Pesquisa de opinião pública aponta as melhores empresas de Varginha

  

3o-minha-melhor-empresa-500-x-241
A empresa Rede Pesquisa e Planejamento vai realizar no dia 18 de janeiro, no Teatro Mestrinho do Colégio Marista, às 19h, a premiação do “3º Minha Melhor Empresa”. O evento trata-se de uma pesquisa de opinião publica que ouviu 613 consumidores e sua opinião sobre 55 segmentos comerciais, educacionais e mídia. O Blog do Madeira e a Folha de Varginha estão concorrendo nos segmentos portal de notícias e jornal impresso. Na oportunidade serão certificados os 3 primeiros colocados de cada categoria. Veja abaixo as empresas melhores classificadas em cada segmento, em ordem alfabética. Nesta lista ainda não significa que são o primeiro, segundo e terceiro lugares.

Uniprox

18 comentários em “Pesquisa de opinião pública aponta as melhores empresas de Varginha

  • 21 de janeiro de 2017 em 11:59 AM
    Permalink

    Pessoas reclamando de 613 entrevistados em um universo de 120 mil pessoas….
    Pesquisas para presidente, em um universo de 120 milhões de pessoas pesquisa 3 mil e nunca erraram!!!!!

  • 19 de janeiro de 2017 em 5:42 PM
    Permalink

    Quem se doeu que me desculpe, mas o blog é democrático e livre para que as pessoas expressem seus comentários. Acredito que a quantidade de pessoas entrevistadas foi muito baixo e foi colocada uma quantidade enorme de segmentos, nos quais algumas das empresas que estão entre as ganhadoras tiveram menos de 20 votos . Então afirmar que uma empresa teve 20 votos é uma das melhores de uma cidade que tem 135 mil habitantes, não dá pra confiar. E no final é a mesma coisa, querem vender a pesquisa para as empresas, ou seja no final é tudo por dinheiro.

  • 19 de janeiro de 2017 em 3:36 PM
    Permalink

    Olha, venho acompanhando de longe o trabalho desta empresa desde sua primeira apresentação há 3 anos. Não conheço seu proprietário, apenas pelos noticiários e não há nada que o desabone. Infelizmente (e neste caso com toda razão), os internautas reclamam de uma coisa que desconhecem, pelo fato de já terem passado N empresas fajutas com este tipo de pesquisa em nossa cidade. O que não concordo, é que atacam a empresa em questão sem ao menos conhecer o trabalho realizado, tomando por base as outras ditas inidôneas que já passaram por aqui. Eu, no meu pequeno e humilde entendimento como comerciante (e que não venceu em nenhuma das três edições e não tem interesse em vencer), não acredito que alguém daqui desta cidade, com a história de vida, amigos e etc conquistados nessa cidade, iria colocar toda sua reputação em jogo por algo apoiado em falcatruas como aconteceu em outras oportunidades, com outras empresas de pesquisa. O varginhense que aqui reclama, critica, aponta e julga, deveria ao menos conhecer o trabalho (algum desses críticos de plantão foi no evento neste último dia 18)? E digo mais: apoiar iniciativas como essa! Pois é feito por gente da terra, que correu atrás, estudou, se informou e se capacitou para tal. Como varginhense que também sou, fico chateado ao ver certos tipos de comentários que tentam tirar a credibilidade de alguém que tenta fazer algo honestamente. É por isso que a nossa terrinha é conhecida como a terra do “já teve”. Essas atitudes desanimam qualquer um…

  • 19 de janeiro de 2017 em 2:26 PM
    Permalink

    Pow!! Cá pra nós, nem pesquisa esse povo sabe fazer. Por acaso Petshop e Salão de Beleza não são empresas? E muitos outros segmentos com certeza não foram mencionados. Pesquisa arranjada pra levantar a moral de algumas empresinhas da cidade.

  • 14 de janeiro de 2017 em 8:10 AM
    Permalink

    Uai sô: É purque oseis não ando nois bairros. Purque o melhor Supermercado de abirro de Varginha é o BV, Supermercado la do Boa Vista. E a Padaria de lá então. É bão dimais da conta Uai.

  • 12 de janeiro de 2017 em 6:32 PM
    Permalink

    Pesquisa estimulada por quem paga, essa é muito velha.

  • 12 de janeiro de 2017 em 12:08 AM
    Permalink

    O Varginhense é o povo mais escroto que conheço, reclama de tudo e questiona tudo sem conhecimento. Tudo fala mal, tudo reclama adora desvalorizar o trabalho dos outros, mas se vem uma empresa de fora e faz uma pesquisa, aí é outra coisa, aí tem credibilidade.

    Acorda gente, vamos valorizar empresas dá nossa terra! Para de chororô.

  • 11 de janeiro de 2017 em 6:38 PM
    Permalink

    Não quero desmerecer seu trabalho, também sou bacharel e nem por isto sou dono da razão. Porém tenho a completa certeza que das 613 pessoas entrevistadas teve segmento que tiveram cerca de 20 votos espontâneos, então falar que uma empresa com esta quantidade de voto é a melhor da cidade é um pouco dificil de acreditar. Daria maior credibilidade entrevistar mais pessoas, pelo menos mais do dobro que foi entrevistado.

  • 11 de janeiro de 2017 em 5:06 PM
    Permalink

    Eu Aqui, depois desta, pegue alguns paieiros, uma vara de pesca e dê um tempo do blog…kkkkkkkkkk

  • 11 de janeiro de 2017 em 11:19 AM
    Permalink

    “Eu aqui”, existe uma metodologia de pesquisa usada no mundo todo desde a década de 50, portanto aceita e consagrada por toda a comunidade. Existem dezenas de livros publicados e cursos a disposição de todos. No meu caso, já em minha graduação como bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais, estudei esta metodologia. Posteriormente, fiz cursos neste tema e já realizei mais de uma centena de pesquisas, inclusive eleitorais, onde, se a técnica não foi bem aplicada as urnas desmentem o seu trabalho. Fomos bem sucedidos em todas estas pesquisas. Na internet, se você digitar “pesquisa quantitativa ” survey” você encontrará farto material para melhor se informar e formar sua opinião.

  • 11 de janeiro de 2017 em 10:17 AM
    Permalink

    Varginha é uma cidade com mais de 135 mil habitantes, fazer uma pesquisa com 613 pessoas é equivalente a 0,05% da população. Levando em conta que destas 613 pessoas a grande maioria não utiliza ou nunca utilizou todos os 55 segmentos pesquisados qual a credibilidade desta pesquisa? Acredita quem quiser.

  • 10 de janeiro de 2017 em 6:15 PM
    Permalink

    Valmor, no primeiro ano pesquisamos a categoria Salão de Cabeleireiros. Quase 250 empresas foram citadas neste segmento, mas nenhum empresa se interessou em adquirir o Relatório de Pesquisa. Temos um limite, por tamanho de questionário e tempo de entrevista na rua, que não nos permite pesquisar todos os segmentos comerciais. Todo ano fazemos uma avaliação e incluímos ou excluímos alguns segmentos. Este ano, no 3º Minha Melhor Empresa, incluímos: Buffet, Funerária, Assistência Técnica de Celular e Portal de Notícias/Blog. Mas registramos sua sugestão, quem sabe no próximo ano, incluímos novamente Salão de Beleza?

  • 10 de janeiro de 2017 em 6:06 PM
    Permalink

    Cleiton, algumas empresas, apesar de extintas, ainda estão na lembrança do consumidor. Foi o caso da Margás, este ano, como também da Livraria do Estudante e da Madeireira Paraná em anos anteriores. Como pesquisadores cabe a nós respeitarmos a informação produzida pelo consumidor.

  • 10 de janeiro de 2017 em 4:30 PM
    Permalink

    Faltou o bar do Giló, aquele em frente a prefeitura nova

  • 10 de janeiro de 2017 em 3:13 PM
    Permalink

    O trabalho que o Renato Clepf faz é sério, a melhor coisa que ele fez foi sair da política. Parabéns e continue assim!

  • 10 de janeiro de 2017 em 1:29 PM
    Permalink

    Concordo Walmor

  • 10 de janeiro de 2017 em 10:20 AM
    Permalink

    Na minha opnião, acho que faltou perguntar por salões de beleza.

  • 10 de janeiro de 2017 em 8:32 AM
    Permalink

    Madeira, eu em seu lugar teria vergonha de anunciar uma pesquisa fajuta desta! Muitas dessas empresas nunca serão destaques e outras já estão extintas a anos como é o caso da Margás extinta desde 2.008 rsrs É uma vergonha uma pesquisa falsa e mentirosa como está.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display