Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Sabatina

agosto 25th, 2008 · 1 Comentário

Três dos quatro candidatos a prefeito de Varginha passaram por uma verdadeira sabatina, semana passada, no auditório do Senai. Clique no título para ler mais. Na platéia havia profissionais, professores e estudantes de assistência social. O tema foi direitos humanos. Foram feitas muitas perguntas técnicas aos candidatos.O auditório do Senai ficou lotado. Além do público “convencional”, havia os correligionários de plantão. O curioso é que, em um evento onde estavam presentes portadores de necessidades especiais e o presidente do conselho que os representa, o local não tem a estrutura necessária para cadeirantes.Aliás, de acordo com a coordenadora do curso de Serviço Social do Unis Namar Figueiredo, em Varginha apenas o Sest/Senat está corretamente equipado para acesso às pessoas com necessidades especiais de locomoção.Por alguns momentos, os candidatos Antônio Ricardo Vieira (PSOL), Antônio Silva (PTB) e Dr. Simplício (PV) citaram a ausência do candidato Eduardo Carvalho “Corujinha” (PT). O fato foi comentado até pelo presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, José Braz de Oliveira. O coordenador da campanha do candidato, Renato Alves, informou que ele gravava o programa eleitoral e que vai participar de debates se o convite for feito com antecedência.O próximo debate será no Colégio Catanduvas, às 8h30 de terça-feira (26). Eduardo Carvalho é o único candidato que não vai participar.

Tags: Pesquisa: Eleições 2008 · Política

1 Resposta Até Agora ↓

  • 1 Onofre Quadros // ago 25, 2008 at 2:47 PM

    Aposentados pagam 10 vezes mais Imposto de Renda com Lula
    Os aposentados e pensionistas desembolsam no governo Lula 10 vezes mais Imposto de Renda do que há 12 anos (1996), quando da instituição da tabela pela Receita Federal. É o que aponta estudo da empresa de auditoria Ernst & Young. Quem recebe mais de R$ 2,7 mil mensais e desconta 27,5%, teve sua alíquota efetiva aumentada de 0,9% para quase 10% (9,43%).

    “Hoje, o aposentado vive pior e paga mais imposto, quase 10 vezes mais. E há um rumor no mercado de que a Receita Federal estuda alterar a estrutura de alíquotas e possa voltar a adotar a máxima de 35%. Espero que não seja aplicada aos segurados do INSS”, comenta o gerente sênior da Área Tributária da Ernst&Young, Frederico Good God.

Deixe um Comentário