Violência Infantil

Série de reportagens publicadas na Semana Nacional de Blogagem contra a Violência Infantil

Mais de dois mil menores sofrem algum tipo de agressão por ano em Varginha (postado em 18/05/2008)

Mais de duas mil agressões a menores em Varginha: ninguém foi preso (postado em 19/05/2008)

Desestrutura familiar, drogas e álcool são principais motivos de agressão a menores (postado em 21/05/2008)

Testemunho de uma varginhense que sofreu na pele a agressão infantil (postado em 23/05/2008)

19 comentários em “Violência Infantil

  • 28 de agosto de 2013 em 12:47 PM
    Permalink

    acham que a mãe tratar muito mal os filhos,não lhes falar durante muito tempo , falar mal, tocar em assuntos que não tem algum cabimento e por em baixo a auto estima de essas crianças muito em baixo é violência infantil ( psicológica) ? O que podem fazer e o que fazem a uma menor e uma pessoa com 18 anos ?

  • 26 de agosto de 2012 em 2:15 PM
    Permalink

    tem diminua a idede penal pra 13 anos e bota lei de toltera zero foi sem direito relaxamento de prisao sem direito abre corpus sem paga fiança foi a sim quer italia acabou com uma onda de violencia no pais. e acabou com mafia italaia

  • 29 de outubro de 2011 em 2:14 PM
    Permalink

    eu ouvi outro dia em um programa de televisao pessoas votando a favor para pena de morte no brasil ,eu votei a favor porque para este tipo de crime o vagabundo encaixaria certinho nesta penalidade nao podemos ter medo nem receio de denunciar porque este tipo de pessoa nao tem piedade destas crianças

  • 31 de agosto de 2011 em 6:06 AM
    Permalink

    beli nu brasil teni una criança dento do cabare seco e molhado na rua são pedro pois perto do gigante da tinta pois onde as menina de progama fica só de taalha pois nina estar levano a maria eluiza para jato ela só tei de 7 8 9 anos eu ñ sei quanto anos ela ñ tei you odeio elas

  • 11 de agosto de 2011 em 10:04 AM
    Permalink

    a violencia contra as crianças e uma coisa que deve ser tratado com policias ou ate com crianças violetada por isso lute pela violencia

  • 16 de junho de 2011 em 2:16 PM
    Permalink

    esse crime contra crianças tem que acabar temos que por um ponto final nessa historia por que se deixarmos continuar assim vai ser um massacre desumano contra as crianças

  • 19 de outubro de 2010 em 2:54 PM
    Permalink

    Violência contra crianças – PEDOFILIA – é um assunto que deveria ser dado mais atenção não só por autoridades, mas, por toda sociedade, pois é muito sério e pode deixar sequelas irreversíveis na vida de quem foi vítima de tal crueldade e infelizmente a punição à quem comete este ato violento é a impunidade e isso é o que deveria mudar, Campanhas, Comunidades, Divulgação na internet, nas Escolas, em todos locais públicos deveriam orientar as crianças como pedir Socorro! Ajuda em caso de alguém tentar ou conseguir cometer o ato de violência contra um indefeso, Cartilhas sobre o assunto pode ser encontrado em sites pelo google e quem sabe se a divulgação sobre esta matéria for frequente podemos cada um fazer uma parte e ajudar alguém a se livrar e receber auxílio. Vamos a luta! TODOS CONTRA A PEDOFILIA.

  • 13 de junho de 2010 em 2:26 PM
    Permalink

    atençao casado as na sala de bate papo uol homem casado triando mulher ou vice verça que vergonha e ainda explora menores de idade que isso me ajudem gente

  • 13 de junho de 2010 em 2:25 PM
    Permalink

    atençao devemos ter mais controle na sala de bate papo pedofilia contra menores de idade

  • 12 de junho de 2010 em 1:41 PM
    Permalink

    Madeira!!!
    Baixou…abachou…abaxou…..avacalhou!!!!!
    Olha o nível!!!! Post 7
    Eu hein!!!

  • 11 de junho de 2010 em 8:47 PM
    Permalink

    É….precisamos fazer alguma coisa pra salvar estas crianças…principalmente as q mais perto de nós estão…por exemplo…as do Educandário(Será q todos estão cegosssssssss!!!!É preciso investigar!!!

  • 2 de março de 2010 em 1:09 PM
    Permalink

    é pal no gato pra quem bati em criança, isso é pq ñ tem perereca pra come eles são um bando di pal no cú do caralho

  • 16 de janeiro de 2010 em 1:42 PM
    Permalink

    DENÚNCIA: SÍTIO CALDEIRÃO, O ARAGUAIA DO CEARÁ – UMA HISTÓRIA QUE NINGUÉM CONHECE PORQUE JAMAIS FOI CONTADA…

    “As Vítimas do Massacre do Sítio Caldeirão
    têm direito inalienável à Verdade, Memória,
    História e Justiça!” Otoniel Ajala Dourado

    O MASSACRE APAGADO DOS LIVROS DE HISTÓRIA

    No município de CRATO, interior do CEARÁ, BRASIL, houve um crime idêntico ao do “Araguaia”, foi o MASSACRE praticado por forças do Exército e da Polícia Militar do Ceará em 10.05.1937, contra a comunidade de camponeses católicos do Sítio da Santa Cruz do Deserto ou Sítio Caldeirão, que tinha como líder religioso o beato “JOSÉ LOURENÇO”, paraibano de Pilões de Dentro, seguidor do padre Cícero Romão Batista, encarados como “socialistas periculosos”.

    O CRIME DE LESA HUMANIDADE

    O crime iniciou-se com um bombardeio aéreo, e depois, no solo, os militares usando armas diversas, como metralhadoras, fuzis, revólveres, pistolas, facas e facões, assassinaram na “MATA CAVALOS”, SERRA DO CRUZEIRO, mulheres, crianças, adolescentes, idosos, doentes e todo o ser vivo que estivesse ao alcance de suas armas, agindo como juízes e algozes. Meses após, JOSÉ GERALDO DA CRUZ, ex-prefeito de Juazeiro do Norte, encontrou num local da Chapada do Araripe, 16 crânios de crianças.

    A AÇÃO CIVIL PÚBLICA AJUIZADA PELA SOS DIREITOS HUMANOS

    Como o crime praticado pelo Exército e pela Polícia Militar do Ceará É de LESA HUMANIDADE / GENOCÍDIO é IMPRESCRITÍVEL pela legislação brasileira e pelos Acordos e Convenções internacionais, por isto a SOS – DIREITOS HUMANOS, ONG com sede em Fortaleza – CE, ajuizou em 2008 uma Ação Civil Pública na Justiça Federal contra a União Federal e o Estado do Ceará, requerendo que: a) seja informada a localização da COVA COLETIVA, b) sejam os restos mortais exumados e identificados através de DNA e enterrados com dignidade, c) os documentos do massacre sejam liberados para o público e o crime seja incluído nos livros de história, d) os descendentes das vítimas e sobreviventes sejam indenizados no valor de R$500 mil reais, e) outros pedidos

    A EXTINÇÃO SEM JULGAMENTO DE MÉRITO DA AÇÃO

    A Ação Civil Pública foi distribuída para o Juiz substituto da 1ª Vara Federal em Fortaleza/CE e depois, redistribuída para a 16ª Vara Federal em Juazeiro do Norte/CE, e lá foi extinta sem julgamento do mérito em 16.09.2009.

    AS RAZÕES DO RECURSO DA SOS DIREITOS HUMANOS PERANTE O TRF5

    A SOS DIREITOS HUMANOS apelou para o Tribunal Regional da 5ª Região em Recife/PE, argumentando que: a) não há prescrição porque o massacre do Sítio Caldeirão é um crime de LESA HUMANIDADE, b) os restos mortais das vítimas do Sítio Caldeirão não desapareceram da Chapada do Araripe a exemplo da família do CZAR ROMANOV, que foi morta no ano de 1918 e a ossada encontrada nos anos de 1991 e 2007;

    A SOS DIREITOS HUMANOS DENUNCIA O BRASIL PERANTE A OEA

    A SOS DIREITOS HUMANOS, igualmente aos familiares das vítimas da GUERRILHA DO ARAGUAIA, denunciou no ano de 2009, o governo brasileiro na Organização dos Estados Americanos – OEA, pelo desaparecimento forçado de 1000 pessoas do Sítio Caldeirão.

    QUEM PODE ENCONTRAR A COVA COLETIVA

    A “URCA” e a “UFC” com seu RADAR DE PENETRAÇÃO NO SOLO (GPR) podem encontrar a cova coletiva, e por que não a procuram? Serão os fósseis de peixes procurados no “Geopark Araripe” mais importantes que os restos mortais das vítimas do SÍTIO CALDEIRÃO?

    A COMISSÃO DA VERDADE

    A SOS DIREITOS HUMANOS deseja apoio técnico para encontrar a COVA COLETIVA, e que o internauta divulgue esta notícia em seu blog, e a envie para seus representantes na Câmara municipal, Assembléia Legislativa, Câmara e Senado Federal, solicitando um pronunciamento exigindo do Governo Federal que informe o local da COVA COLETIVA das vítimas do Sítio Caldeirão.

    Paz e Solidariedade,

    Dr. OTONIEL AJALA DOURADO
    OAB/CE 9288 – 55 85 8613.1197
    Presidente da SOS – DIREITOS HUMANOS
    Membro da CDAA da OAB/CE
    http://www.sosdireitoshumanos.org.br

  • 25 de agosto de 2009 em 8:50 PM
    Permalink

    E quanto aos menores presos na cadeia de Varginha…

  • 3 de dezembro de 2008 em 10:48 AM
    Permalink

    A séria brincadeira

    Abandono físico e emocional, abusos sexuais, falta de carinho, exploração. Essas são algumas das violências suportadas por diversas crianças, que por desestrutura familiar perdem sua identidade social, como no livro “O vôo da Guará Vermelha” de Maria Valéria Rezende, no qual observa-se o abandono materno do personagem que se autodenomina Rosálio.
    Essa triste realidade segundo a UNICEF, é causada em mais de 70% dos casos pelos próprios pais, que em vez de protegerem, representam aos filhos uma ameaça. O principal motivo é cultural, os pais acham que castigo físico é uma forma de educar.
    João Paulo II criticava e denunciava a violência infantil em seus discursos, como”A violência destrói o que ela pretende defender: a dignidade da vida e a liberdade do ser humano ”. O mundo pouco dá importância a essas crianças, ao exemplo do Brasil que apesar de ter o conhecimento de abusos infantis em carvoarias e plantações , nada faz para mudar essa realidade, visando seus lucros em exportações enquanto brinquedos e brincadeiras sejam trocados por ferramentas e obrigações.
    “A paz começa em casa”, lema da Pastoral da criança, instituição filantrópica, a qual visa monitorar e aconselhar lares por todo Brasil. ONG´s como essa estão fazendo a diferença, pois o Estado com sua incompetência administrativa pouco assiste essas famílias cultural e financeiramente. A complexidade do conjunto de agentes causadores dessa desestrutura familiar necessita da união de medidas como ações afirmativas, oportunidades ocupacionais e assistência médico-hospitalar.Ricos ou pobres; A infância, infelizmente, está se tornando cada vez mais curta e mais responsável.

  • 5 de setembro de 2008 em 3:24 PM
    Permalink

    A VIOLENCIA CONTRA CRIANÇAS É TEMA QUE DEVE SER DISCUTIDO À EXAUSTÃO, POIS, SÃO INDEFESOS E INOCENTES.
    EM VARGINHA, ACHO QUE DEVERIAMOS COMEÇAR POR DENUNCIAR A IPOCRISIA QUE IMPERA E AS AUTORIDADES QUE FAZEM “VISTAS GROSSAS” AOS VERGONHOSOS FATOS QUE SÃO DE AMPLO CONHECIMENTO DA COMUNIDADE VARGINHAENSE.
    FALO DOS PEDÓFILOS, AS CHAMADAS “FÉRAS” QUE HÁ MUITOS ANOS SE INFIUTRARAM NO ESPORTE , ESPECIALMENTE NO FUTEBOL, PARA SE APROXIMAREM DE NOSSAS CRIANÇAS.
    É SÓ INVESTIGAR QUE AS PROVAS APARECEM E CHEGA DE IPOCRISIA!!!!!!!!!
    E CHEGA-SE AO ABSURDO DE NÓS PAGAR-MOS SALÁRIO PARA ESTES CRÁPULAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste