poder pelas beiradas.

  • 5 Maria G. M. // nov 6, 2008 at 10:43 AM

    Oh povinho que chora!
    Já perceberam como as cidades que vivem atreladas à agricultura, principalmente essa tradicional, monoculturista, são depressivas.
    Tão diferentes do empreendedorismo de estados como Goiás e outros.
    Se o café é tãããão ruim, porque não diversificar a produção?
    Bom, eu que não tenho café na “pia” que acerte as contas no fim do mês, que trabalhe mesmo doente para não perde o tiket, que aceite ou recuse o aumento de 12 % na mensalidade escolar, etc.
    Mas , por favor, não venham molhar o meu ombro com esse choro e nem usem o meu dinheiro (impostos pagos como bom assalariado) ok?!

  • 6 DEUS AMARELO // nov 6, 2008 at 9:55 AM

    Meus filhos, não acho que o Governo deva virar as costas para a cafeicultura. O que precisamos é que o cafeicultor de Varginha e região adote uma postura empresarial com sua fazenda. Não é possível mais que o fazendeiro pegue emprestimo para a safra e invista em caminhonete importada, etc e depois venha pedir carência para pagar o banco. Com essa postura o mau cafeicultor vai acabar e somente os profissionais vão conseguir sobreviver. Em paises como a Colombia os cafeicultores buscam levar a fazenda a sério. Em Varginha alguns cafeicultores sobrevivem do sobrenome e das poucas porções de terra que ainda lhe restam. Tupo por achar que a agricultura pode ser tratada como “casa da mãe joana” e vivem pindurados no Banco do Brasil, uma hora a casa cai.

  • 7 Pedreiro // nov 6, 2008 at 6:58 AM

    Não existe cafeicultor pobre , estão todos por cima da carne seca , se temos que pagar nossas contas nos prazos determinados , nada mais que justo que eles também o façam . Se fosse um produto base da alimentação , como trigo ainda poderia pensar , mais café vai ser dificil ! Como diz o Amir Mendes junior , vendam as caminhonetes !

  • 8 jota // nov 6, 2008 at 6:10 AM

    O carlos Melles,deve estar tomando wiski 12 anos e comendo caviar dentro de um jatinho e olhando os cafeicultores la de cima.So dando risadas…

  • 9 DEUS AMARELO // nov 6, 2008 at 5:54 AM

    Cadê o Carlos Melles?

  • 10 Amir Mendes Junior // nov 6, 2008 at 5:23 AM

    Reclamam de barriga cheia, é só parar com gastos de carros importados, caminhonetes de R$ 120,000…

  • 11 Peso Pesado // nov 6, 2008 at 4:52 AM

    E o povo comum, também pode parar de pagar as contas por dois anos.
    Eles vivem falando para o povo consumir e tome cartão de crédito,crédito consignado para aposentados,consórcio,rifas,cheque especial,crédito LIS,etc,etc,etc.
    Agora querem estender o PIRES.

    O Engraçado é que todos esses que agora protetam no passado condenavam os partidos de esquerda, quando eles pediam a moratória do Brasil com os Bancos Internacionais.
    Resumindo:
    No fundo todo mundo só quer se dar bem e a parte da sociedade que paga impostos ,vive apenas de sonhos.

Deixe um Comentário