Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – [email protected]

Só em janeiro

abril 14th, 2008 · 4 Comentários

Os servidores da Fundação Cultural do Município ficaram de fora do projeto de reclassificação de cargos e salários da Prefeitura de Varginha. Após negociação entre o sindicato e prefeitura, ficou mesmo acertado: a legislação eleitoral não permite mais aumento salarial (nem depois das eleições). A secretária municipal da Administração, Paula Andréia, disse que está à disposição dos cerca de 30 servidores da fundação para fazer o projeto de reclassificação. “Espero uma proposta dos servidores. O próximo prefeito só terá que enviar o projeto para a câmara”.

Tags: Economia · Política

4 Respostas Até Agora ↓

  • 1 Cont(ato) // abr 16, 2008 at 11:45 PM

    Meu, João Bosco? Eu acho que você é Petista e está só disfaçando. Agora eu pergunto: O que o seu prefeitinho fêz?

  • 2 João Bosco // abr 16, 2008 at 8:47 PM

    Ai Cont(ato) o q o seu Prefeitinho esta fazendo.

  • 3 Cont(ato) // abr 16, 2008 at 4:28 PM

    Ufa, Auxiliadora! Desabafou hem?

  • 4 Maria Auxiliadora // abr 16, 2008 at 10:17 AM

    O descaso do Sr. Prefeito para com os funcionários da Fundação Cultural de Varginha.

    Nas últimas semanas a Prefeitura Municipal de Varginha, através do Sr. Prefeito e demais secretários municipais, fizeram uma equiparação salarial para todos funcionários da prefeitura, menos para os 31 funcionários da fundação cultural de Varginha. Na qual nenhum teve a menor satisfação de ninguém, nem do Sr. prefeito, nem de secretários, nem do presidente do sindicato e muito menos de nenhum vereador.
    Eles simplesmente fizeram tudo na surdina e a única coisa que alguns funcionários foram informados é que simplesmente “ESQUECERAM” de incluir os 31 funcionários que cumprem seus horários e fazem serviços além do que é especificado e nunca foram reconhecidos.
    O caso até poderia ir para a Justiça, através do ministério publico, para embargar o projeto, pois o mesmo cabe recurso por não ter isonomia, ou seja, não foi equiparado para todos os funcionários da prefeitura, já que faltaram os 31 da fundação cultural, mas quem vai ter coragem para fazer isso??? Os funcionários da fundação tem medo, os vereadores não tem coragem e a população não sabe de nada!!! Ou se dá o aumento para todos ou não dá para ninguém!!!
    Mas na hora do prefeito, secretários e vereadores aparecerem no programa de esportes e no jornal da Tv Princesa, de falar na Rádio Melodia, dos shows que ele adora aparecer, do bom funcionamento do Museu Municipal, ele será que “ESQUECE” que os funcionários que estão ali executando esses serviços são da fundação cultural????

    Sem contar que os funcionários da mesma fundação, não fazem nada e não dizem nada por causa do terrorismo que é feito pelos funcionários de alto escalão da atual administração e pelo autoritarismo do Sr prefeito.
    São 31 funcionários que são dependentes do emprego, pais de família e pessoas que necessitam de um aumento digno há anos, quando o Sr prefeito necessita de algo sempre recorre a fundação quando a questão é dinheiro, mas, quando a questão é “funcionários” ele simplesmente “ESQUECE” que os mesmos existem.
    Basta dar uma lida no jornal da prefeitura, que todos verão os diversos gastos da prefeitura que estão embutidos na declaração de despesas da referida fundação, dinheiro que não é gasto dentro da fundação, mas, sim para tapar buracos da prefeitura. Tais como shows, gastos com a Tv Princesa, Rádio melodia e Museu Municipal, dinheiro que nunca foi gasto dentro dessas repartições, infelizmente ninguém fala nada, por medo de represálias.
    Da parte dos vereadores, não existe oposição e ninguém tem coragem de enfrentar o Sr Prefeito e seus comandados, será porque ninguém questiona o Sr prefeito??? Rabo preso??? Ou a mesma sensação dos funcionários da fundação, MEDO????
    O pior é que agora não cabe nenhum recurso ou ação dentro da prefeitura (somente na justiça) para que possa incluir os funcionários, devido à justiça eleitoral, que não permite mais nenhum tipo de aumento para os referidos funcionários. O que se sabe é que o Sr prefeito teve a cara de pau de dizer que em janeiro “poderá” ser feita a referida equiparação, a coisa foi tão bem “tramada” que ninguém dá a cara a tapa agora e simplesmente que se danem os funcionários, mas, na hora de pressionarem os funcionários para votarem neles, é tapinha nas costas, conversinha no ouvido, são 31 funcionários que multiplicados por pelo menos dois, são 62 votos que pelo visto, não fazem a menor diferença para ninguém, nem para prefeito e nem para os Srs. vereadores.
    Pelo visto até o presidente do sindicato dos servidores públicos municipais deve ter o rabo preso com o Prefeito, porque nem mesmo ele fez nada para os funcionários e nem deu nenhuma satisfação para os mesmos.
    A referida fundação é igual casa da mãe Joana ou casa de ama de leite (que sempre cabe mais um para mamar), cada hora é um que mama seu salário na mesma, cada hora é um que está no comando, na atual administração deve ter passado umas 10 pessoas para comandar a mesma. Parece que, agora, quem vai comandar a casa é uma engenheira (nada contra a pessoa), mas o que uma engenheira vai saber de fundação cultural??? Pra variar mais um preenchimento político e não funcional, porque não é dada a chance de um funcionário da própria fundação gerenciar a mesma???
    E os funcionários que se danem, eles que estão há anos na mesma e construíram aos trancos e barrancos as suas vidas, a maioria hoje vive de bicos para sobreviverem, porque se eles dependessem de alguém da prefeitura para ajudá-los eles passariam fome, como já ouve esse fato, funcionários que passam dificuldades e a administração não está nem aí, mas como é ano eleitoral e a prefeitura tem 2.000 funcionários é muito conveniente para o Sr Prefeito “ESQUECER” de 31 simples eleitores e trabalhadores da fundação cultural, mesmo porque 31 é um número irrisório nas urnas.
    Agora algumas perguntas, será que alguém vai ter coragem de dizer algo???
    Será que algum jornal vai ter peito para publicar esta, já que todos dependem da prefeitura para sobreviver???
    Será que o prefeito, secretários ou algum vereador que adoram ir às rádios debaterem nada, só demagogia, vão aparecer para explicar algo???
    Será que alguma rádio vai ter coragem de questionar alguém a respeito???
    Sinceramente, NÃO!!!!!!!!
    Pois todos dependem da prefeitura, as vezes uma rádio da cidade leva o Sr prefeito para discutir algo, mas, chega na hora o prefeito não responde as perguntas que lhe são feitas e só conta sua bravatas.
    Provavelmente algumas pessoas vão dizer que são contra esse tipo de carta, mas já que ninguém fala ou faz nada, alguém tem que fazer, sem contar no Sr prefeito que vai usar seus “delicados” métodos para com os pobres funcionários da fundação, (que além de receberem uma miséria, vivem acuados e sem ninguém que possa lutar ou fazer algo pelos mesmos), querendo descobrir a qualquer custo, quem foi que sujou a sua límpida e intocável reputação.
    E, provavelmente, nenhum jornal vai publicar nada e nem mesmo nenhum vereador vai dizer nada….

Deixe um Comentário