Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Debate ecológico

setembro 18th, 2008 · Sem comentários

O encontro que o Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (Codema) promoveu na noite de terça-feira, no Colégio Batista, foi elogiável. Os quatro candidatos a prefeito de Varginha falaram de temas relativos ao meio ambiente. Em alguns momentos, saias-justas por conta da troca de críticas entre alguns candidatos. Clique no título para ler mais.Aterro sanitárioAntonio Silva (PTB) lamentou que a obra do aterro sanitário esteja sendo concluída “apenas agora”. Ele afirmou que o planejamento para a aquisição da área para o novo aterro começou em seu segundo mandato. “Me parece que, depois de oito anos, o aterro sanitário está quase em condições de começar a operar”. Disse ainda que o aterro não resolve, apenas esconde mais longe o lixo. E criticou a falta da coleta seletiva e de campanhas educativas para orientar a população.

Biodiesel
O candidato Eduardo Corujinha (PT) afirmou que Varginha foi pioneira no país na questão do biodiesel. E disse que outra empresa está interessada em investir na cidade. “Infelizmente, por questões políticas motivadas por um grupo de vereadores, não foi possível dar continuidade ao programa do biodiesel. Mas, eleitos, vamos gerar empregos e contribuir com o meio ambiente através da geração do combustível ecologicamente correto”.

Picuinha

Dr. Simplício (PV) também criticou as picuinhas políticas entre prefeitura e câmara. “Varginha parou no tempo por incompetência do prefeito e dos vereadores. Parece briguinha de homem e mulher. Isso impediu a criação da Secretaria do Meio Ambiente, que reivindicamos há oito anos. Será um dos primeiros atos que faremos como prefeito”.

SubordinaçãoAntônio Ricardo Vieira (PSOL) questionou o tratamento que a prefeitura dá aos conselhos municipais. “Por que o Codema funciona na sede da prefeitura? Não existe sala fora da prefeitura? Os conselhos funcionam na base da subordinação, não há liberdade. São correias de transmissão dos desejos da prefeitura. Os conselheiros brincam de trabalhar, porque não têm poder de ação. Nem gasolina”.

Tags: Meio ambiente · Pesquisa: Eleições 2008

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário