Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Sucessão municipal

agosto 4th, 2008 · Sem comentários

Matéria publicada originalmente no Jornal O Tempo de hoje (04/08/08)

 Três dos quatro candidatos a prefeito de Varginha, no Sul do Estado, trocaram farpas na primeira aparição pública na campanha. Foi na manhã de ontem, durante um programa na Rádio Clube de Varginha. Cada candidato teve dez minutos para se apresentar ao eleitor. O ex-prefeito Antonio Silva (PTB) foi o primeiro. Ele disse que nunca na história de Varginha houve uma união tão grande em torno de um nome (13 partidos apóiam sua candidatura). Afirmou que, através de pesquisa, descobriu que o principal problema para a população é a falta de emprego. “Centenas de pessoas apresentaram currículo em nosso comitê”, disse. Ele disse que é preciso retomar o desenvolvimento industrial e que vai ampliar o condomínio industrial de uma empresa de eletrodomésticos. “Trouxemos a Walita, em meu segundo mandato (1997/2000). Hoje o orçamento da prefeitura é três a quatro vezes maior, graças à atual conjuntura econômica e à própria Walita, que aumentou a arrecadação de impostos”, disse. Para ele, é preciso investir mais na saúde, construir um pronto-socorro na região do Sion e mais creches. “Há 850 crianças nas creches de Varginha. Mas há 1.500 na fila.” 

O candidato do PSOL, Antônio Ricardo Vieira, afirmou que, com o orçamento que a Prefeitura de Varginha tem (R$ 145 milhões por ano), seria possível fazer muito mais pela saúde, habitação, segurança e geração de emprego. Ele explicou que integrava o PT (partido do atual prefeito), mas saiu pois “o partido não nos representava mais, porque deixou de cumprir um projeto coletivo em razão de um pequeno grupo que foi privilegiado”.  Na eleição passada Ricardo Vieira foi candidato a vice de Daniel Marçal (PSTU). No ano seguinte, fundou o PSOL em Varginha. 

O atual vice-prefeito, o médico Eduardo Carvalho (PT), o “Corujinha”, foi o terceiro a falar. Rebateu as críticas dos candidatos que falaram primeiro. Por três vezes disse que tem orgulho do vice (o ex-vereador Marcos Paiva Foresti, do PPS) e observou que, dos candidatos a vice, apenas um não compareceu à rádio.  Ele afirmou também que, na época de eleição, muitos candidatos dizem que vão fazer obras em bairros populares como o Sion, rebatendo a afirmação de Antonio Silva de que vai construir uma policlínica naquela região. E declarou que, se existe uma fila de espera nas creches, é porque os pais têm confiança no atendimento. Disse ainda que vai construir mais duas creches, dobrar o Programa de Atendimento Domiciliar (PAD) e que, junto com o atual prefeito Mauro Teixeira (PT) conquistou 28 empresas para a cidade. “Há mais 32 protocolos de intenção para assinar, para vir mais empresas e indústrias.” 

O candidato do PV, Dr. Simplício, foi o único que não cutucou os adversários. Ele afirmou que promoverá o desenvolvimento auto-sustentável de Varginha, vai estimular a participação feminina no processo político e fará um modelo de governo baseado no programa do governador Aécio Neves em 2003/2006. “Vamos readequar a prefeitura, suas secretarias e aperfeiçoar o atendimento à população”.  Ele afirmou que vai promover a reconciliação política entre vereadores e prefeitura. “Politicamente, Varginha parou no tempo, devido às constantes brigas entre Câmara e prefeito. Quem perde é o povo.”  Ele fechou sua participação afirmando que vai governar “com transparência, sem falsas promessas.”

Tags: Pesquisa: Eleições 2008 · Política

0 Respostas Até Agora ↓

  • Não existe comentário ainda. Deixe o seu comentário preenchendo o formulário abaixo

Deixe um Comentário